Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Especialização Lato Sensu em Ensino de Histórias e Culturas Africanas e Afro-Brasileiras - RJ

O IFRJ Campus São Gonçalo prorrogou as inscrições até 14 de dezembro do Edital n° 89/2010 para o Curso de Especialização Lato Sensu em Ensino de Histórias e Culturas Africanas e Afro-Brasileiras.

Curso de Especialização Lato Sensu em Ensino de Histórias e Culturas Africanas e Afro-brasileiras tem como finalidade contribuir para a formação continuada dos professores e profissionais ligados à educação capazes de atuar no ensino e na pesquisa com vistas à implementação de uma política educacional que reconhece a diversidade étnico-racial do país, seguindo as determinações da lei 10.639/03 que torna obrigatório o ensino das histórias e culturas africanas e afro-brasileira em todos os níveis e modalidades da educação básica.

Pretende-se também contribuir na formação de profissionais autônomos e inovadores, capazes de projetar e realizar melhorias em seus campos de atuação, de propor novas metodologias e criar novas estratégias pedagógicas para a educação das relações étnico-raciais, no intuito de reduzir a distância existente entre as realidades da produção acadêmica contemporânea e do cotidiano da sala de aula.

CARACTERÍSTICAS DO CURSO
 
O Curso tem a duração prevista de um ano e seis meses, incluindo o tempo de elaboração da monografia, prorrogáveis, a critério do Colegiado do Curso, por mais seis meses.

A sua carga horária é de 390 horas e suas aulas serão ministradas às terças-feiras e às quintas-feiras, das 18h 30min às 22h 30min, e um sábado por mês, das 8 às 12 horas, no Campus São Gonçalo do IFRJ.

PROCESSO SELETIVO E PERIODICIDADE
 
O curso possui uma entrada por ano, com início no 1º semestre do ano. São oferecidas 20 vagas por turma. O processo seletivo, que é regulamentado por edital específico, ocorre em três etapas: prova escrita, análise de currículo e exposição oral. Podem participar do processo seletivo os profissionais que tenham concluído um curso de graduação, preferencialmente nas áreas relacionadas à Educação.

O início das aulas está previsto para  8 de fevereiro de 2011.


 
INSCRIÇÕES DE 08/11/2010 ATÉ 14/12/2010
 
LOCAL: Rua Dr. José Augusto Pereira dos Santos, s/nº, Neves - São Gonçalo
(CIEP 436 Neusa Brizola – ao lado do DETRAN)
 
HORÁRIO  INSCRIÇÕES: DAS 14H ÀS 20H
TAXA DE INSCRIÇÃO NO CONCURSO: R$ 70,00
VAGAS OFERECIDAS: 20 (VINTE)
 
O CURSO É GRATUITO, SEM COBRANÇA DE TAXA DE MATRÍCULA E MENSALIDADES
 
EDITAL e BIBLIOGRAFIA DISPONÍVEIS EM: http://www.ifrj.edu.br/latu.php
 
INFORMAÇŌES ADICIONAIS:
TELEFONE: (021) 2628-0099

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

NUPED/UFBA promoverá palestra “Discurso e Poder”, com o Dr. Teun van Djik - BA

O NUPED – Núcleo de Pesquisa do Discurso, do Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia (UFBA) tem a honra de comunicar aos docentes e alunos de Letras e áreas afins a palestra “Discurso e Poder”, que será ministrada em Língua Portuguesa pelo insigne Dr. Teun Van Djik, holandês, pesquisador nas áreas da lingüística do texto, análise do discurso e Análise de Discurso Crítica (CDA), que atua, desde 1999, na Universidade Pompeu Fabra – Barcelona - Espanha.
Local da palestra: Auditório do PAF III, rua Barão de Jeremoabo, UFBA, Campus de Ondina – Salvador – Ba., em 03 de dezembro de 2010,  no horário das 9:00 às 12:00h,
Atenciosamente,
Lícia Maria Bahia Heine
Coordenadora do NUPED

Mini Curso "Ética em Pesquisa Humanas e Saúde" - BA

Tópicos
Ética e Pesquisa; As pesquisas da área das Ciências Sociais no Campo da Saúde; A Resolução 196/96 -  pequeno histórico e análise do texto; As dificuldades  de aprovação de alguns tipos de pesquisa (qualitativas e com populações consideradas vulneráveis); Os cuidados com a redação do Termo de Consentimento. 
  
