Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Simpósio “60 anos do DNA: retrospectiva e perspectivas da pesquisa em Genômica no Brasil” - SP

O Instituto de Estudos Avançados da USP, Polo Ribeirão Preto (IEA-RP), em parceria com o Departamento de Genética da Faculdade de Medicina da USP Ribeirão Preto (FMRP-USP), tem a honra de convidar para o simpósio “60 anos do DNA: retrospectiva e perspectivas da pesquisa em Genômica no Brasil”. O simpósio será realizado no dia 4 de junho, às 9 horas, no Salão de Eventos da Faculdade de Medicina da USP Ribeirão Preto (FMRP-USP), Avenida Bandeirantes, 3900.
O evento visa marcar os 60 anos da publicação do artigo de James Watson e Francis Crick que descreve a estrutura do DNA e contará com a presença de cientistas renomados que contribuíram para a pesquisa e o desenvolvimento da Genética Molecular e da Genômica no Brasil.

A programação terá dois blocos de atividades, no período da manhã será realizada uma retrospectiva das pesquisas e projetos envolvendo a Genômica no Brasil, enquanto que no bloco da tarde os palestrantes irão apresentar alguns avanços desses estudos no cenário brasileiro.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo link: http://www.iearp.blogspot.com.br/2013/05/60-anos-do-dna-retrospectiva-e.html por telefone (16) 3602-0368 ou email iearp@usp.br
Mais informações e programação: www.iea.rp.usp.br

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Seminário "Negros na mídia brasileira: um recorte" - BA




O Etnomidia - Grupo de Estudos em Mídia e Etnicidades da Faculdade de Comunicação, ligado ao Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da Universidade Federal da Bahia, convida a todos para a atividade de extensão "Negros na Mídia Brasileira: Um recorte".

O evento gratuito, acontece no dia 28/05 (terça-feira), das 18h às21h, no auditório do CEAO/UFBA, no Largo Dois de Julho. Contará com a presença da Ombudsman Suzana Singer, representando o veículo de maior circulação do país, Jornal Folha de S. Paulo, o diretor do Pós-Afro/UFBA Valdemir Zamparoni, do jornalista, professor de Faculdade de Comunicação da UFBA e coordenador da pesquisa, o professor Fernando Conceição.

A atividade tem o objetivo de apresentar à sociedade, aos profissionais da comunicação, estudantes, professores e representantes dos veículos de comunicação, os resultados da pesquisa Faces do Brasil (www.etnomidia.ufba.br) e promover o diálogo entre tais instâncias.

Desde 2010 o ETNOMÍDIA monitora a cobertura de 17 jornais diários e 6 revistas de circulação nacional com o objetivo de verificar a cobertura que a mídia brasileira faz sobre três grupos étnicos historicamente discriminados e estereotipados no país: indígenas, ciganos e negros. 

Os resultados serão apresentados pela equipe responsável e revelará como e de qual maneira a mídia impressa nacional, pauta as questões envolvendo o NEGRO no Brasil. 

Participe! Divulgue!

Informações adicionais: 

Fernando Conceição, coordenador.
E-mail: fernconc@ufba.br

Inscrições antecipadas: nicom@ufba.br.

terça-feira, 21 de maio de 2013

Escola Sesc Residência Ensino Médio: pré-inscrição de 20 de maio à 14 de junho - RJ


Escola Sesc Ensino Médio
  
Pré - Inscrição para vagas na Escola Sesc Residência no Rio de Janeiro, maiores informações  pelo sitewww.escolasesc.com.br ou em uma unidade do Sesc mais próximo de você, a escola Sesc está de portas abertas para os jovens de todo o Brasil, venha fazer parte desta escola, preencha seu formulário e entregue em um Sesc perto de você a pré-inscrição é de 20 de maio á 14 de junho de 2013, conheça as instalações pelo site da escola.


