Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

.

domingo, 28 de setembro de 2008

Aganju promove "Terças Americanas" - BA

O AGANJU (Afro-Gabinete de Articulação Institucional e Jurídica) irá promover um mês de exibição de filmes seguidos de debates. O intuito é aproximar a militância e a comunidade em geral da realidade dos outros países das Américas. A idéia é que qualquer ação reivindicatória de autonomia étnica, direitos e cidadania deve passar por alianças com as demais comunidades da diáspora africana. Para o coordenador do AGANJU, Ari Souza, 'conhecer a realidade desses países é passo importante desse processo'. Segue programação das atividades:

TERÇAS AMERICANAS
EXIBIÇÃO DE VÍDEO - ANÁLISE - DEBATES
Rua da Paz, s/n, Graça, Faculdade de Direito da UFBA, sala 52, 2º andar.

Sempre às 9 horas! Entrada Franca!



30/09/2008

Filme: 'A revolução não será televisionada'

Análise - Prof. Dr. Muniz Ferreira (FFCH/UFBA)

07/10/2008

Filme: 'Panteras Negras'

Análise – Sec. Luiza Bairros (SEPROMI/Governo da Bahia)

14/10/2008

Filme: 'Cocalero'

Análise – Prof. Jerônimo Mesquita (FDIR/UFBA)

21/10/2008

Filme: 'Muito além do cidadão Kane'

Análise – Prof. Dr. Albino Rubim (FACOM/UFBA)

28/10/2008

Filme: 'A grande farsa do aquecimento global'

Análise – Profa. MSc. Andréa Ventura (a confirmar)

Coord. Acadêmica: Prof. Dr. Muniz Ferreira (FFCH/UFBA)

Comissão executiva:

Ari Souza - Muniz Ferreira - Darlene Sousa

MAIORES INFORMAÇÕES

sábado, 27 de setembro de 2008

Curso "Formação Docente: Ciência, Tecnologia, e Sociedade" - BA

Prof. Dr. Walter Antônio Bazzo
Local: Instituto de Física
Período: 06 a 10 de outubro de 2008

Horário: 8 às 12 horas
Inscrições: 22 de setembro a 03 de outubro de 2008, das 7 às 13 horas
Local: Colegiado de Pós-graduação, Instituto de Física, tel: 3283-6608
Os alunos que realizarem todas as atividades poderão solicitar aproveitamento de estudos da disciplina.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Bolsas de francês para cotistas de baixa renda - BA

Alunos de graduação da Universidade Federal da Bahia que estejam em situação de vulnerabilidade sócio-econômica.

Duração

O curso será realizado no decorrer de 09 (nove) meses, com aulas de segunda a sexta das 18:30 às 21:00h., perfazendo a carga horária total de 293h, tendo início em 06 de outubro de 2008.

Seleção dos alunos

Para participar do curso os alunos deverão atender aos seguintes critérios:

a) Ser estudante em situação de vulnerabilidade sócio-econômica (renda per capita familiar igual ou inferior a um salário mínimo);

b) Ser cadastrado na Pró-Reitoria de Assistência Estudantil;

c) Ter disponibilidade para investir 12 horas semanais num curso intensivo (2 h e meia por dia) durante 09 meses;

d) Ter disponível, de 2ª. à 6ª. feira, o horário das 18:30 às 21:00h;

e) Estar de acordo com a concessão de apenas três recessos durante os 09 meses de duração do curso: Festas de final de ano, Carnaval e Semana Santa;

f) Comprometer-se em manter freqüência igual ou superior a 75% durante todo o curso;

g) Preferencialmente, não ter outro curso de graduação;

h) Não ser beneficiário de outra bolsa de estudos em língua estrangeira pela UFBA.

INSCRIÇÕES

As inscrições serão realizadas entre os dias 26 de setembro e 03 de outubro, das 13 às 16h, na Coordenadoria de Ações Afirmativas, Educação e Diversidade.

Maiores informações, entrar em contato através dos telefones 3283-7015/7020.

