Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Seminário "A Lei do Acompanhante nas Maternidades da Rede Pública" - BA

Como parte final do Curso Raça e Genero na Atenção a Saúde, promovido pelo ISC/UFBA, em parceria com a SESAB e a SMS, estaremos promovendo no dia 08 de outubro o Seminário "A Lei do Acompanhante nas Maternidades da Rede Pública". Teremos como palestrante a Dra Simone Diniz - Departamento de Saúde Materno-Infantil da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo e a Assistente Social Madalena Gomes que apresentará a experiencia exitosa do Hospital de Betim - MG.

Contamos com a presença de tod@s @s profissionais de saúde e estudantes  interessados em discutir e aprofundar a questão.
As incrições são limitadas a capacidade do auditório da unidade, por isso inscrevam-se rapidinho.


PROGRAMAÇÃO

08:30 horas: ABERTURA
                    Representação SESAB,  SMS, ISC,  IPERBA
08:45 horas: Apresentação do GT de Humanização
09:10 horas: Apresentação do Projeto sobre a Lei do Acompanhante do IPERBA
09:35 horas: PALESTRA:
“Importância do acompanhante na humanização do atendimento à mulher”
  Dra  Simone Diniz - Médica e Professora do Departamento de Saúde
  Materno-Infantil da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São
  Paulo
10:35 horas: Debate
10:55 horas: Intervalo
11:05 horas: PALESTRA
“Experiência exitosa sobre a Lei do Acompanhante: Maternidade Betim - MG”
11:35 horas: Debate
12:00 horas:  Intervalo para almoço
14:00 horas: MESA REDONDA:
“ O Gestor e a Implantação da Lei do Acompanhante: perspectivas”.
Gestores da Maternidade Climério de Oliveira, Hospital Menandro de Farias, Maternidade Albert Sabin, Maternidade Tysilla Balbino, Maternidade IPERBA,  Maternidade José Maria Magalhães,  Hospital Roberto Santos e  Hospital João Batista Caribe.
Coordenação: Dra. Débora do Carmo – Diretoria da Gestão do Cuidado/SESAB

16:00 horas: Debate
16:30 horas: Encerramento:
                    “Coral dos Agentes Comunitários de Saúde do Candeal”


LOCAL: Auditório do IPERBA
Rua Teixeira Barros, 72 – Brotas
DIA : 08 de Outubro de 2009
HORÁRIO: das 08:30 as 17:00 horas

Curso de Extensão de Educadores Sociais - BA


ESCOLA PERMANENTE DE EDUCADORES SOCIAIS EM SALVADOR – EPESS
EDITAL DE SELEÇÃO
CURSO DE EXTENSÃO DE EDUCADORES SOCIAIS

APRESENTAÇÃO

O Projeto Escola Permanente de Educadores Sociais (EPESS) tem um objetivo de contribuir para afirmação de estratégias de desenvolvimento local através da formação humana, técnica e política. Visa à articulação de redes de colaboração solidária e, portanto, dará subsídios instrumentais aos atores sociais envolvidos para que possam atuar no desenvolvimento sustentável de suas comunidades. A EPESS reuni a experiência prática do Projeto Educadores Sociais (PESS) que desde 2006 vem realizando diversas ações de caráter formativo com grupos ligados aos movimentos sociais, agentes sociais da comunidade de Salvador e região metropolitana e utiliza metodologias ligadas a educação popular. O PESS teve e tem (agora através da EPESS) como estratégia central a afirmação do bem-viver de todos/as. Para o alcance de todos os objetivos descritos entendemos como principal movimento o desenvolvimento do curso de formação para educadores sociais.

CURSO DE EXTENSÃO PARA FORMAÇÃO DE EDUCADORES SOCIAIS

Este curso é um espaço formativo destinado aos agentes sociais atuantes nas diversas áreas como cultura, educação, movimentos sociais e econômicos numa construção curricular coletiva que visa o fortalecimento do trabalho que desenvolvem e a articulação destes em redes. O curso é prioritariamente voltado para educadores sociais com ação em comunidade que, preferencialmente, não fazem parte de outros espaços formativos institucionalizados.

Objetivos do Curso
I. Construir processos formativos que contribuam para desencadear estratégias de intervenção dos/as educadores/as sociais com as comunidades de forma participativa, democrática e sustentável (do ponto de vista ambiental, econômico, político, social e cultural);
II. Contribuir na ação profissional de educadores/as populares já atuantes em instituições e comunidades de Salvador e Região Metropolitana;
III. Apoiar e incentivar a organização de Redes de Colaboração Solidária.