Profa Dra Maria Helena Villas Boas Concone
PUC-SP
Dias 06 e 07 de dezembro de 2010.
08.00 – 12h
14h-18h
Auditório do CRH, Campus São Lázaro UFBA
Inscrições Gratuitas  no Local
Informações Tel.  71 3283.6446
Realização PPG Ciências Sociais UFBA
Apoio CRH SESAB Editora UFBA
 

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Encontro de Culturas Populares de Canudos Velho - BA

O Encontro de Culturas Populares de Canudos Velho será realizado na comunidade de Canudos Velho, local onde aconteceu uma guerra em fins do século dezenove, nos dias 19 e 20/11 a partir das 16hs. e consiste em um momento de celebração e reflexão dos músicos e mestres das culturas populares do sertão da Bahia. O Encontro promoverá dois dias de atividades culturais gratuitas para a população desta região ainda pouco beneficiada por iniciativas culturais e é focado principalmente no cinema, artes, artesanato e música tradicional da região do sertão de Canudos. Apresentações musicais com nomes expressivos da cultura popular nordestina, tais como, Banda de Pífanos de Bendegó, Banda de Pífanos de Canudos Velho, Landinho Pé de Bode, Rato Branco, Dindinho dos 8 baixos, Antonio Queiroz e Paraíba da Viola irão se fazer presentes durante o evento. No encontro teremos a reunião de algumas Bandas de Pífanos e Sanfoneiros de oito baixos, além da presença de uma dupla de villeiros, e da Mulinha e Boi da Oficina de Artes de Araci. O Encontro sediará também uma mostra de filmes em curta e longa metragem com temática ligada às questões sertanejas, além de pintura de um painel de cinco metros, que deverá ser produzido pelos alunos das oficinas de pintura. Todo o encontro será registrado em vídeo pelos aprendizes locais das oficinas de audiovisual, que é uma das atividades desenvolvidas pelo Ponto de Cultura Sons de Canudos, ação desenvolvida há dezesseis anos na região do sertão baiano e premiada em 2010 pelo IPHAN com o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, categoria Salvaguarda de Bens de Natureza Imaterial. Com este encontro estaremos reanimando a cultura popular da região, fortalecendo as ações artísticas em todo o sertão de Canudos, preservando a riqueza imaterial mais antiga do nordeste brasileiro e fazendo com que estas pessoas se sintam mais animadas e respeitadas e conseqüentemente dêem continuidade às suas tradições.
O quê: Encontro de Culturas Populares de Canudos Velho
Quando: 19 e 20/11/2010 a partir das 16 horas
Quanto: Grátis
Onde: Povoado de Canudos Velho – sertão da Bahia
Realização: Ponto de Cultura Sons de Canudos / Associação Sociocultural Umbigada
Patrocínio: Governo da Bahia/Secretaria de Cultura da Bahia/Governo Federal/Ministério da Cultura/Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural – SID
Contato: bendego@gmail.com  //  (71) 9194-0206 // www.sonsdecanudos.com.br

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

1º Seminário EMredando Leituras - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Colóquio Milton Santos.3 - BA

Cultura local / Mercado global
INSCRIÇÕES ABERTAS!

Inscreva seu trabalho (com até 16 mil caracteres com espaço) pelo e-mail: mestremiltongrupo@gmail.com

As inscrições estarão abertas até o dia 18 de novembro de 2010.

O evento será realizado entre os dias 29 e 30 de novembro.

Abertura na Reitoria da UFBA, dia 29 de novembro, às 19h.

Seqüência: dia 30 de novembro no auditório do Instituto Anísio Teixeira - IAT (manhã) e no auditório da Faculdade de Comunicação - Facom/UFBA (tarde).

Grupos de Trabalho:

  1. Políticas públicas orientadas à Cultura;
  2. Transformações do espaço geográfico;
  3. Novas tecnologias e sociabilidade;
  4. Sou camelô, sou do mercado informal.
Para participar como ouvinte envie mensagem até o dia 25/11 ao email: mestremiltongrupo@gmail.com, com nome completo, instituição, formação escolar e os motivos pelos quais deseja participar. 