O processo de admissão é aberto a candidatos(as) que comprovem:
a)ter concluído o ensino fundamental nos termos da legislação em vigor;
b)ter nascido entre 01 de janeiro de1998 e 31 de dezembro de 2000.
No processo de admissão de estudantes para ingresso na Escola em 2014, as vagas serão preferencialmente destinadas, na seguinte ordem, a candidatos que:
a) sejam dependentes de comerciário(a):
b) apresentam renda familiar bruta igual ou inferior a cinco (5) salários mínimos (Nacional);
c) ao longo de sua vida escolar tenham estudado ao menos dois terços do Ensino Fundamental em escola do Sesc ou em escola pública ou em escola privada na condição de bolsista.

Cursos EAD do Instituto Legislativo Brasileiro

Filipeta_final2-1.png

segunda-feira, 20 de maio de 2013

IFRJ promove curso de extensão "Brasil e África em sala de aula" - RJ


CURSO DE EXTENSÃO NO IFRJ CAMPUS SÃO GONÇALO: "BRASIL E ÁFRICA EM SALA DE AULA" 


Objetivo principal: auxiliar professores, estudantes de licenciaturas e militantes sociais para que construam conhecimentos e aptidões visando à luta anti-racista e à aplicabilidade da lei que tornou obrigatório o ensino de História e Cultura Afro-brasileira.

CARGA HORÁRIA: 81 HORAS

INÍCIO: 05 de JUNHO - TÉRMINO: 18 de DEZEMBRO

HORÁRIO NOTURNO: das 18h30min às 21h30min (somente às quartas-feiras)

INSCRIÇÕES PRESENCIAIS: de 14 de MAIO a 04 de JUNHO, das 15h às 19h. (ATENÇÃO: entre terça e quinta-feira - sendo que na quarta-feira somente até 18h), na Sala da Coordenação de Extensão.

LOCAL: IFRJ – Campus São Gonçalo Rua Dr. José Augusto Pereira dos Santos, s/nº CIEP Neusa Goulart Brizola (ao lado do DETRAN) - Neves - São Gonçalo 

CURSO GRATUITO: 40 VAGAS

INFORMAÇÕES: (021) 2628-0771

quinta-feira, 9 de maio de 2013

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Agenda de eventos do CEAO, maio - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

Seminário PRONEX-Juventude - RJ

 
Dia 17 de maio de 2013
Rua da Matriz 82, Botafogo

Manhã (9:00 às 12:00hs)

9:00hs - Abertura, boas vindas aos participantes

9:30-12:30hs - As UPPs, a juventude e a sociabilidade nas favelas
1. Da ordem violenta à ordem social “pós-2009”: percepções de jovens moradores de cidade sobre a UPP e o “problema favela”sJussara Freire (UFF/Campos)
2. Jovens moradores em favela com UPPs: percepções e estratégias sobre a vida na localidade e na cidadesLuiz Antonio Machado da Silva (IESP-UERJ); Márcia Pereira Leite (PPCIS-UERJ)
3. Juventudes, favelas e a “pacificação” dos territórios no Rio de Janeiro: estilos e estratégias de convivência com agentes da violênciasFátima Cecchetto (ENSP); Patrícia Farias (UFRJ); Wania Mesquita (UENF); Juliana Correa, Mestranda (ENSP)
4. Jovens evangélicos moradores de favelas: vínculo religioso, redes de sociabilidade e estilo de vida na cidade de Campos dos Goytacazes – RJsWania Amélia Belchior Mesquita (UENF); Naiana de Freitas Bertoli (Mestranda UENF)
 
Tarde (14:00 às 18:00hs)
14:00-17:30hs- Juventudes, espacialidades, desigualdades e mobilidade social
 
5. Organização juvenil e espaços da cidade sMárcia Leitão Pinheiro (UENF/Lesce)
6. Seriam os universitários das favelas novos atores sociais no universo popular do Rio de Janeiro?sLicia Valladares (Universidade de Lille)
7. Jovens que não trabalham nem estudam: entraves à redução das desigualdadessAdalberto Cardoso (IESP-UERJ)
8. A nova lei de cotas e as chances diferenciais para jovens beneficiáriossJoão Feres Jr. (IESP-UERJ)
 