Aspectos Metodológicos

O curso de extensão adota a metodologia da práxis, ou seja, parte-se da realidade concreta, da relação dialógica e do comprometimento social dos educandos/as para voltar à realidade com ações de impacto sócio-econômico. Nesta perspectiva os “conteúdos” a serem trabalhados não estão pré-definidos.
A construção curricular a ser efetivadas já começa a ser traçada no processo de seleção da turma, onde a equipe conhece os candidatos, tendo em vista os objetivos da formação.
Após a seleção, o curso inicia com um levantamento da atuação, saberes e perfil de todos e de cada um que fará parte da formação buscando compartilhar os conhecimentos pessoais e profissionais. Em seguida, serão introduzidos os princípios fundantes da EPESS. A partir daí, efetiva-se um diagnóstico com a interação dos cursistas, representantes das entidades e das comunidades, visando identificar as potencialidades e dificuldades enfrentadas por estes com base nas suas necessidades cotidianas, definindo coletivamente os conteúdos abordados no curso.
O curso é teórico-prático, como nos ensina Paulo Freire, sendo dialogicamente construída. Tem como estratégia formativa momentos coletivos presenciais e estudos dirigidos a serem realizados entre um encontro coletivo e outro. Há momentos de pesquisa e intervenção nas comunidades desencadeando um processo de investigação, problematização, sistematização e mobilização popular.
Como se organiza o curso?

O curso é desenvolvido em oito meses. Sua carga horária está dividida entre momentos presenciais, não presenciais e estudos dirigidos, totalizando 448 horas.

Os norteadores teóricos adotados pelo curso são: Filosofia da Libertação; Educação Popular; Economia Solidária; Redes; Desenvolvimento Sustentável; Movimentos Sociais, Políticas Públicas; Mobilização de recursos e Elaboração de Projetos.

Os momentos presenciais e estudos dirigidos consistem na reflexão teórica das práticas dos sujeitos para subsidiar, dentre outras ações, a formação de redes de colaboração solidária.
O conteúdo dos momentos não-presenciais funda-se na própria ação dos sujeitos, refletidas e referenciadas pelos princípios teóricos trabalhados e problematizados nos momentos presenciais; estas ações são caracterizadas no curso como práticas comunitárias.
Nesse sentido, devido ao caráter participativo de sua metodologia e, por ser um curso de extensão certificado por uma instituição de nível superior, portanto será exigida um percentual mínimo de 75% de frequência e cumprimento de atividades (teórico-prática) para assegurar o direito de certificação aos/as participantes.
Em geral o curso ocorre sábado e domingo quinzenalmente e uma sexta por mês, além das atividades práticas na comunidade.
Avaliação

A avaliação do curso é processual, sendo realizada no decorrer de cada módulo temático. Considera-se os conteúdos abordados, a metodologia utilizada.
Cada educando/a confeccionará relatórios sistematizando suas experiências nos momentos formativos e práticas comunitárias. Desta forma faz-se um paralelo na avaliação da vivência formativa e prática comunitária.
Duração do curso:
8 meses

Inicio do Curso:
24 /10/2009

Carga horária total do curso: 448 horas
Momentos presenciais : 344 horas
Momentos não-presenciais (pràticas comunitárias): 104 horas

Horários:
Sábados, domingos e sextas 08:30hs às 17:30hs
Dois dias/mês em atividades comunitárias , obrigatórias, para se dedicar as práticas.


PÚBLICO ALVO
N° de vagas por turma: 30

Perfil:
Agentes sociais com atuação em comunidades de baixa renda do Salvador e Região Metropolitana, vinculadas a entidades que desenvolvem ações no âmbito formativo, de geração de renda e organização comunitária que atuam em diversas instâncias da sociedade como: creches, escolas comunitárias e EJA, movimentos sociais, cooperativas e associações de bairro, grupos culturais, grupos produtivos associativos não formalizados, ONGs, entidades de assessoria a grupos de geração de renda.

Critérios:
• Desenvolver trabalho comunitário nas áreas geográficas de Mata Escura, Calabetão, Pirajá, Pau da Lima, Marechal Rondon, São Caetano, Cajazeiras, São Gonçalo do Retiro, Tancredo Neves, Subúrbio, Fazenda Coutos, Bairro da Paz, Itapuã, Cia Aeroporto, Ceasa, Periperi- Nova constituinte, São Cristóvão
• Ter, preferencialmente, identificação, caminhada ou formação em economia solidária;
• Estar envolvido com grupos produtivos e/ou trabalho de geração de renda e/ou formações profissionais;
• Ser vinculados a entidades que tenham ações em comunidades;
• Possuir escolaridade mínima, preferencialmente, ensino médio ou fundamental completo com comprovada experiência em atividades comunitárias;
• Ter identidade e compromisso com a proposta da EPESS;
• Pertencer a uma entidade que tenha identidade e compromisso com a EPESS;
• Ter disponibilidade de tempo (não acúmulo de funções e/ou outras formações em andamento);
• Ser maior de idade.