Abertas 65 mil vagas para cursos de capacitação previstos no Plano de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas em 2010

As informações estão no site www.obid.senad.gov.br   ·   

São cinco cursos voltados para capacitação de atores sociais que trabalham na prevenção tratamento e reinserção social de usuários e dependentes de crack e outras drogas, com investimentos de mais de 14 milhões.  

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) iniciou no mês de outubro, o processo de inscrições para os cursos SUPERA, Fé na Prevenção, Capacitação para Conselheiros e Lideranças Comunitárias e Curso para juízes, servidores e colaboradores do Poder Judiciário e curso de Prevenção para Educadores da Escola Pública. São 65 mil novas vagas para profissionais que trabalham com a temática.   ·  ·    Os cursos são ofertados gratuitamente na modalidade de Educação a Distância (EaD) e tem duração de 3 meses. Os alunos recebem todo o material didático no endereço residencial, e passam a ter acesso ao ambiente virtual de aprendizagem com acompanhamento de tutores, que também poderão ser acessados por um 0800. Ao final do curso, os concluintes recebem um certificado de Extensão Universitária, emitido pela Instituição de Ensino Superior executora do curso. 

SUPERA (Sistema para Detecção do Uso Abusivo e Dependência de Substâncias Psicoativas: Encaminhamento, Intervenção Breve, Reinserção Social e Acompanhamento) 
O SUPERA tem como objetivo capacitar profissionais da área de saúde e assistência social para a correta identificação e diagnóstico dos usuários de álcool, crack e outras drogas, com o fornecimento de princípios e técnicas atualizados cientificamente dos diferentes modelos de tratamento, intervenção e encaminhamento, em consonância com as orientações e diretrizes da Política Nacional sobre Drogas (PNAD) e da Política Nacional sobre o Álcool (PNA).   O curso é executado em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). As três edições anteriores já contaram com a participação de quinze mil profissionais da Rede Básica de Saúde e das Unidades de Referência para tratamento de usuários de álcool e outras drogas em todo o País. Esta quarta edição oferece mais 5 mil vagas para capacitação dos profissionais de saúde e de assistência social, com prioridade para as áreas atendidas pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI), contemplando as ações previstas no “Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras drogas".   Carga Horária: 120 horas
Certificação Universitária: Extensão Universitária pela UNIFESP
Inscrições: www.supera.senad.gov.br
Período de Inscrições: A partir de 26 de outubro
Informações: www.supera.senad.gov.br
   
 
“Fé na Prevenção”  Curso Prevenção do Uso de Drogas em Instituições Religiosas e Movimentos Afins 
O curso Fé na Prevençãoo oferece 5 mil vagas, com objetivo de capacitar lideranças religiosas para atuarem na prevenção do uso do crack,  álcool e outras de drogas, assim como, de comportamentos de risco, fazendo a adequada identificação, abordagem e encaminhamento para a rede de atenção à saúde, tendo como base as técnicas de intervenção breve, entrevista motivacional e mudança de comportamento.   Em sua 2ª edição também é executado em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), já tendo oferecido 5 mil vagas na edição anterior. O curso tem carga horária de 90 (noventa) horas e duração de três meses, com certificado de Extensão Universitária emitido pela UNIFESP.   Carga Horária: 90 horas
Certificação Universitária: Extensão Universitária pela UNIFESP
Inscrições: www.fenaprevencao.senad.gov.br
Período de Inscrições: A partir de 26 de outubro
Informações: www.fenapevencao.senad.gov.br
     

Curso Prevenção ao Uso Indevido de Drogas – Capacitação para Conselheiros e Lideranças Comunitárias  
O conteúdo do curso Prevenção ao Uso Indevido de Drogas – Capacitação para Conselheiros e Lideranças Comunitárias foi elaborado por especialistas da área e reúne informações atualizadas sobre classificação das drogas e seus efeitos, padrões de consumo de drogas, tratamento, redução de danos, prevenção ao uso de drogas, legislações, políticas públicas sobre drogas e outras correlatas a esta temática, dentre outros assuntos.   O curso tem carga horária de 120 horas  e oferece 15 mil vagas para conselheiros municipais e líderes comunitários de todo o Brasil, com o intuito de fortalecer a atuação em rede para a prevenção da violência e da criminalidade relacionadas ao uso indevido de drogas.   Poderão participar conselheiros atuantes nos Conselhos Municipais de Segurança, Sobre Drogas, Tutelares, de Direitos da Criança e do Adolescente, de Educação, de Saúde, de Assistência Social, Conselhos Escolares, da Juventude, do Idoso e do Trabalho, Conselho de Segurança Comunitária e Líderes Comunitários atuantes em ações de prevenção ao uso de álcool e outras drogas.
Carga Horária: 120 horas
Certificação Universitária: Extensão Universitária pela UFSC
Inscrições: www.conselheiros.senad.gov.br
Período de Inscrições: A partir de 21 de outubro
Informações: www.conselheiros.senad.gov.br
      

