Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

sábado, 30 de abril de 2011

CIAGS/UFBA abre inscrições para quarta turma de Mestrado - BA

Interessados devem efetuar inscrição via Portal Gestão Social até o dia 16 de maio. Confira no site o edital com as informações sobre o processo seletivo.   


O CIAGS abre inscrições para o processo seletivo visando ingresso na quarta turma do Mestrado Multidisciplinar e Profissionalizante em Desenvolvimento e Gestão Social. Os interessados devem preencher o formulário online disponível no Portal Gestão Social (www.gestaosocial.org.br) no período de 27 de abril à 16 de maio.  Serão oferecidas 20 (vinte) vagas e o curso terá início em agosto de 2011. O curso de Mestrado Multidisciplinar em Desenvolvimento e Gestão Social está estruturado em seqüências de ensino que compreendem disciplinas, oficinas, seminários, atividades de pesquisa, Residência Social e dissertação-projeto. A Residência Social é realizada pelos mestrandos no exterior e é uma tecnologia criada pelo CIAGS/UFBA, registrada junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual - INPI. 

As aulas do mestrado serão concentradas durante uma semana a cada mês. As seqüências de ensino que compõe o curso são 1) Indivíduo, Sociedade e Desenvolvimento Sócio-Territorial; 2) Desenvolvimento Sustentável, Cultura e Identidades; 3) Estratégias e Instrumentos de Desenvolvimento e Requalificação Territorial; 4) Trilhas Curriculares e Escalas de Intervenção em Desenvolvimento e Requalificação Sócio-Territorial; 5) Tecnologias Sociais em Desenvolvimento Sócio-Territorial: Pesquisa, Intervenção e Experiências. O corpo docente é composto por professores de diferentes unidades da UFBA e de outras instituições baianas, universidades brasileiras e estrangeiras. 

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Corporeidade Poética: Transcendendo o Corpo Partindo da Ancestralidade Africana - SP

Vivência Lúdica e Cultural no Cedem/Unesp: 12/05/2011
           
Sons. Ritmos. Batuques. Poemas. Versos. Frases. Corpos. Corporeidades. Gestos. Ancestralidades. O contra-saber não é um saber contra, mas sim um saber que se constrói na contra mão daquilo que é considerado como norma. Refletir o poema, o som, o corpo e o gesto dentro da Pedagogia da Ancestralidade, é enxergar novas formas de se construir saberes e conhecimentos diversos. Aos interessados, a roupa, própria para o movimento, será fundamental nesse dia, assim como uma toalha. O conhecimento que visa ser de corpo inteiro é ato de convivência. É revolucionário porque se afirma no encontro poético com a sua e a minha natureza. Venha preparado para doar seu corpo e sua energia.
 
Palestrante

- Kiusam de Oliveira: Escritora, autora do livro Omo-Oba: Histórias de Princesas (Mazza Edições), recomendado pela FNLIJ/2010 e selecionado pelo PNBE/2010. Arte-educadora, bailarina e coreógrafa. Professora. Doutora em Educação e Mestre em Psicologia pela USP. Pedagoga especialista em Deficiência Mental e Orientação Educacional. Assessora na Secretaria de Cultura de Diadema/SP. Especialista nas temáticas de gênero, raça, identidades negras, corporeidade afrobrasileira, candomblé de ketu e educação. Diretora do Programa de Rádio Povinho de Ketu. Site: www.kiusam.com.br
 
Arte-Educadores (as) e Especialistas Convidados (as)

- José Geraldo Neres: Poeta, roteirista, dramaturgo e produtor cultural. Autor dos livros de poesia: Pássaros de Papel (Dulcinéia Catadora, 2007), Outros Silêncios, Prêmio ProAC da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo 2008, (Escrituras Editora, 2009). Seu livro Olhos de Barro recebeu menção especial na 3ª edição do Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura (ficção - 2010). Blog: http://neres-outrossilencios.blogspot.com

- Edleuza Ferreira da Silva: Licenciada em Língua Portuguesa. Doutora em Educação. Monitora do Núcleo da Palavra do Laboratório Experimental de Arte-Educação & Cultura da Faculdade-Lab_Arte de Educação da USP e instrutora da Escola de Formação do Servidor da Prefeitura da Cidade de São Paulo. Especialista em orientação de leitura e redação para disléxicos e pessoas com déficit de atenção e estrangeiros. Revisora. E-mail: edleuzaferreira@terra.com.br

- Radi Oliveira: Pedagoga, arte-educadora, poetiza, produtora cultural, coordenadora de projetos culturais do Centro Educacional Unificado – CEU Alvarenga. E-mail: radi_oliveira@yahoo.com.br
 
Percussionistas

- Patrícia Vianna: Arte-educadora graduada em linguagens da arte e pós-graduada em arte-educação. Musicista especialista em percussão brasileira. E-mail: patibatuca@hotmail.com

- Ogan Robson: Ogan e percussionista do Grupo Omo-Ilú. Instrutor de capoeira. E-mail: Robson-barreto@ig.com.br
 
Mediador

- Oscar D´Ambrósio: Mestre em Artes – UNESP/Campus São Paulo, Crítico de Arte, Escritor, Jornalista e Coordenador de Imprensa/Reitoria da UNESP. E-mail: odambros@reitoria.unesp.br

PARTICIPE E CONVIDE OS SEUS AMIGOS!
 