METODOLOGIA DO PROCESSO DE SELEÇÃO:
O agente social passará por um processo seletivo que acontecerá seguindo a ordem abaixo:
Lançamento do edital ; 29/09/2009
Inscrições: Apresentação de currículo, ficha de inscrição, carta de intenção da entidade assinada; 29/09/2009 à 07/10/2009
Pré- seleção interna: adequação aos critérios do edital; 08 e 09/10/2009 Visita a entidade do candidato; 13 a 16/10/2009
Oficinas de apresentação sobre a metodologia do curso, rede, escola (auto-seleção) – em dois turnos; 17/10/2009
Entrevista; 19, 20/10/2009
Análise do desempenho; 21/10/2009
Divulgação do resultado; 22/10/2009
Prazo de matrícula 23/10/2009
Início das atividades do curso 24/10/2009

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Para participar da seleção:
- Ficha de inscrição carimbada pela instituição.
- Justificativa escrita elaborada na oficina.
Para matricula:
- Curriculum Vitae.
- Cópia RG, CPF, comprovante de residência,
- Cópia Histórico escolar
- Comprovante de escolarização.

DIVULGAÇÃO:
Todo processo de acompanhamento do processo seletivo deverá ser realizado pelo site
www.educadoressociaissalvador.org.br


CONTATOS:
Projeto Escola Permanente de Educadores/as Sociais em Salvador
End.: Tv. Patriarca s/n – Ed. St. Agostinho – Apt. 303
Mata Escura – CEP.: 41225-310
Salvador – BA

Tel/fax: (71)3306-4016
E-mail.:
secretaria_ed_soc@yahoo.com.br 

http://www.educadoressociaissalvador.org.br

terça-feira, 29 de setembro de 2009

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Tasso Franco é o convidado do Projeto Encontro com o Escritor - BA

Jornalista falará sobre mercado editorial na Bahia e o cenário nacional da literatura contemporânea

O Projeto Encontro com o Escritor, da Fundação Pedro Calmon/ Secult, convida este mês para um bate papo com escritores e leitores, o jornalista e escritor Tasso Franco. O evento será realizado no dia 23 (quarta-feira), às 14h30, na Biblioteca Juracy Magalhães Júnior, no Rio Vermelho. A programação é gratuita e aberta a todos os públicos.
A pauta do encontro será a atual realidade dos autores baianos. “Vou falar um pouco sobre o mercado e as dificuldades que um escritor baiano tem para sobreviver só de literatura, a falta de eventos literários itinerantes na Bahia, a falta de editora comercial e a trajetória dos escritores baianos residentes no Estado”, resumiu Franco.
Para o jornalista, mesmo sendo um estado que sempre revelou grandes escritores, a Bahia ainda é carente de editoras que possam levar para o cenário nacional os novos nomes da literatura contemporânea.
“Esta será uma excelente oportunidade para poetas, contistas, romancistas, historiadores, cordelistas, professores, estudantes, e todos aqueles que de alguma forma tenham relação com as letras. Além, da possibilidade de debater o assunto com um profissional que tem vasta experiência na área de literatura e jornalismo”, destacou a diretora da Biblioteca, Sônia Morelli. O escritor convidado declarou se sentir honrado com o convite, “este projeto é importante porque demonstra um raro momento de encontro com leitores e colegas para um bate papo sobre o setor”.
Tasso Franco - Formado em Jornalismo pela FACOM/UFBA, trabalhou como repórter free lancer nos principais jornais e revistas do país - JB, O Globo, O Estado de São Paulo, Veja e Manchete. Integrou como repórter a equipe de fundação da Tribuna da Bahia (1969). Atuou nos extintos Jornal da Bahia e Diário de Notícias. Foi editor de Cidade do jornal A Tarde (1988) e fundador do seu Caderno Cultural. Criou, implantou e foi diretor de redação do Bahia Hoje (1990) e diretor-geral da Empresa Gráfica da Bahia (1994). Atualmente se dedica à literatura e é diretor da PR-COM, empresa que presta serviços de comunicação.
Entre seus livros publicados estão: A Cidade da Bahia (crônicas, Fundação Casa de Jorge Amado, 2000); Catarina Paraguaçu, a Mãe do Brasil (Relume & Dumará, romance, 2001); O Trancelim da Baiana (Relume & Dumará 2002); Sua Eminência o Cardeal (Relume & Dumará, panegírico de Dom Frei Lucas Moreira Neves 2004); O Brasil de Pierre Verger (Fundação PV, participação, 2006).