17:30-18:00hs - Encerramento

Breve balanço do PRONEX-juventude e futuros passos

segunda-feira, 6 de maio de 2013

MEC disponibiliza curso online de francês gratuito

Uma parceria entre os governos do Brasil e da França criou um programa de aprendizagem para quem tem interesse em aprender francês gratuitamente. O programa online permite a capacitação sem sair de casa através de módulos, vídeos, textos e exercícios, além de informações da cultura francesa. Segundo o Ministério da Educação (MEC), os materiais disponibilizados servem para iniciantes, que nunca tiveram contato com o idioma, como para alunos de diferentes níveis na língua estrangeira. Um dos métodos utilizados, o 'Reflets-Brésil' é dividido em 24 lições lembrando o formato das telenovelas brasileiras. Os interessados podem acessar o site Francoclic e iniciar o aprendizado. De acordo com a descrição do site, os conteúdos são destinados aos alunos e professores interessados na aprendizagem e no ensino da língua francesa e das culturas francófonas.

FAT abre inscrições para curso gratuito na área de violência intrafamiliar - BA


Nos dias 18 e 25/05, será realizado na FAT o curso de extensão “Violência intrafamiliar: histórias infames entre a Psicologia e o Direito”. Ministrado pela Profa. Iara Nancy Rios, Psicóloga e Historiadora, Especialista em Psicologia Conjugal e Familiar, Mestre em História Social e docente de Psicologia Jurídica da instituição, o curso é dirigido a alunos de Direito e Psicologia.  “Queremos possibilitar um espaço de discussão e compreensão das estruturas psicossociais que desenvolvem e consolidam a violência, especificamente no âmbito familiar, onde ela se solidifica e é silenciada”, explica a Professora.
 
Considerando os crescentes números de casos jurídicos e situações sociais sobre violência intrafamiliar, que cada vez mais tomam uma magnitude endêmica, a docente baseará o curso no Construcionismo Social, através do qual identifica-se e descreve-se o circuito da violência, as sequências de interações e as ideias e crenças nos vários níveis de contexto familiar e sociocultural. “Além dos estudos dos aspectos psíquicos envolvidos em ações judiciais, os diálogos entre Psicologia e Direito abordam os danos psíquicos decorrentes dos danos morais, bem como os aspectos psicológicos que inspiram o mundo das leis”, reflete Profa. Nancy.
 
Com 50 vagas, o curso de extensão será gratuito. As aulas acontecerão das 8 às 13h, em sala a ser divulgada posteriormente. Será emitido certificado de 10 horas aos participantes.
 
Inscrições e mais informações através do e-mail iaranancy.rios@gmail.com e do telefone (75) 9999-5992.
 
 
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1º MÓDULO
- Constituição familiar e abuso das relações
Sistema familiar: definições e caracterizações
Autoritarismo e gênero
Abuso: contextos socioculturais
Abuso e violência no sistema familiar
Anestesia e cegueira da violência silenciada
 
2º MÓDULO
- Do horror à anestesia da violência familiar
Os maus tratos nas relações familiares
Sintomas comunicacionais de abuso nas relações
O “pequeno tirano”: os efeitos dos abusos nos filhos
- Prevenções dos abusos e da violência
A família como educadora de relações saudáveis
Novas convivências possíveis
- Responsabilidade profissional no tratar da violência
 
Endereço:
FACULDADE ANISIO TEIXEIRA DE FEIRA DE SANTANA
Rua Juracy Magalhães, 222 - Ponto Central - CEP 44032-620 - Feira de Santana - Bahia - Brasil
Telefax: (75) 3616-9451 / E-mail: fat@fat.edu.br 

UFF promove Curso de Especialização em Planejamento, Implementação e Gestão da EAD (a distância)

O Diretor do Instituto de Matemática e Estatística faz saber que abrirá inscrições para o  processo seletivo visando o preenchimento de vagas no Curso de Especialização em
Planejamento, Implementação e Gestão da Ead, em nível de Pós-Graduação Lato Sensu, na modalidade Educação a Distância, para ingresso no 2º semestre de 2013, a ser realizado no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Brasil – UAB, na forma deste Edital.
 