Inscrições gratuitas c/ Sandra Santos pelo e-mail: ssantos@cedem.unesp.br
Data e horário:  12 de maio de 2011 (quinta-feira) às 18h30
Local: CEDEM-Praça da Sé, 108 – auditório no 7º andar (metrô Sé)
 (11) 3105 - 9903 - www.cedem.unesp.br

UNESP lança 50 livros digitais gratuitos

Em 2010, 44 títulos foram publicados sob o selo Cultura Acadêmica
 
Por meio da Editora Unesp e da Pró-Reitoria de Pós-Graduação (Propg), a Universidade lançará na quarta-feira (27/04) 50 livros virtuais gratuitos, já disponíveis aqui. Os títulos integram o selo Cultura Acadêmica e dão continuidade à Coleção Propg Digital, que oferece obras inéditas para download.

O lançamento será a partir das 9h na sede da Editora Unesp, em São Paulo, e terá mesa de abertura com a participação do vice-reitor no exercício da Reitoria, Julio Cezar Durigan; da pró-reitora de Pós-Graduação, Marilza Vieira Cunha Rudge; do diretor-presidente da Editora Unesp, José Castilho Marques Neto; e do seu editor executivo, Jézio Hernani Bomfim Gutierre. Após a mesa, o público terá acesso aos livros na "Degustação literária": 50 iPads estarão à disposição dos leitores na antessala do auditório, com a versão integral das obras lançadas.

Depois da "degustação" e ao longo do dia, os autores concederão entrevistas individuais para a Web TV, projeto da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC), Câmpus de Bauru. Cada entrevista terá 15 minutos e será dividida em dois blocos, o primeiro das 11h30 às 12h30, e o segundo, das 14h às 17 h. A Web TV também fará a transmissão ao vivo do lançamento pelo endereço www.unesp.br/tv .

A coleção teve sua primeira fase em 2010, quando foram lançadas 44 obras. Desde então, foram feitos mais de 50 mil downloads, em um total de cerca de 205 mil acessos. A meta do projeto é publicar mil títulos em dez anos, permitindo um amplo acesso à produção acadêmica da Unesp.

A Editora Unesp fica na Praça da Sé, 108, no Centro de São Paulo. O lançamento da Coleção Propg Digital será no 7º andar do auditório.  

Obras e autores 

Veja a seguir a relação dos 50 títulos, com seus respectivos autores, de acordo com a área de cada obra:

História

As tradições gaúchas e sua racionalização na modernidade tardia - Caroline Kraus Luvizotto

Palmas, a última capital projetada do século XX: Uma cidade em busca do tempo - Valeria Cristina Pereira da Silva

Monteiro Lobato nas páginas do jornal: Um estudo dos artigos publicados em O Estado de S. Paulo (1913-1923) - Thiago Alves Valente

Representações do senado romano na Ab Unbe Condita Libre de Tito Lívio: Livros 21-30 - Marco Antonio Collares

Sacrificium Laudis: A hermenêutica da continuidade de Bento XVI e o retorno do catolicismo tradicional (1969-2009) - Juliano Alves Dias

Letras/Linguística

O rio e a casa: Imagem do tempo na ficção de Mia Couto
 - Ana Cláudia da Silva

Rumores da escrita, vestígios do passado: Uma interpretação fonológica das vogais do português arcaico por meio da poesia medieval - Juliana Simões Fonte

Relações de complementação no português brasileiro: Uma perspectiva discursivo-funcional - Liliane Santana

A Literatura dos Outros e os Outros da Literatura - Maria Heloísa Martins Dias / Sônia Helena de Oliveira Raymundo Piteri

O léxico em foco: Múltiplos olhares - Lidia Almeida Barros / Aparecida Negri Isquerdo

Língua e sociedade nas páginas da imprensa negra paulista: Um olhar sobre as formas de tratamento - Sabrina Rodrigues Garcia Balsalore

Figurações contemporâneas do espaço na Literatura - Sérgio Vicente Motta / Susanna Busato

Leitura e escrita como espaços autobiográficos de formação - Maria Rosa Rodrigues Martins de Camargo

Geografias do drama humano: Leituras do espaço em São Bernardo, de Graciliano Ramos, e Pedro Páramo, de Juan Rulfo - Gracielle Marques