domingo, 20 de setembro de 2009

Conferência Internacional com o sociólogo Göran Therborn - SP




24 de setembro de 2009, às 10h30
FFLCH / Sala 8 - Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais

O patriarcado e os direitos relativos de pais e filhos, homens e mulheres; o papel do casamento e do não-casamento na regulação do comportamento sexual e a fecundidade e seu controle. Sobre esses temas, o sociólogo Göran Therborn falará no dia 24 de setembro, na FFLCH-USP.
Sua proposta é comparar as mudanças ocorridas nos principais sistemas familiares mundiais.

Göran Therborn tornou-se catedrático do Departamento de Sociologia da Universidade de Cambridge em 2006, depois de se aposentar como Diretor do Collegium Sueco de Estudos Avançados e como professor de Sociologia, na Universidade de Uppsala.

A conferência é uma iniciativa do Núcleo de Estudos da Violência em conjunto com a Cátedra UNESCO de Educação para a Paz, Direitos Humanos, Democracia e Tolerância do Instituto de Estudos Avançados e o Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Data: 24 de setembro de 2009
Horário: 10h30
Local: Sala 8 do Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais FFLCH - Av. Prof Luciano Gualberto, 315 - Cidade Universitária - São Paulo - SP

Informações: www.nevusp.org / sedini@usp.br ou pelo fone 3091-1678
Transmissão ao vivo:
www.iea.usp.br/aovivo/  (A palestra será proferida em espanhol)

Curso de Investigación en Violencia Femicida

1ª EDICION DEL CURSO DE INVESTIGACIÓN EN VIOLENCIA FEMICIDA
Date: Tue, 8 Sep 2009 16:32:46 +0200


Queridas y queridos,
 
Me es grato informaros que con el objetivo de mejorar la capacidad de investigación de los operadores de Justicia de América del Sur en los casos de Femicidio se ha puesto en marcha la primera edición del curso de Investigación en Violencia Femicida. El mismo está siendo organizado por la Escuela de Práctica Jurídica de la Universidad Complutense, La Fundación CEDDET y la AECID.
 
La duración Total es de 10 semanas (nueve semanas para el curso online, del 19 de octubre al 20 de diciembre de 2009 y una semana presencial, en el mes de febrero, en el CIF de Santa Cruz).
 
El curso contará con un máximo de 30 participantes. Su perfil se corresponderá con el de Fiscales especialistas en la materia a tratar, Coordinadores, Jefes de sección de la mujer o similar, en el área penal, Médicos forenses directores nacionales o regionales o especialistas o coordinadores de la materia a tratar y miembros de la Policía Judicial responsables o coordinadores de investigaciones judiciales en el área de de homicidios y/o en el área de violencia contra las mujeres.
 
Para lograr su máxima difusión os agradecería que le hagáis llegar esta información a las instituciones correspondientes en vuestros países para que hagan la difusión pertinente entre sus funcionarios/as.
 
Las inscripciones se realizarán en la página web de la Fundación CEDDET en el siguiente link (no se gestionan inscripciones desde la AECID):
 
http://cursos-online.ceddet.org/Ediciones.php?action=vercurso&id=692
 
Para cualquier duda contactar con la Fundación CEDDET, puede escribir a cursos@ceddet.org o llamar al Teléfono +34 902 15 12 16
Mail: egonzalez@ceddet.org y esther@enred.es
Fax: (34) 91 386 51 31
 
Os remito el documento de difusión que también se puede encontrar en la página web de CEDDET.
 
Espero que esta información os resulte de interés.
 
Un abrazo,
 
Raquel Tomás Pérez
Responsable Regional de Género en ALC
 
Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo
Teléfono: 00 34 91 583 8278
Fax: 00 34 91 583 8611
Dirección:Avd/ Reyes Católicos, 4.
             28040 Madrid. España

Abertas inscrições para curso a distância sobre controle social e cidadania

A Controladoria-Geral da União (CGU) abrirá, no período de 17 a 23 de setembro de 2009, inscrições para o curso a distância Controle Social e Cidadania. Serão oferecidas 1.040 vagas, divididas em 26 turmas, que terão atividades entre os dias 24 de setembro e 28 de outubro de 2009, num total de 40 horas. Os objetivos do curso, voltado a conselheiros e agentes públicos municipais, lideranças locais, professores, estudantes e cidadãos em geral, são incentivar a atuação no controle social das ações de governo e promover a melhor aplicação dos recursos públicos.
 