UnB promove "Ciclo de Debates Empreendedorismo Afrobrasileiro" - DF

Será realizado, no âmbito da VIII Semana de Extensão da Universidade de Brasília (UnB), o ciclo de debates EMPREENDEDORISMO AFRO-BRASILEIRO, dia 02 de outubro, quinta-feira, das 14h às 18h, no Auditório da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial - SEPPIR (Esplanada dos Ministérios, Bloco A).

O objetivo do ciclo de debates é apresentar as condições atuais para o empreendedorismo de negros no Brasil e as estratégias de enfrentamento aos obstáculos, divulgar experiências profissionais de sucesso ligadas à cultura afro-brasileira e estimular a formação de redes de apoio ao empreendedorismo afro-brasileiro.

A atividade é gratuita e serão aceitas inscrições no próprio local, com certificados de participação emitidos pelo Decanato de Extensão da UnB.

Contatos pelos telefones 3307-2612, ramal 30 (Juliana) ou 8136-4210 (Jaques). Abaixo segue a programação.

Atenciosamente,

Jaques Jesus
Coordenador do ciclo de debates
Psicólogo, Mestre em Psicologia e Doutorando em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações
Foi Assessor de Diversidade e Apoio aos Cotistas da Universidade de Brasília e Coordenador do Centro de Convivência Negra.

EMPREENDEDORISMO AFRO-BRASILEIRO
Programação
02 de Outubro
14h - Empreendedorismo Afro-Brasileiro: Qual é o diferencial?
Debatedores: João Batista de Almeida Sérgio (CDDN-DF), João Bosco de Oliveira Borba (ANCEABRA), Edson Lopes Cardoso (Irohin) e Mário Nelson Carvalho (ANCEABRA).

15h30 - Cultura afro-brasileira e mercado de trabalho
Debatedores: Maria das Graças Santos (Afro Nzinga), João Bosco de Oliveira Monteiro (Espaço 35), Adriana Lopes dos Santos Prado (UnB) e Flávia Helena Portela de Carvalho (Cara e Cultura Negra).

17h - Midia negra: Midia de negros?
Debatedores: Michael Laiso Felix (Tribuna Afro-Brasileira), Roberto Rodrigues (COJIRA) e Sionei Ricardo Leão (COJIRA).

CIPÓ promeve debate "Eleições e participação infantil" - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Abertas as incrições para jornada jurídica sobre os 20 anos da Constituição - DF

Estão abertas as inscrições para a jornada jurídica em homenagem ao professor Jorge Miranda: Os 20 Anos da Constituição Brasileira de 1988, que acontecerá entre os dias 1º e 3 de outubro. A abertura será realizada no Salão Negro do Ministério da Justiça e contará com a presença do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Cesar Asfor Rocha, do ministro do STJ Nilson Naves, do ministro da Justiça, Tarso Genro, e do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Carlos Ayres Brito.

Nos dias 2 e 3, o evento continuará no auditório do STJ, com a exposição do ministro Nilson Naves, diretor-geral da Escola Nacional de Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam), no painel cujo tema será “o papel desempenhado pelo Superior Tribunal de Justiça e pela Advocacia-Geral da União na consolidação da democracia e o controle judicial das políticas públicas”.

Entre os demais painéis, haverá temas como “A Justiça Militar na Constituição de 1988” , “A Separação de Poderes no Texto Constitucional” e “A Democracia como Princípio, Meio e Fim”.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas até o dia 30 de setembro, por meio do e-mail enfam@stj.gov.br. Mais informações: Enfam: 3319-6103.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Tapetes Contadores de Histórias estão de volta a Salvador

O grupo Tapetes Contadores de Histórias, um dos maiores sucessos de público da CAIXA Cultural, volta a Salvador entre 19 de setembro e 19 de outubro, com as concorridas sessões de histórias, inclusive para adultos, uma palestra e oficinas. Simultaneamente, o grupo ocupa a Galeria Mirante e a Sala dos Jesuítas com a exposição interativa "Tudo o que a gente vê ou toca tem história pra contar". Com patrocínio da CAIXA Cultural, assim como as demais atividades, a mostra comemora os 10 anos do grupo.