Educação

Necessidades formativas de professores de redes municipais: Contribuição para a formação de professores crítico-reflexivos - Cristiano Amaral Garboggini di Giorgi / Maria Raquel Miotto Morelatti / Mônica Fürkotter / Naiara Costa Gomes de Mendonça / Vanda Moreira Machado Lima / Yoshie Ussami Ferrari Leite

Política de Educação no campo: Para além da alfabetização (1952-1963) - Iraíde Marques de Freitas Barreiro

Pesquisa em educação escolar: Percursos e perspectivas - José Milton de Lima / Divino José da Silva / Paulo Cesar de Almeida Raboni

Educação infantil: Discurso, legislação e práticas institucionais - Lucimary Bernabé Pedrosa de Andrade

Jovens, violência e escola: Um desafio contemporâneo - Joyce Mary Adam de Paula e Silva / Leila Maria Ferreira Salles

Aprendizagem e comportamento humano - Tânia Gracy Martins do Valle / Ana Cláudia Bortolozzi Maia

Pesquisa em educação: Métodos e modos de fazer - Marilda da Silva e Vera Teresa Valdemarin

A vigilância punitiva: A postura dos educadores no processo de patologização e medicalização da infância - Fabiola Colombani Luengo

Formação de professores: Limites contemporâneos e alternativas necessárias - Lígia Márcia Martins / Newton Duarte

Psicologia 

Saúde e desenvolvimento humano
 - Tânia Gracy Nartins do Valle e Lígia Ebner Melchiori

A depressão como "mal-estar" contemporâneo: Medicalização e (Ex)-Sistência do sujeito depressivo - Leandro Anselmo Todesqui Tavares

Natureza comportamental da mente: Behaviorismo radical e filosofia da mente - Diego Zílio

Comunicação

Televisão digital: Informação e conhecimento - Maria Cristina Gobbi / Maria Teresa Miceli Kerbauy

Gestão, mediação e uso da informação - Marta Valentim

Criação, proteção e uso legal da informação em ambientes da World Wide Web - Elizabeth Roxana Mass Araya / Silvana Aparecida Borsetti Gregório Vidotti

Música

Revisão crítica das canções para voz e piano de Heitor Villa-Lobos: Publicadas pela Editora Max Eschig - Nahim Marun

Abordagens do pós-moderno em Música: A incredulidade nas metanarrativas e o saber musical contemporâneo - João Paulo Costa do Nascimento

Geografia/Urbanismo 
Brasília, metropolização e espaço vivido: Práticas espaciais e vida quotidiana na periferia goiana da metrópole - Igor Catalão

Paisagens de consumo: São Paulo, Lisboa, Dubai e Seul - Silvia Aparecida Guarnieri Ortigoza

História do pensamento geográfico e epistemologia em Geografia
 - Paulo R. Teixeira de Godoy

Teatro/Dramaturgia

Traços épico-brechtianos na dramaturgia portuguesa: O render dos heróis, de Cardoso Pires, e Felizmente há luar!, de Sttau Monteiro - Márcia Regina Rodrigues

Projeto Comédia Popular Brasileira da Fraternal Companhia de Arte e Malas-Artes (1993-2008): Trajetória do ver, ouvir e imaginar - Roberta Cristina Ninin

Política/Ciências Sociais

Mulheres em foco: Construções cinematográficas brasileiras da participação política feminina - Danielle Tega

Política e identidade cultural na América Latina - José Luis Bendicho Beired / Carlos Alberto Sampaio Barbosa

Cultura contemporânea, identidade e sociabilidades: Olhares sobre corpo, mídia e novas tecnologias - Ana Lúcia de Castro

Caleidoscópio Político: As representações do cenário internacional nas páginas do jornal O Estado de S. Paulo (1938-1945) - Alexandre Andrade da Costa

Profissão: Assistente Social - Edméia Côrrea Netto

Suicídio revolucionário: A luta armada e a herança da quiméria revolução em etapas - Claudinei Cássio Rezende

Economia

Inovações tecnológicas e a complexidade do sistema econômico - Carolina Marchiori Bezerra

O Estado como empregador de última instância: Uma abordagem a partir das finanças funcionais - Guilherme da Rocha Bezerra Costa

Arquitetura/Design

Revolução histórica da Ergonomia no mundo e seus pioneiros - José Carlos Plácido da Silva / Luis Carlos Paschoarelli

Design, empresa e sociedade - Paula da Cruz Landim

Filosofia

Consciência e matéria: O dualismo de Bérgson - Jonas Gonçalves Coelho

Ciências/Matemática

Ensino de Ciências e Matemática III: Contribuições da pesquisa acadêmica a partir de múltiplas perspectivas - Fernando Bastos

Ensino de Ciências e Matemática IV: Temas de investigação - Nelson Antonio Pirola

Artes
Mulheres recipientes: recortes poéticos do universo feminino nas artes visuais- Flávia Leme de Almeida

Assessoria de Comunicação e Imprensa

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Curso Conversando com sua História inicia novo ciclo de debates - BA