O curso será estruturado em três módulos:
Módulo I - A participação popular no Estado brasileiro
Módulo II - O controle das ações governamentais
Módulo III - O encaminhamento de denúncias aos órgãos responsáveis
Para participar, basta ter acesso à internet, um endereço eletrônico e conhecimentos básicos do sistema operacional Windows e do editor de textos Word. A avaliação terá como base a participação no curso e nos fóruns de discussão. Os alunos que obtiverem aproveitamento mínimo de 70% receberão certificado.
As inscrições podem ser feitas pelo endereço eletrônico: https://ead.serpro.gov.br/cursos/ControleSocial/Apresentacao.asp.
 
Escola Virtual da CGU
A Escola Virtual da CGU é uma iniciativa que visa contribuir para a promoção da integridade pública e para a prevenção da corrupção, por meio de ações educativas. As atividades desenvolvidas concentram-se em duas grandes áreas temáticas: educação para a cidadania e fortalecimento da gestão pública. Entre as atividades relacionadas ao primeiro tema estão cursos, vídeos e publicações voltadas para cidadãos, com o objetivo de promover o controle social e orientar sobre como os gastos públicos podem ser controlados.
Na segunda área temática, são desenvolvidas ações voltadas para servidores públicos. Essas atividades objetivam fortalecer a gestão pública, por meio da capacitação de servidores públicos em temas como licitações e contratos administrativos, convênios e controle interno.
Mais informações podem ser obtidas pelo endereço www.cgu.gov.br/EscolaVirtual.
 
Serviço
Curso Controle Social e Cidadania
Inscrições: de 17 a 23 de setembro de 2009, pelo endereço https://ead.serpro.gov.br/cursos/ControleSocial/Apresentacao.asp
Período das aulas: 24/09 a 28/10/2009
Informações: (61) 3412-6479, ead.controlesocial@cgu.gov.br ou ead.esaf9@fazenda.gov.br
 Assessoria de Comunicação Social
(61) 2020-6740 / 2020-6850 / 2020-7271
imprensacgu@cgu.gov.br
http://www.cgu.gov.br
fonte:

Senad abre pré-inscrição para curso de prevenção a uso de drogas


O curso terá início em outubro deste ano e será promovido pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas - SENAD, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), da Presidência da República, em parceria com o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI), do Ministério da Justiça e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

O curso é gratuito, oferecido na modalidade de ensino a distância, com carga horária de 120 horas, tem a duração de três meses e certificado de extensão universitária emitido pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
Poderão participar conselheiros que atuam nos Conselhos: de Segurança; Sobre Drogas; Tutelar; dos Direitos da Criança e do Adolescente; da Educação; da Saúde; da Assistência Social; do Conselho Escolar; do nselho da Juventude, do Idoso, do Trabalho, Populações Afrodescendentes, dentre outros.
O conteúdo do curso foi elaborado por especialistas da área e reúne informações atualizadas e convergentes com a Política Nacional sobre Drogas (PNAD), a Política Nacional sobre o Álcool (PNA) e o Sistema Único de Segurança Pública.
 
Pré-Inscrições: De 15 a 30 de setembro

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

I Casulo de Artes Inclusivas no Café Primaz - BA

Apresentação cultural reúne diversas manifestações artísticas e marca o dia Nacional de Luta da Pessoa com deficiência