Na exposição, a companhia apresenta os elementos que inspiraram o grupo em seus projetos e pesquisas sobre diálogo entre oralidade, literatura e artes visuais e de criação e uso de suportes plásticos para contar histórias. Os visitantes poderão conferir e manusear uma série de objetos-cenários como tapetes, painéis, malas, aventais, saias, vestidos, teares, caixas de pano e jogos interativos para descobrir, inventar, ler e contar histórias.

Cada obra presente na exposição foi baseada em um conto e é acompanhada pelo livro correspondente, o que revela um repertório precioso de autores como Ana Maria Machado, Jutta Bauer, Luís da Câmara Cascudo, Marina Colasanti, Peter Bischel, Ricardo Azevedo e Sérgio Capparelli, bem como contos populares brasileiros e peruanos.

Parte dos objetos que compõe a exposição foi criado pelo próprio grupo. A grande variedade de suportes e novos cenários são uma atração a mais e se destacam principalmente nas sessões que estréiam nesta temporada como a infanto-juvenil "Bicho do Mato" e a adulta "O mundo de fora pertence ao mundo de dentro". A mostra conta ainda com livros de pano do projeto peruano "Manos que Cuentan" e tapetes criados pelo artesão e contador de histórias francês Tarak Hammam.

Ficha técnica
"Tudo que a gente vê ou toca tem história para contar"

Coordenação, Direção Artística e Curadoria: Carlos Eduardo Cinelli e Warley Goulart Atores e Contadores de Histórias: Andréa Pinheiro, Carlos Eduardo Cinelli, Edison Mego, Helena Contente, Ilana Pogrebinschi, Rosana Reátegui e Warley Goulart.

Criação e Confecção das Obras: Carlos Eduardo Cinelli, Edison Mego, Ilana Pogrebinschi, Helena Contente, Rosana Reátegui e Warley Goulart (Brasil); Maria Gutierrez, Maruja Santana, Elisabeth Morales, Julia Vicuña, Norys Vasquez e Jesus Morales (Peru); Tarak Hammam (França)

Fotos: Carlos Eduardo Cinelli, Celso Pereira, Lorena Best e Warley Goulart Programação Visual: Louise Prates
Produção: Caleidoscópio Associação Cultural

Realização: Os Tapetes Contadores de Histórias (R) www.tapetescontadores.com.br

Serviço

O quê: Exposição "Tudo o que a gente vê ou toca tem história pra contar"
Visitação: entre 19 de setembro e 19 de outubro, de terça a domingo e das 9h às 18h, com entrada franca e visitas guiadas para escolas, ONGs, instituições de apoio social e grupos em geral. A exposição fecha durante as sessões de histórias
Quanto: gratuito
Onde: CAIXA Cultural Salvador - Rua Carlos Gomes, 57 - Centro, Salvador
Telefones: (71) 3322-0228, 3322-0219
Classificação etária: Livre

O quê: sessões de histórias
Gratuitas, abertas ao público, com retirada de senhas 30 minutos antes do início. Lugares limitados.
Quando:
Todas as sextas-feiras
19h - "Divinas y Humanas" (adultos e jovens a partir de 12 anos) Aos sábados e domingos:
16h - Bicho do Mato (a partir de três anos)
17h - O rei que ficou cego (a partir de cinco anos)
19h - O mundo de fora pertence ao mundo de dentro (adultos e jovens a partir de 12 anos) De terça a sexta, sessões apenas para escolas e outros grupos previamente agendados às 10h, 14h e 15h. Agendamento pelo telefone
(71) 3322-0958.
Quanto: gratuito
Onde: CAIXA Cultural Salvador - Rua Carlos Gomes, 57 - Centro, Salvador
Telefones: (71) 3322-0228, 3322-0219
Classificação etária: Livre