Em sua 9º edição, o curso levará para a Biblioteca Pública historiadores e pesquisadores para debater temas da História da Bahia
Rever temas da história da Bahia analisados pela ótica de importantes historiadores e pesquisadores. Este é o principal objetivo do curso Conversando com sua História que, em sua 9º edição, iniciará um novo ciclo de debates, no dia 3 de maio (terça-feira), às 17h, no auditório da Biblioteca Pública do Estado (Barris). Serão 21 palestras que se realizarão entre os meses de maio a outubro. Na abertura, com o tema em “A história da Igreja e Convento de São Francisco”, a Professora Doutora Maria Helena Matue Ochi Flexor falará das origens das igrejas que formam o conjunto franciscano, a partir da primeira construção. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas diariamente, das 9h às 17h, pelo telefone 3117- 6067 ou através do email: cmb.fpc.ba.gov.br.

No tema da primeira aula, a professora Maria Helena Matue informa que irá centrar-se nas informações interessantes sobre o conjunto franciscano, de períodos e estilos diferentes como o coro, seus ornamentos, mobiliários e o altar mor que tem mais de dois séculos, incluindo a história do Santo Antônio, o primeiro padroeiro de Salvador.

Professora da Universidade Católica de Salvador (UCSAL), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e Professora Emérita da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Maria Helena Matue é Doutora em História Social pela Universidade de São Paulo (USP) e possui duas especializações: Arquivologia, pelo Arquivo do Estado da Bahia e em Metodologia do Ensino Superior, pela UFBA. Dentre os livros publicados e organizados destacam-se “Barroco nos Museus de Salvador”, 2010; “Igrejas e Conventos de Salvador e do Baixo Sul da Bahia”, 2009; e The church and couvent of São Francisco in Bahia, traslated by H. Sabrina Gledhil, em 2009.

Curso – Promovido desde 2002 pelo Centro de Memória, unidade da Fundação Pedro Calmon/SecultBA, o curso Conversando com sua História oferece aulas gratuitas ministradas por diferentes historiadores e pesquisadores. “A variedade temática dos debates é enriquecedora e traz a oportunidade para estudantes, professores e o público participante conferir as pesquisas que têm sido feitas sobre intrigantes aspectos da História da Bahia”, ressalta a diretora do Centro de Memória, a Prof.ª Dra. Consuelo Novais Sampaio.

Temas futuros - O curso acontece sempre às terças-feiras e se estende até o mês de outubro. Dentre os temas que serão debatidos nos próximos encontros estão: “Pintura religiosa em Salvador (1790 – 1850)”, “Yalorixá Cecília do Bonocô – História de vida” e “Ajuntar manuscritos, e convocar escritores: o discurso histórico institucional nos setecentos luso-brasileiro“, entre outros. Os participantes que tiverem 75% de freqüência receberão certificado.

Serviço:

O que: Curso Conversando com sua História
Onde: Biblioteca Pública do Estado (Barris)
Quando: Dia 3 de maio, às 17h.
Entrada: Gratuita
Mais informações: (71) 3117-6067

terça-feira, 26 de abril de 2011

Cursos gratuitos Uttopia21 e Faculdade Suldamérica

Inscrições abertas


Curso 01 -  Blog  educacional ....( 20 vagas) _  Vagas encerradas (Inscrições para lista de espera)
Curso 02 -  Design  do Moodle.... ( 20 vagas) - Vagas encerradas ( Inscrições para lista de espera)
Curso 03 -  Uso de Games em  capacitação ( 20 vagas)


EM BREVE PLANEJAMENTO DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


Periodo de Inscrições:

 Curso de Games - 20  a 30 de abril de 2011

Inicio dos cursos:

 Maio  de 2011 - aula inaugural - local: Faculdade Suldamérica

Periodo de Duração dos cursos:
01 mês

Para fazer a Inscrição:
Preencha a Ficha de Inscrição aqui....

Mais Informações -inscricoes.uttopia21@gmail.com

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Inscrições abertas para o curso “Mulher: Liderança Comunitária” - SP

 AVEPEMA (associação do verde e proteção do meio ambiente)  irá capacitar 60 mulheres acima dos 20 anos  para exercerem papel de liderança na comunidade, com o financiamento do PNUD - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e a CAIXA.
O projeto Mulher: Liderança comunitária” busca identificar e intensificar nas empreendedoras sociais o capital humano, instrumentalizando-as  para melhoria do capital social na sua comunidade, a  sua atuação profissional,  aprimorando sua percepção na identificação de oportunidades dentro da sustentabilidade ambiental;  fomentar  o exercício da cidadania,  a integração social e  o fortalecimento da autoestima,  buscar igualdade e equidade de  gênero, gerando o aumento de mulheres  na representatividade pública.  
O curso é composto de 12 aulas, uma vez por semana. O projeto proporcionará aos participantes vale transporte e Lanche.
Parceiros:  Centro de Cidadania da Mulher de Santo Amaro, Tales de Mileto.
Início do curso:

Zona Sul: dia  25 de Abril/2011
Local: Centro de Cidadania da Mulher de Santo Amaro
Endereço: Rua Mário Lopes Leão, nº 240
Telefone para inscrição: 5521-6626 / 5524-4782

Zona Leste: dia 24 de Maio/2011
Local: Colégio Tales de Mileto
Endereço: Rua Platina, 287 (a 200 metros do Metrô Tatuapé)
Telefone para inscrição: 2605 4155/ 2694 4866

OBJETIVO GERAL:

Capacitar as mulheres para exercerem papel de liderança, promover o exercício da cidadania a integração social e o fortalecimento da autoestima e consciência plena da cidadania, buscar maior igualdade de gênero e aumentar os índices femininos na representatividade política.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:

·   Facilitar e fortalecer os vínculos entre diferentes atores sociais para garantir à comunidade, a apropriação do projeto e seus resultados em curto, médio e longo prazo.
·   Possibilitar à mulher a identificação de alternativas possíveis para superação de situações vivenciadas;
·    Promover a reflexão, discussão e reposicionamento da sociedade com relação à mulher e Articular os meios que favoreçam a inserção da mulher na sociedade civil organizada, elevando a cidadania; 
·     Identificar os diferentes tipos de liderança e fazer a avaliação de suas características;
·   Avaliar e aprimorar as competências interpessoais de comunicação, negociação, influência, motivação e delegação que lhe permita se desenvolver como líder, valendo-se de suas próprias características.
·    Apresentar as implicações e a importância da gestão de mudanças sobre o capital humano. Como assistir pessoas e desenvolver habilidades para reconhecer, prever e gerenciar conflitos no ambiente de trabalho.

Módulos:

    1. Comportamento e  Motivações na Liderança Feminina
    2. A tarefa do líder é desenvolver líderes – desenvolver os capitais
    3. Planejamento e estratégia: desenvolvimento pessoal
    4. Gestão de conflitos: Trabalhando em equipe
    5. Desenvolvimento Local

terça-feira, 19 de abril de 2011

Dia 25 de abril. Seminário "Museus e Protagonismo Indígena" - RJ

(Clique na imagem para ampliá-la)

O Museu Nacional/UFRJ apresenta no dia 25 de abril, a partir das 14 h, o seminário “Museus e Protagonismo Indígena”, que integra uma série de atividades coordenadas pelo Setor de Etnologia e Etnografia da instituição. O objetivo do evento é discutir ações que valorizem a produção cultural indígena, a fim de possibilitar a garantia de novos espaços de visibilidade e a ampliação das conquistas em curso na última década.

No encontro serão apresentados dois projetos envolvendo os índios Ticunas, do Alto Solimões: o “Valorização do Museu Magüta”, primeiro museu brasileiro criado e administrado por indígenas e o “Projeto de Licenciatura Indígena no Alto Solimões”. O evento também contará com a exibição do documentário “Os primeiros brasileiros”, fruto de uma parceria entre o Museu Nacional/UFRJ e a Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ-PE).

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Introdução à História da África, da Diáspora e das Relações Raciais no Brasil

Código PROEX  6294
Ano Base  2011
Titulo do Curso  Introdução à História da África, Da Diáspora e das Relações Raciais no Brasil
Tipo de Ação  Curso
   Perfil
Linha Programática  Ciências Sociais
Áreas Temáticas      Principal -> Educação
Secundária -> Direitos Humanos
Caracterização/
Natureza
 
Iniciação
Abrangência  Não informado
Área de Conhecimento  Ciências Humanas
Observação 
O CURSO É DESTINADO A GESTORES, INTEGRANTES DOS PONTOS DE CULTURA E ARTE EDUCADORES, LIDERANÇAS DE MOVIMENTOS NEGROS DOS MUNICIPIOS DO CONISUD (EMBU DAS ARTES, TABOÃO DA SERRA, ITAPECIRICA DA SERRA, EMBU GUAÇU, SÃO LOURENÇO E JUQUITIBA).
   Curso
Número Vagas  60
Período Inscrição  15 a 30/04/2011
Local Inscrição  Internet
Período do Curso  03/05 a 07/07/2011
Local Realizado  Embu-Sp
Carga Horária  Teórica => 40 horas - Prática => 20 horas
Total de Créditos  Não informado
Público Alvo 
Comunidade Em Geral
Processo Seletivo 
- Carta do Candidato Explicando os Motivos de Interesse
Apoio / Parcerias 
- Infraestrutura : Prefeitura da Estância Turistíca do Embu [Entidade]

Palestra Gratuita "Digitalização de Documentos: como fazer, quando e por onde começar? - SP