Música, dança, teatro, poesia, pintura, em fim: arte para celebrar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. O I Casulo de Artes Inclusivas será uma grande mostra de arte, em Salvador, reunindo grupos e artistas com deficiência. O evento acontece no dia 21 de setembro, das 18 às 22 horas, no Café Primaz (Av. Leovigildo Filgueiras, 270, Gracia). O ingresso será 1 kg de alimento não perecível e as doações serão revertidas para a Associação Especializada François de Laval, escola comunitária, no bairro do Lobato, que atende 89 crianças e adolescentes, sendo 65 com algum tipo de deficiência. Outras informações pelo telefone: 71 8744.2378.
Segundo dados do IBGE, no último censo, o Brasil tem 24,5 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa 14,5% da população. A iniciativa do show partiu dos artistas em conjunto com o Café Primaz, espaço cultural de Salvador que guarda os segredos do café. A idéia é substituir as tradicionais manifestações e passeatas pelo belo. “O Casulo vai celebrar esse dia de forma lúdica, criativa e verdadeira, mostrando como as diversas linguagens artísticas podem fazer as pessoas expressarem seus sentimentos, suas idéias, seus protestos”, explica Ninfa Cunha dançarina e produtora do evento.
O espetáculo conta com a direção artística do Walter Rozadilla reunindo 12 trabalhos entre artistas individuais e grupos, que juntos passearão pela música, dança, teatro, literatura, artes plásticas e moda. Os artistas já se conheciam, mas esta é a primeira vez em que estarão juntos em um único evento. Todos são pessoas com deficiência e provam como é possível ter uma vida ativa, dialogando com a sociedade.
O mestre de cerimônias da noite será o ator Ricardo Castro e na programação estão: o Grupo de Teatro Noz Cego, com o Espetáculo “As Avessas”; o Show Acústico Voz & Violão de Marcus Welby; o Grupo Cantarte com o “Show Cantar é uma Arte”; Silvia Martins, com o “Show Superação pela Arte” e Ninfa Cunha & Déo Carvalho, com o espetáculo de dança: “Interpretações da Vida”.
Entre as apresentações haverá declamações de poesias com: Chico Poeta, Odelita Figueiredo, Jerusa Maria Ferreira e Fausto Joaquim. Durante todo o evento, o público poderá conferir as telas e uma pintura ao vivo do artista plástico Eduardo Santana, as mandalas de Chico Poeta e a moda inclusiva de Analívia Lessa.
21 de setembro foi escolhido pelo movimento social como o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência por ser a chegada da primavera. A idéia defendida é que a estação das flores representaria a luta das pessoas com deficiência, suas potencialidades e sua criatividade. A chegada de uma nova estação, cheia de cores, nuances, perfume denotaria um marco perfeito para o nascimento de reivindicações de cidadania e participação plena em igualdade de condições.


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO: (71) 4009-6688
Coordenador: Padre Manoel Filho (8880-8285)
Jornalista: Fernanda Santana – DRT 2054 (9998-5673)
Produção Executiva: Ninfa Cunha (8744.2378)

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Colóquio CEAO 50 anos - BA

 
(Clique na imagem para ampliá-la) 

Oficina “Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos e Promoção da Saúde Materna” - BA

Oficina de formação de lideranças em Direitos Sexuais e Reprodutivos e Promoção da Saúde Materna, a realizar-se nos dias 22, 23 e 24 de setembro de 2009 das 08:30 às 12:00h (público: 30 homens) e das 14:00 às 17:30h (público: 30 mulheres), no 3º Centro de Saúde Prof. Bezerra Lopes - Liberdade.
A atividade será realizada pela Superintendência de Políticas para as Mulheres da Prefeitura Municipal de Salvador e faz parte do plano de trabalho do acordo de cooperação técnica entre a PMS e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), tendo como parceiros as Secretarias Municipais de Saúde, Reparação, Educação e Cultura e Assessoria de Relações Internacionais.
O principal objetivo é a formação de multiplicadores na temática. Já realizamos este trabalho no mês de agosto, no Subúrbio Ferroviário e estamos estendendo a ação ao bairro da Liberdade.
As inscrições podem ser feitas através dos tels: 2108-7313/ 7305; fax nº 2108-7306 ou por e-mail. Contato com Antônia Alves, Isabel Mangini ou Luciana Ribeiro.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

UNEB oferece cursos de especialização a distância - BA

PÓS-GRADUAÇÃO GRATUITA: 1.520 VAGAS
UNEB abre 1.520 vagas para Cursos gratuitos de Pós-graduação lato sensu na modalidade Educação a Distância (EaD) - Oferta tem parceria do programa federal Universidade Aberta do Brasil (UAB) - Inscrições: de 15/setembro a 13/outubro, exclusivamente pela Internet