O quê: Oficinas - Ateliês de Histórias
Quando:
De terça a sexta-feira, das 18h às 21h, com 20 vagas Turma I - de 23 a 26 setembro Turma II - de 30 de setembro a três de outubro Turma III - de 14 a 17 de outubro
Quanto: gratuito
Onde: CAIXA Cultural Salvador - Rua Carlos Gomes, 57 - Centro, Salvador
Telefones: (71) 3322-0228, 3322-0219
Classificação etária: Livre

O quê: Palestra - Sobre textos e têxteis
Quando: Oito de outubro, das 19h às 21h, com 40 vagas
Quanto: gratuito
Onde: CAIXA Cultural Salvador - Rua Carlos Gomes, 57 - Centro, Salvador
Telefones: (71) 3322-0228, 3322-0219
Classificação etária: Livre

Inscrições para as oficinas e para a palestra podem ser feitas pelo telefone (71) 3322-0958

Contatos
Carlos Eduardo Cinelli e Warley Goulart (coordenação) - Tel. (21)
2268-8873 e (21) 8132-0468, e-mail tapetescontadores@hotmail.com(www.tapetescontadores.com.br), vídeos em http://br.youtube.com/caducinelli
Ana Zalcbergas (Gerente da CAIXA Cultural) - (71) 3322-0228
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Bolsas de estudo no Canadá

A embaixada do Canadá no Brasil acaba de abrir processo seletivo para bolsas de estudos do Governo do Canadá, administradas pelo Conselho Internacional de Estudos Canadenses (ICCS/CIEC), A informa a Assessoria para Assuntos Internacionais. As bolsas são destinadas a todas as áreas das ciências sociais e humanas, particularmente nas disciplinas que favoreçam a pesquisa e o desenvolvimento de cursos no âmbito dos Estudos Canadenses. Os candidatos devem ser fluentes em inglês ou francês, idiomas oficiais do Canadá. e a data limite para a apresentação das candidaturas é 17 de novembro de 2008. Há especial interesse em projetos relacionados às políticas públicas e à política externa canadenses. Temas relevantes para a política externa do Canadá incluem os seguintes tópicos: Democracia e Estado de Direito, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Gestão da Diversidade, Parceria com a América do Norte, Paz e Segurança e Estudos Interdisciplinares sobre o Canadá. Não são elegíveis temas puramente científicos, tecnológicos ou metodológicos. O dossiê de candidatura deverá ser apresentado em 5 vias, preenchido integralmente em francês ou inglês. Dossiês de candidatura incompletos, formulários preenchidos incorretamente e a apresentação de currículos e cartas de recomendação em português poderão desqualificar o candidato. Todas as candidaturas serão revisadas por um comitê de pré-seleção estabelecido pela Embaixada do Canadá, formado por representantes da comunidade acadêmica e da Associação Brasileira de Estudos Canadenses (Abecan). As diretrizes específicas de cada programa, bem como os formulários de inscrição, encontram-se disponíveis nos sítios www.brasil.gc.ca, “link” Relações Acadêmicas, e www.iccs-ciec.ca. Todas as candidaturas deverão ser encaminhadas para o seguinte endereço: Embaixada do Canadá - Assessoria para Assuntos de Educação e Diplomacia Pública - SES – Quadra 803 – Lote 16 – CEP 70410-900 Brasília – DF. Dúvidas ou informações mais detalhadas podem ser obtidas na Embaixada do Canadá - Assessoria para Assuntos de Educação e Diplomacia Pública. E-mail: academic.bsb@international.gc.ca ou academique.bsb@international.gc.ca. Tel.: (61) 3424-5400 R: 3260.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Alain Coulon fala sobre reforma universitária na Reitoria da UFBA - BA

O sociólogo francês Alain Coulon faz palestra nesta sexta-feira (19 de setembro), às 10h, no Salão Nobre da Reitoria. Ele abordará temas como as exigências de uma reforma universitária: planejamento, negociação, implementação, avaliação; a passagem do ensino médio para o ensino superior: estranhamento, aprendizagem e afiliação; a questão incontornável da formação do professor para o ensino superior; e a universidade como campo de pesquisa e desenvolvimento. Alain Coulon é, desde 2004, diretor geral do Centro Nacional de Documentação
Pedagógica (CNDP), da França. Suas atividades se inspiram na sociologia qualitativa, no interacionismo simbólico e na etnometodologia, corrente da sociologia responsável por tê-lo feito
conhecido na França e em outros países como autor.