Leia o edital completo AQUI.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Ciclo de Debates NETSAL Brasil - RJ



Mesa 2: Movimentos  Sociais e Desigualdades
- Adalberto Cardoso (IESP-UERJ)
- Breno Bringel (IESP-UERJ)
- Marco Antônio Perruso (UFRRJ)
- Militante do PT

Data: 6/5/13, às 14 horas
Local: IESP-UERJ – Rua da Matriz, 82 – Botafogo, Rio de Janeiro

quarta-feira, 1 de maio de 2013

UFBA promove curso de extensão "A educação popular e as suas questões" - BA


UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
FACULDADE DE EDUCAÇÃO/PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO
PROJETO EDUCAÇÃO E LIBERTAÇÃO
CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA:  A EDUCAÇÃO POPULAR E AS SUAS QUESTÕES


Prof. Maurício Mogilka

Programa:

. A educação popular: conceito e características
. Problemáticas persistentes em educação popular na América Latina
. A educação popular e os movimentos sociais
. O paradigma da libertação como proposta complexa de transformação da
realidade


Público-alvo: pessoas que têm atuação ou interesse em movimentos
sociais e liderança comunitária; pesquisa sobre questões sociais;
organizações não-governamentais (ONG's); trabalho comunitário e
pastorais; saúde comunitária; projetos sociais

Carga Horária: 40 horas             Local: Prédio do PAF (campus de Ondina)
Horário: das 18:00 às 22:00 horas, às segundas-feiras
Período: de 20/05 a 19/08/2013

Inscrições (gratuitas, 50 vagas): somente no dia 13/05/2013, das 15:00
às 20:00 horas (Sala 13 da Faculdade de Educação/UFBA, bairro do
Canela); Requisito: diploma de nível superior (graduação plena, em
qualquer área) + RG
Informações: Tel. 88780106

SENAI seleciona para 3.790 vagas em cursos gratuitos de aprendizagem industrial - BA

Começam no próximo dia 29 de abril e prosseguem até o dia 15 de maio as inscrições para o processo seletivo dos cursos de aprendizagem industrial de nível básico, oferecidos pelo SENAI Bahia. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no site www.unibrasilvestibulares.com.br, respeitando o limite máximo de dez inscrições por vaga. Todos os cursos são gratuitos e não há taxa de inscrição para o processo seletivo. As provas estão marcadas para 26 de maio e serão compostas por questões de Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Gerais.
Serão oferecidas 3.082 vagas, distribuídas em 83 turmas em diferentes áreas, contemplando 23 municípios baianos (ver edital) contando com a capital. A lista completa estará disponível nos siteswww.fieb.org.br/senai e bem como a quantidade de vagas por localidade e curso. Para se inscrever, o candidato deve ter ensino fundamental II completo e, no ato da matrícula, ter a idade de 14 a 21 anos ou 17 anos e 6 meses a 21 anos, a depender do curso.
As aulas terão início em julho. Os alunos aprovados no processo seletivo poderão ser posteriormente contratados como aprendizes pelas indústrias. Conforme determina a legislação, os alunos com contratos de aprendizagem cumprirão ainda uma etapa prática na empresa por uma carga horária igual à fase teórica.
Os cursos de aprendizagem industrial são oferecidos pelo SENAI, conforme a demanda do setor industrial, para atender à legislação que regulamenta a contratação de aprendizes – Lei nº 10.097/2000 e o Decreto nº 5.598/2005. Com exceção de micro e pequenas empresas, todos os estabelecimentos, de qualquer natureza, são obrigados a empregar e matricular um número de aprendizes equivalente a 5% no mínimo e 15% no máximo dos seus empregados, cujas funções demandam formação profissional.
Fonte: Site FIEB