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) abre processo seletivo para cursos gratuitos de pós-graduação lato sensu na modalidade educação a distância (EaD).
Estão sendo oferecidas 1.520 vagas para quatro cursos de especialização - Gestão de Saúde, Gestão Pública, Gestão Pública Municipal e Educação a Distância -, distribuídas em 20 pólos, sediados em cidades do interior do estado.
As inscrições para as pós-graduações devem ser efetuadas de 15 de setembro a 13 de outubro, exclusivamente pela internet, através dos endereços eletrônicos www.vestibular.uneb.br e www.consultec.com.br. O processo está sendo realizado concomitantemente ao Vestibular 2010 da universidade.
Os candidatos devem efetuar o pagamento, através de boleto bancário, da taxa de inscrição, no valor de R$100. Todos os passos e requisitos para o processo seletivo estão detalhados no edital e no termo aditivo da seleção.
“Nossas especializações têm a mesma importância de qualquer pós-graduação presencial. No entanto, temos o diferencial da gratuidade. Assim, ratificamos nosso compromisso com a inclusão social, chegando a municípios de diversas regiões do estado”, enfatiza Silvar Ribeiro, que coordena a Gestão de Projetos e Atividades na Modalidade a Distância (Gead) da UNEB.
As pós-graduações têm carga de 420 horas-aula, que compreende o período de 18 meses de curso.
Os candidatos devem ficar atentos ao conteúdo programático da prova de seleção, que acontece no dia 6 de dezembro, no turno vespertino.
Os locais de realização da prova serão divulgados nos mesmos sites das inscrições. Os portões vão abrir às 14h30 e serão fechados às 14h50. Os concorrentes terão duas horas para responder as questões do processo seletivo.
Os cursos e o processo seletivo em EaD oferecidos pela UNEB estão em conformidade com o programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), do Ministério da Educação (MEC).
Informações: Comissão Permanente de Vestibular (Copeve)/UNEB - Tel.: (71) 3117-2389.

sábado, 12 de setembro de 2009

Colóquio do Centro de Estudos Afro-Orientais - BA

50 Anos de estudos africanos, afro-brasileiros e asáticos na Bahia. 29 e 30 de setembro de 2009

O Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) completa, em 2009, 50 anos de dedicação à pesquisa e ação comunitária na área dos estudos afro-brasileiros e das ações afirmativas em favor das populações afro-descendentes, bem como à área dos estudos das línguas e civilizações africanas e asiática. A relevância do Centro de Estudos Afro-Orientais é amplamente reconhecida no plano nacional e internacional. Seu pioneirismo nas missões de estudo e intercâmbio com países da África antecipou as iniciativas recentes do governo brasileiro e das agências de fomento à pesquisa (Capes, CNPq) de estímulo às conexões entre o Brasil, a África e a Ásia. O Colóquio CEAO: 50 ANOS tem o intuito de propiciar a ampliação de diálogos e debates entre pesquisador@s brasileir@s e estrangeir@s sobre as culturas africanas e sobre as relações etnicorraciais, e estimular a reflexão sobre o futuro do CEAO como referência na área dos estudos étnicos e africanos no contexto local e global.


PROGRAMAÇÃO

DIA 1 – TERÇA, 29 DE SETEMBRO 2009

15:00 h - ABERTURA

HOMENAGEM AOS EX-DIRETORES E EX-FUNCIONÁRIOS DO CEAO

16:00 h. - Conferência de Abertura

Título: O CAMPO DOS ESTUDOS AFRICANOS NO BRASIL

Conferencista: Prof. Kabenguelê Munanga (Centro de Estudos Africanos - USP)

LOCAL: Anfiteatro da Faculdade de Medicina da Bahia – UFBa (TERREIRO DE JESUS – Centro Histórico)

. 18:00 h.- DESCERRAMENTO DE PLACA COMEMORATIVA

. 18:30 h. - LANÇAMENTOS

. ÁFRICA NEGRA. História e Civilizações,Tomo I., de Elikia M’bokolo;

. O Poder dos Candomblés. Perseguição e Resistência no Recôncavo da Bahia, de Edmar Ferreira Santos;

. Martiniano Eliseu do Bonfim. Um Príncipe Africano na Bahia. Cadernos da Memória, Volume 1, de Marcos Santana;

. Revista Afro-Ásia n.38;

. Mapeamento dos Terreiros de Salvador (CD), Jocélio Teles dos Santos (Coord.).

LOCAL: AUDITÓRIO MILTON SANTOS – CEAO (Lgo. 2 de Julho)


DIA 2 – QUARTA, 30 DE SETEMBRO 2009

9:00 h. – Exibição seguida de debate do Filme "Agostinho da Silva - Um pensamento vivo" de João Rodrigo Mattos - 2006 - (Brasil-Portugal) - 96 min. Filme documentário realizado pelo neto do fundador do CEAO, apresenta o percurso biográfico do humanista português, retratando desde sua infância, passando pelas obras que escreveu durante seu auto-exílio de 25 anos no Brasil, e indo até sua morte, em Portugal, em 1994.

11:00 h. – Mesa Redonda – A UNIVERSIDADE E AS POLÍTICAS PARA AS COMUNIDADES NEGRAS

12:30 h. - ALMOÇO

14:00 h: Mesa Redonda - OLHARES SOBRE O BRASIL E A BAHIA – Prof. Eakin Marshall (Associação de Estudos Brasileiros; Vanderbilt University), Prof. Yussuf Adam (Univ. Eduardo Mondlane, Moçambique) e Prof. Ralph Cole Waddey (Mestre em Economia e Estudos Latino-americanos, University of Florida; pesquisador da música brasileira).