Investir em serviços de digitalização de documentos para uma ampla gama de benefícios para seus negócios.
O armazenamento de documentos, tais processos, petições, acórdão, recortes de jornais e revistas, boletim informativo etc, documentos produzidos e recebidos por um Escritório de Advocacia ou Assessoria Jurídica, exige uma quantidade significativa de espaço de armazenamento e em crescimento. Documentos como esses podem ser digitalizados com facilidade, gerando uma significativa redução de custos de armazenagem.A Palestra tem como objetivos, direcionar os participantes para iniciar a Digitalização de Documentos, com informações que possam auxiliar na identificação de documentos a digitalizar, forma de busca de documentos digitalizados e software de Gestão Eletrônica de Documentos, que facilitam a indexação e armazenagem dos documentos digitalizados.
Facilitador
Equipe da Acervo

Carga Horária
2:45 horas

Programa
1-     Gestão de Documentos
  • Organização dos documentos;
  • Indexação dos documentos
  • Prazo de Guarda de Documentos
  • O conteúdo está completo ou faltando alguma parte;
  • A informação está atualizada;
  • A informação está correta;

2- Software
  • Visão geral e características;
  • Funcionalidades e recursos;
  • Captura;
  • Classificação;
  • Busca e visualização;
  • Integração;
  • Arquitetura e segurança;
  • Armazenamento (CD/DVD e Data Center)

3- Materiais e equipamentos
  • Computador, monitor e scanners
  • Mesa, cadeiras e apoio;
  • Espaço físico e leiaute;

Datas e Locais de Realização
__05 de Maio de 2011 - QUINTA-FEIRA - Guarulhos - SP - 18:45 as 21:45 horas
Auditório da Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos
Avenida João Bernadino Medeiros, 278 - Bom Clima
Guarulhos / SP 
Próximo da Prefeitura de Guarulhos
130 vagas

Materiais e Serviços
Os participantes receberão bloco de anotação e caneta.
Não será fornecido Certificado de Participação.
Será permitida a inscrição de 01 funcionário por empresa.
Todos os participantes terão 10% de desconto em qualquer curso da Acervo, programados até 31 de Maio de 2011.
Data(s) de Realização
quinta-feira, 5 de maio de 2011 a quinta-feira, 5 de maio de 2011

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Palestra "As Exposições Provinciais do Império: a Bahia e as Exposições Universais (1866-1888)" - BA

ENCONTRO NO MUSEU

"As Exposições Provinciais do Império: a Bahia e as Exposições Universais (1866-1888)".

Palestrante: Profa. Ms. Cínthia da Silva Cunha, Mestre em História Social da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA.

Dia 29 de abril, das 17 às 18:30 horas | Auditório do Museu

ENTRADA FRANCA - Será fornecido certificado

CGU abrirá 1.000 vagas para curso online "Controle social e cidadania"

Apresentação
Visando fomentar o controle social da gestão pública, a CGU desenvolveu o curso virtual “Controle Social e Cidadania”, que apresenta ao participante noções fundamentais sobre como acompanhar e participar da gestão pública.

Objetivo
Mobilizar cidadãos e representantes sociais para atuarem no exercício do controle social das ações governamentais.

Pré-requisitos
• Possuir acesso à internet.
• Ter disponibilidade mínima de 1hora diária para realização das atividades propostas.
• Possuir conhecimentos básicos de informática, como acesso a sites e uso de e-mails.

Carga Horária
40 horas

Público-alvo
Agentes públicos municipais, membros de conselhos de políticas públicas, lideranças locais, professores, alunos e demais cidadãos interessados em exercer o controle social da gestão pública.

Conteúdo Programático
O conteúdo programático está estruturado em três módulos:
• “A participação popular no estado brasileiro.”
• “O controle das ações governamentais.”
• “O encaminhamento de denúncias aos órgãos responsáveis.”

Novas Vagas!Dia 6 de maio de 2011, abriremos 1.000 vagas para o curso "Controle Social e Cidadania" que ocorrerá entre 2 de junho e 3 de julho de 2011.
Veja aqui como se inscrever nos cursos da CGU

Avaliação
Após percorrer as telas do curso, o aluno será avaliado:
Por suas participações nos fóruns temáticos.
Por meio de uma avaliação objetiva sobre os tópicos estudados.

Certificado
Receberá o certificado de conclusão o participante que obtiver, no mínimo, 70% de aproveitamento geral.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Curso de Literatura e Cultura Africana e Afro Brasileira - SP

Descrição: O Ponto de Cultura Círculo Palmarino: de periferia para periferia valorizando a cultura afro brasileira realizará um curso de literatura e cultura africana e afro brasileira. Serão oferecidas 40 vagas e será distribuído certificado ao final mediante ao aproveitamento de no mínimo 75% do curso.