Curso de Extensão Universitária: Integração de Competências no Desempenho da Atividade Judiciária com Usuários e Dependentes de Drogas  
O curso tem por objetivo promover a capacitação dos diferentes atores envolvidos na aplicação da lei, visando ao cumprimento de penas e medidas alternativas, medidas protetivas e medidas sócio educativas, de modo a garantir o aprimoramento do serviço judiciário e diminuição da reincidência. Nesta primeira edição, serão ofertadas 15 mil vagas gratuitas em todo o Brasil, para juízes, servidores e colaboradores do Poder Judiciário, que atuam nos Juizados Especiais Criminais e nas Varas da Infância e Juventude.   O curso será executado pelas Faculdades de Medicina e Direito da Universidade de São Paulo (USP), que disponibilizarão uma equipe de tutores capacitados para auxiliar e acompanhar os inscritos no estudo dos conteúdos. O acompanhamento será realizado por e-mail, fax ou via telefonia gratuita na modalidade 0800, que estará disponível de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 22:00, ininterruptamente.   Carga Horária: 120 horas
Certificação Universitária: Extensão Universitária pela USP
Inscrições: www.operadoresdodireito.senad.gov.br
Período de Inscrições: A partir de 01 de setembro até 29 de outubro
Informações: www.operadoresdodireito.senad.gov.br
      

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Palestra "Estudos Africanos na Jamaica & Panafricanismo e empoderamento socioerótico de mulheres afrodescendentes" - BA

No âmbito do programa Sephis - Lecture Tour, a professora jamaicana Annecka Marshal dará uma palestra sobre emporderamento de mulheres negras no Caribe, Jamaica em especial. Annecka teve seu doutoramente na universidade de Warwick no Reino Unido, com pesquisa sobre sexualidade e mulher negra, além disso, ela tem grande participação em programas de Rádio na Jamaica e integra diferentes associações internacionais de mulheres negras.

Haverá tradução feita por Raquel de Souza para a palestra e conversas com a professora Annecka.
Annecka Marshal, Ph.D
Local: Ceao, Largo Dois de Julho
Dia: 17 de novembro, quarta-feira
Horário: 19 horas

sábado, 6 de novembro de 2010

Seminário Interdisciplinar Cultura Africana e Indígena: algumas reflexões no contexto da formação docente - BA

Convidados:

1 - Me. ANSELMO JOSÉ DA GAMA SANTOS
“Tradição Banto”

2 -  VALDINA O. PINTO
“Educação para Convivência pacífica entre as religiões”

3 - ALDENEIVA CELENE DE ALMEIDA FONSECA
  “Por que estudar a História indígena?”

4 -  Me. LISA ARRUDA DOURADO
“O Ifá Lexical na obra Tenda dos Milagres de Jorge Amado”

MEDIADORA DA MESA
IÊDA ANTONINA PESSOA DE CASTRO

Entrada gratuita
Dia 10/11/2010 - Horário: 18h30min
Local : Auditória da Fundação Visconde de Cairu
Rua do Salete, 50 Barris

FGV oferece cursos a distância gratuitos

A Fundação Getúlio Vargas oferece cursos gratuitos de:
Tópicos temáticos introdutórios na área de Gestão Empresarial - carga horária de 5h
Tópicos temáticos introdutórios na área de Metodologia - carga horária de 5h
Cursos em áreas de conhecimento diversas - carga horária de 15h
Cursos para professores do Ensino Médio - carga horária de 30h
Site: http://www5.fgv.br/fgvonline/CursosGratuitos.aspx


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Seminário Desenvolvimento e Educação - RJ


Um breve inventário sobre as crises do sistema capitalista, especialmente a partir do século XX, mostra que a questão do desenvolvimento e das estratégias de sua indução pelo Estado se coloca de forma aguda quando as mesmas revelam seus efeitos destrutivos.