16:00: Conferência de Encerramento – Percepções da Bahia do final do Século XX: A Conexão CEAO

Conferencista: Prof. Anani Dzidzienyo (Africana Studies, Portuguese Brazilian Studies, Brown University – USA)

18 HS – COQUETEL (Carurú)

LOCAL: Anfiteatro e área externa da Faculdade de Medicina da Bahia – UFBa (TERREIRO DE JESUS – Centro Histórico)


REALIZAÇÃO: CEAO - UFBA

APOIO:

FAMED - UFBA

FFCH – UFBa

PATROCÍNIO:

FAPESB

Fundação Pedro Calmon

BAHIAGÁS

DESENBAHIA

PETROBRÁS

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Projeto Fala Escritor - BA

Palestras, lançamentos, recitais e apresentações musicais marcam a segunda edição do Projeto na Livraria Saraiva do Salvador Shopping este mês

A segunda edição do Projeto Fala Escritor promove no dia 12 (sábado), às 18h, na Livraria Saraiva Mega Store do Salvador Shopping (Espaço Castro Alves), uma programação recheada de atividades culturais, que envolvem palestra, lançamento de livro, recitais poéticos e apresentações musicais. Tudo gratuito e aberto ao público.
A palestra Marketing Pessoal para Escritores, será ministrada pelo escritor e jornalista Carlos Souza (Autor do Livro Revolução Pessoal), que apresenta estratégias para os escritores ganhar visibilidade na mídia tradicional e contemporânea, além de reforçar sua imagem junto ao público leitor. Também haverá o lançamento da coletânea Alma Brasileira, organizada pela escritora Sandra Stabile, e receitais de poesias com Nádia Cerqueira, Buzzy de Carvalho, Nara Góes, Alexandre Amaral, Renata Rimet, Carlos Alberto Barreto, Leandro de Assis, Grigório Rocha, Monique Jagersbacher, Malu Freitas, José da Boa Morte, Vera Passos, outros poetas, além da participação musical de Carlos Ventura e Rick Vieira.
O Projeto Fala Escritor - Criado pelo poeta Leandro de Assis, com a colaboração dos escritores Carlos Souza, Fau Ferreira, Monique Jagersbacher e Valdeck Almeida. O objetivo é unir os novos escritores baianos, incentivar a escrita, a publicação e o lançamento de livros, além de disseminar informações referentes ao mercado editorial.
SERVIÇO:
O quê: Projeto Fala Escritor
Onde: Livraria Saraiva Mega Store do Salvador Shopping (Espaço Castro Alves)
Quando: Dia 12 de setembro (sábado), às 18h.
Informações: (71) 8831-2888
Entrada: Grátis
Mais informações: (71) 8239-0818 / 8805-4708 / 8122-7231

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Videoconferência - Sistemas Setoriais de Cultura: Redes de Audiovisuais e Sistemas de Museus

Dando continuidade ao Programa de Formação e Qualificação em Cultura iniciado em 2008, que tem como objetivo capacitar gestores públicos e agentes culturais para atuarem na elaboração de projetos, captação de recursos e gerenciamento de ações na área cultural, será realizada no dia 08 de setembro de 2009 das 14:00h às 18:00h, uma videoconferência abordando o tema Sistemas Setoriais de Cultura: Redes de Audiovisuais e Sistemas de Museus.

O painel terá como participantes Daniel Rangel, Diretor de Museus do IPAC, Lorena Coelho, Coordenadora de Redes Produtivas em Cultura, e Ângela Andrade, Superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura.

O Programa supracitado prevê para 2009 a realização de 07 (sete) videoconferências abordando diversos temas vinculados às políticas de cultura do estado, tendo a primeira dessa série de 2009 ocorrido em 27 de abril. Os participantes que obtiverem neste ano uma freqüência em 70% (5) das videoconferências receberão o Certificado de Participação conferido pela Secretaria de Cultura do Estado.

A transmissão será pela Rede de Videoconferência do Instituto Anísio Teixeira, nas salas da rede IAT nos municípios e endereços que se encontram em anexo, e através da internet, no site htpp://
ead.sec.ba.gov.br/media.

Fonte: Renata ReisRepresentante Territorial da CulturaRegião Metropolitana de SalvadorSuperintendência de Cultura - Sudecult Secretaria de Cultura - Secult/ Ba 71 3116.4072
renata.reis@cultura.ba.gov.br

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Curso de Políticas e Gestao Culturais - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)