Quando: 30 de abril a 04 de junho
Onde: Sede Nacional do Círculo Palmarino
Endereço: Rua Campos Sales, nº 43, Jardim Presidente Kennedy – Embu/SP
Informações: (11) 4782-2869 – (11) 9840-7244 – circulopalmarinosp@gmail.com 

FONTE: Fundação Palmares

sábado, 9 de abril de 2011

II Minicurso de Formação de Tutores em Educação à Distância

Data: 25/04/2011

A Escola da AGU realizará o II Minicurso de Formação de Tutores em Educação à Distância.
Data: a defir
Horário: 14h30 às 17h30
Local: Auditório da Escola da AGU – SBN – Quadra 01, Ed. Palácio do Desenvolvimento, 4º andar – Brasília/DF.
Público alvo: Advogados da União, Procuradores Federais, Procuradores da Fazenda Nacional, Procuradores do Banco Central, Defensores Públicos, Assistentes Jurídicos, ocupantes de cargo de Direção e Assessoramento e Servidores da AGU.
O evento será transmitido pela TV Escola.

Mais informações
Coordenação de Eventos Internos
e-mail: escolaaagu.eventos@agu.gov.br
Telefones: (61) 3105-9977 3105-9978

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Palestra "O teatro e as novas tecnologias" - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Educar para Construir abre inscrições para mais 100 vagas

Estão abertas, até amanhã, as inscrições para os cursos do projeto Educar para Construir, no Bairro da Paz, com 100 vagas. As oportunidades são para aprendiz de pedreiro/pintor, carpinteiro, eletricista, encanador, almoxarife e auxiliar administrativo.
O projeto é uma parceria do governo estadual, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), e a Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana (CDM). O processo seletivo da unidade do Bairro da Paz acontece no dia 16 deste mês e está dividido em duas etapas.
A primeira etapa inclui provas de Matemática e Português, e na segunda será realizada a entrevista. As aulas começam em 2 de maio e os cursos têm duração de um ano. Cada aprendiz recebe uma bolsa para participar da capacitação.
São pré-requisitos para a seleção: ter entre 18 e 22 anos, ter identificação com o setor da construção civil e estar entre a 5a série do ensino fundamental e o 3o ano do ensino médio, matriculado e frequentando uma escola pública, preferencialmente à noite.
As inscrições são gratuitas e estão sendo feitas no Conselho de Moradores do Bairro da Paz, das 8 às 11h30 e das 14 às 16h30. Os documentos necessários são carteira de identidade, CPF ou protocolo, carteira de trabalho ou protocolo, cópia do comprovante de residência, cópia do atestado de matrícula da escola municipal ou estadual, título de eleitor (caso possua), cartão do Bolsa Família (caso possua) e uma foto 3x4.

SEC prorroga inscrições no Universidade para Todos - BA

O prazo para as inscrições no curso pré-vestibular gratuito oferecido pelo Governo do Estado, o projeto Universidade para Todos, foi prorrogado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, até o próximo domingo. Os interessados devem se inscrever no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).
O projeto tem o objetivo de ampliar o acesso de estudantes da rede estadual ao ensino superior. O candidato poderá esclarecer as dúvidas referentes à sua inscrição por meio do telefone 0800 285 8000, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 18h ou pelo e-mail upt@educacao.ba.gov.br.
Para concorrer a uma vaga, o estudante deve estar regularmente matriculado no 3o ano do ensino médio, ter cursado da 5a série do ensino fundamental ao 2o ano do ensino médio seriado em escola pública municipal ou estadual no Estado da Bahia.
No caso de egressos da rede pública de ensino, é necessário ter cursado da 5a série do ensino fundamental ao 3o ano do ensino médio seriado ou modalidades correspondentes na Bahia.

Expectativa – Estudante do 3o ano do Colégio Estadual Alípio Franca, no Dendezeiros, Gisele Santana dos Santos, 17 anos, já garantiu sua vaga e vê agora sua vontade de ingressar no ensino superior – Medicina – mais perto de ser realizada. "O curso aumenta nossas chances. É um espaço que temos para aprender e tirar dúvidas de disciplinas que temos mais dificuldade. No meu caso, Química e Biologia."
Kely Cristina Rodrigues comemora o fato de ter conquistado o seu espaço e atribui o resultado ao programa. "O Universidade para Todos foi muito importante nesse processo. Como é gratuito, dá oportunidade para muitos estudantes que não teriam condições de pagar um cursinho. Além disso, as aulas são boas e os professores tiram todas as nossas dúvidas e nos deixam bem à vontade". Ela passou em dois vestibulares – Arquitetura e Urbanismo, na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), e Desenho Industrial, na Ufba.
Neste ano, a iniciativa aumentou o número de vagas em 44% e beneficiará mais de 35 mil alunos de 146 municípios da Bahia, entre egressos do ensino médio e concluintes do 3o ano do ensino médio.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Campus VIII oferece cursos de extensão gratuitos para comunidade acadêmica - BA

Victor Seabra
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de  Comunicação