A crença de que os mecanismos de livre mercado conduziriam a um processo de desenvolvimento que tenderia à harmonia e ao equilíbrio, ao contrário, redundaram numa explosiva desigualdade entre e intrapaíses transformando o século XX numa era dos extremos, como a caracteriza o historiador Eric Hobsbawm.

Com efeito, a primeira metade do século XX conviveu com duas sangrentas e brutais Guerras Mundiais, uma revolução socialista, a crise de 1929 e a configuração de um mundo onde se concentra poder e riqueza de um lado e miséria e desigualdade de outro, tanto entre países, quanto intrapaíses.
Este desenlace se apoia numa visão de natureza humana e de escolhas e decisões, sem levar em conta as relações sociais e de poder historicamente construídas, relações estas marcadas pela assimetria de classes, frações de classes ou grupos sociais.

O abalo causado pela crise de 1929, epílogo da desordem do mercado sem regulação, conduz à convicção entre quadros de intelectuais preocupados, por um lado com a afirmação do socialismo real e, por outro, com as consequências deste abalo em termos de futuro, da necessidade de regular o mercado e o capital para salvar o capitalismo. O keynesianismo constituiu-se na formulação teórica e política de enorme alcance neste processo de regulação e de formulação política. E é sob essa doutrina que, especialmente após a Segunda Guerra Mundial, num cenário de partilha do mundo onde o socialismo real obteve uma grande expansão geopolítica, que ganham força as políticas de Estado de bem-estar social.

Comissão Organizadora:
Zacarias Gama - PPFH/UERJ
Gaudêncio Frigotto - PPFH/UERJ
Epitácio Brunet - CEEP/CEPERJ
Roberto Amaral - CEBELA
Luiz Carlos B. Lopes - Sociólogo

Site: http://seminarioeducacao.org/

VI Ciclo de Debates sobre Políticas Culturais - BA

O Ciclo de Debates sobre Políticas Culturais chega a sua sexta edição. Em 2010, o tema discutido será Formação em Políticas, Gestão e Produção Culturais. O evento será realizado entre os dias 22 e 24 de novembro a partir das 18h30 min no Auditório do Conselho Estadual de Cultura (CEC). O Ciclo é realizado desde 2005 pelo Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT) em parceria com o Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura), o Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC), a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Rede de Pesquisa em Políticas Culturais (REDEPCULT). O evento, que já faz parte da agenda de discussões culturais em Salvador, tem como objetivo principal ampliar o debate sobre temas atuais relacionados ao campo da cultura.
 
Durante os três dias do evento serão debatidas três temáticas distintas com a presença de expositores e debatedores de importância para área. Representantes do MINC, SECULT, UFBA e PUC (Minas Gerais) farão parte do evento. Confira a programação:
 
Dia 22 de novembro - O Ministério da Cultura e as políticas de formação em cultura.
Expositores: José Roberto Peixe (MINC) e Juliana Lopes da Silva (MINC)
Debatedores: José Roberto Severino (UFBA) e Gisele Nussbaumer (UFBA - SECULT)

Dia 23 de novembro - A formação em organização da cultura no Brasil
Mapeamento da formação em organização da cultura no Brasil
Expositores: Albino Rubim (UFBA) e Leonardo Costa (UFBA)
 
O experimento do curso piloto em gestão cultural do Ministério da Cultura
Expositor: José Márcio (PUC-MG)

Dia 24 de novembro - A formação em organização da cultura na Bahia
O curso de graduação em Produção Cultural
Expositor: Ugo Mello
 
A área de concentração na graduação em Políticas e Gestão da Cultura
Expositor:Adalberto Santos (UFBA)
 
Pós-Cultura: formação e pesquisa em Cultura e Desenvolvimento
Expositor:Paulo Miguez (UFBA)

Cursos para a formação de gestores culturais na Bahia
Expositora:Ângela Andrade (SECULT)   

VI Ciclo de Debates sobre Políticas Culturais

O Ciclo de Debates sobre Políticas Culturais chega a sua sexta edição. Em 2010, o tema discutido será Formação em Políticas, Gestão e Produção Culturais. O evento será realizado entre os dias 22 e 24 de novembro a partir das 18h30min no Auditório do Conselho Estadual de Cultura (CEC). O Ciclo é realizado desde 2005 pelo Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (CULT) em parceria com o Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura), o Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos (IHAC), a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e a Rede de Pesquisa em Políticas Culturais (REDEPCULT). O evento, que já faz parte da agenda de discussões culturais em Salvador, tem como objetivo principal ampliar o debate sobre temas atuais relacionados ao campo da cultura.