O Departamento de Educação (DEDC) do Campus VIII da UNEB, em Paulo Afonso, está com inscrições abertas, até esta sexta-feira (8), para os cursos de extensão do projeto Redes: tecendo linguagens, oferecidos gratuitamente.
“O projeto objetiva proporcionar um espaço de convivência, estudo e reflexão contínua a toda a comunidade acadêmica do campus. Os cursos integram as ações afirmativas dessa administração para a valorização dos servidores e qualificação dos discentes”, destaca o diretor do DEDC, Dorival Oliveira.
Estão sendo disponibilizadas 80 vagas para a comunidade acadêmica do campus, divididas igualmente entre os cursos de redação oficial, redação acadêmico-científica, espanhol e inglês instrumental.
Os cursos vão abordar tópicos sobre a elaboração de textos relativos à comunicação profissional, elaboração de texto científico e compreensão de textos em língua espanhola e de inglês. A carga horária total varia de 20 a 40 horas-aula.
Para se inscrever, os interessados devem enviar ficha de inscrição para o e-mail redes.uneb@gmail.com, indicando em quais cursos desejam participar.
 As aulas estão previstas para começarem no dia 18 de abril.
Informações: DEDC/Campus VIII — tel. (75) 3281-6585.

Lançamento do novo site do projeto Filmografia Baiana: Memória Viva! - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

Um extenso panorama da produção audiovisual realizada na Bahia ao longo do último século, com mais de 1.700 filmes cadastrados: esse é o resultado do projeto Filmografia Baiana: Memória Viva!, que agora apresenta ao público, através do site www.filmografiabaiana.com.br, as informações pesquisadas. 

Buscando dar maior visibilidade à participação feminina no cinema local, a programação do evento, que faz parte da sessão Quartas Baianas, inclui a exibição de documentários recentes dirigidos por mulheres.

Esperamos vocês!

terça-feira, 5 de abril de 2011

UNESCO realiza encontros para lançar e debater a Coleção História Geral da África

Salvador e Cachoeira (BA), São Paulo e Belo Horizonte sediarão, a partir do dia 01 de abril, debates para marcar os lançamentos estaduais da edição em português da coleção da UNESCO História Geral da África.

Os encontros reunirão especialistas africanos e brasileiros, bem como autoridades locais e regionais e estudantes, para discutir temas relacionados à educação das relações étnico-raciais, interculturalidade, intolerância religiosa e relações entre o Brasil e o continente africano.
A coleção em português é editada pela UNESCO em parceria com o Ministério da Educação, sob coordenação técnica da Universidade Federal de São Carlos.

Na Bahia, entre os dias 01 e 04 de abril, uma série de encontros fazem parte do lançamento estadual. No dia 01, a partir das 15h, grupos culturais com forte influência da cultura africana serão visitados pela UNESCO e pelos especialistas. No dia 02, será realizada uma mesa-redonda em Cachoeira, cidade do Recôncavo Baiano berço do samba de roda, patrimônio imaterial da humanidade. Na segunda, dia 4/4, o lançamento oficial da Coleção da UNESCO História Geral da África na Bahia será feito no auditório da reitoria da Universidade Federal da Bahia, em um seminário de 9h às 18h que debaterá principalmente questões relacionadas à interculturalidade e à diversidade religiosa .
Programação na Bahia  

Em São Paulo, no dia 06 de abril, os especialistas africanos e pesquisadores de renome no cenário nacional se reunirão no auditório do Tucarena da PUC  ao longo de todo o dia para debater assuntos relacionados à formação de pesquisadores, à produção de materiais pedagógicos e de conhecimentos interdisciplinares para a formação docente com vistas à implementação da lei 10.639/2003 e à construção de saberes históricos a respeito do continente africano.    
Programação em SP

Em Belo Horizonte, no dia 13 de abril, no auditório Neidson Rodrigues da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, o lançamento da coleção será seguido de debates que abordarão as relações Brasil-África, a educação, a identidade negra e a territorialidade e o status quo da implementação da lei 10.639/2003, de educação das relações étnico-raciais.

O objetivo da UNESCO, do Ministério da Educação e de seus parceiros ao promover essa série de encontros é debater junto à sociedade o reconhecimento da importância da relação da história africana com a brasileira, contribuindo para a construção e afirmação da identidade da sua população. 

Saiba mais sobre a Coleção História Geral da África


Assessoria de Comunicação
UNESCO no Brasil

Aline Falco
E-mail: aline.falco@unesco.org.br
Tel: (61) 2106-3544/ 81423742

Ana Lúcia Guimarães
E-mail: ana.guimaraes@unesco.org.br
Tel: (61) 21063536

Isabel de Paula
E-mail: isabel.paula@unesco.org.brisabel.paula(at)unesco.org.br
Tel: (61) 21063538

Seminário "O papel social da mídia" - BA

 (Clique na imagem para ampliá-la)