Durante os três dias do evento serão debatidas três temáticas distintas com a presença de expositores e debatedores de importância para área. Representantes do MINC, SECULT, UFBA e PUC (Minas Gerais) farão parte do evento. Confira a programação:

Dia 22 de novembro - O Ministério da Cultura e as políticas de formação em cultura. 
Expositores: José Roberto Peixe (MINC) e Juliana Lopes da Silva (MINC)
Debatedores: José Roberto Severino (UFBA) e Gisele Nussbaumer (UFBA - SECULT) 

Dia 23 de novembro - A formação em organização da cultura no Brasil
Mapeamento da formação em organização da cultura no Brasil
Expositores: Albino Rubim (UFBA) e Leonardo Costa (UFBA)

O experimento do curso piloto em gestão cultural do Ministério da Cultura
Expositor: José Márcio (PUC-MG) 

Dia 24 de novembro - A formação em organização da cultura na Bahia
O curso de graduação em Produção Cultural
Expositor: Ugo Mello

A área de concentração na graduação em Políticas e Gestão da Cultura
Expositor:Adalberto Santos (UFBA)

Pós-Cultura: formação e pesquisa em Cultura e Desenvolvimento
Expositor:Paulo Miguez (UFBA)
 
Cursos para a formação de gestores culturais na Bahia
Expositora:Ângela Andrade (SECULT)   

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Sessão Científica Raça, ressentimento e racismo: transformações na África do Sul - BA

O MUSA - Programa Integrado de Pesquisa e Cooperação Técnica em Gênero e Saúde do Instituto de Saúde Coletiva/UFBA – e o Programa de Pós-graduação em Antropologia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas/UFBA, convidam para a Sessão Científica Raça, ressentimento e racismo: transformações na África do Sul, que será apresentada pela Profª. Brigitte Bagnol, Professora Leitora do Departamento de Antropologia da Witwatersrand University, Johannesburg, África do Sul, e Consultora do Departamento de Ambiente e Saúde da População, da Escola de Veterinária da Tufts University – USA.
 
Data: 05/11/2010, às 14:00 horas
Local: Sala 29, Pavilhão Iguatemi da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas – São Lázaro (em frente à Biblioteca) - UFBA

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Curso "Criação de sites na internet" para mulheres - BA

Dias 8 e 9 de novembro
inscrições até dia 04 de novembro através do email: secneim@ufba.br (ficha de inscrição abaixo)

Clientela:
Mulheres lideranças comunitárias, que tenham noções básicas em computação: que já tenham e-mail e que saibam navegar pela web.

Objetivo:
Capacitar lideranças comunitárias no uso de tecnologias digitais para facilitar e estimular a participação das mulheres na produção de conteúdos, na criação de redes sociais, e na promoção do software livre e da cultura digital.
Capacitar mulheres jovens e adultas, de Salvador e região metropolitana, para uma efetiva participação na produção de cultura digital, usando prioritariamente software livre

Conteúdos:
criação de sites na internet, blogs, wikis, CMS, elementos de HTML, uso de tags e RSS,  

Duração: 
8 horas (2 encontros, dias 8 e 9 de novembro, entre as 14 e 18h) . 
 
Local:  
LabDebug, sala 08 da Facom/UFBA (Campus de Ondina, perto do PAF III)
 
Vagas: 15
 
Realização:
Este curso é parte do projeto de pesquisa e extensão Mulher e tecnologia. Teorías e Práticas na cultura digital, coordenado pelas professoras Karla Brunet (IHAC/Poscultura) e Graciela Natansohn (Facom/PosCom)

Apoio:
NEIM/UFBA.
Inscrição: através do endereço secneim@ufba.br ou neim@ufba.br
  
Ficha de inscrição:
  1. Nome....................................................................................................
  2. C. Identidade ......................................................................................
  3. grau de instrução ...............................................................................
  4. entidade...............................................................................................
  5. endereço .............................................................................................
  6. como pretende usar o curso ...............................................................