Alain Coulon foi diretor da UFR de educação, comunicação e psicanálise da Université Paris 8, foi membro fundador e diretor do Centro de Pesquisas sobre o Ensino Superior (CRES) e diretor do Centro de Iniciação ao Ensino Superior (CIES, na Sorbonne). Durante quatro anos ele foi presidente nacional da assembléia dos diretores do CIES. Seus trabalhos têm como objeto especialmente o ensino superior, mas ele também se debruça sobre questões relativas à saúde pública e à história política. Realizou ainda pesquisas sobre a importância e a eficácia da aprendizagem documental no trabalho intelectual dos estudantes de primeiro ciclo. Também desde janeiro de 2004, Coulon é membro da comissão francesa da Unesco.

Curso do Sistema para detecção do Uso abusivo e dependência de substâncias Psicoativas à distância

Sistema para detecção do Uso abusivo e dependência de substâncias Psicoativas: Encaminhamento, intervenção breve, Reinserção social e Acompanhamento - "SUPERA"


Apresentação
É com grande satisfação que a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas – SENAD, do Gabinete de Segurança Institucional, da Presidência da República, em parceria com a Unidade de Dependência de Drogas - UDED da Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP, promove a segunda edição do Curso Sistema para detecção do Uso abusivo e dependência de substâncias Psicoativas: encaminhamento, intervenção breve, reinserção social e acompanhamento "SUPERA".

Este é um curso totalmente gratuito e visa a capacitação de profissionais da área de saúde com conhecimentos para a correta identificação e diagnóstico dos usuários de álcool e/ou outras drogas, instrumentalizando-os para trabalharem com os diferentes modelos de prevenção, formas adequadas de intervenção e encaminhamento, além de outras demandas existentes em seu cotidiano de trabalho, sempre em consonância com as orientações e diretrizes da Política Nacional sobre Drogas – PNAD.

Ao final do ano de 2006 e início de 2007, foi realizada a primeira edição deste curso, que capacitou cinco mil profissionais de saúde de todo o Brasil, que apresentaram resultados positivos na sua atuação, superando as expectativas. Conseqüentemente, esses profissionais reconheceram a qualidade técnica do curso e mobilizaram a área da saúde, o que gerou grande demanda pelo lançamento dessa nova edição do SUPERA.
Esse curso disponibiliza diferentes vias de acesso ao conteúdo e à ampliação do conhecimento sobre o assunto.
Cada aluno irá receber um kit de material didático contendo 6 livros; um vídeo ilustrativo com entrevistas, técnicas e sessões de Intervenção Breve e um CD-ROM com todo o conteúdo do curso para uso off-line. O acesso também poderá ser feito pela Internet e o processo será interativo, incluindo a participação em webconferências com profissionais especialistas da área de vários pontos do país, que poderão ser acompanhadas em tempo real. Tutores atuarão no acompanhamento dos alunos, ajudando na resolução de dúvidas, na supervisão do processo ensino-aprendizagem e estarão disponíveis, ainda, para troca de experiências, por meio de fóruns virtuais de discussão. Nesta edição, serão capacitados 5.000 profissionais e o curso terá duração de 3 meses, com carga horária de 90 (noventa) horas. Todos os alunos aprovados receberão certificado de extensão universitária, expedido pela UNIFESP.

Esperamos que cada profissional da saúde inscrito neste curso possa aproveitar ao máximo os conteúdos disponíveis, transformando o conhecimento adquirido em ações efetivas que otimizem e ampliem a qualidade do atendimento aos usuários e dependentes de álcool e outras drogas.
Sucesso a todos!

Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas
Para mais informações acesse o site:
http://www.supera.org.br

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

FUNARTE distribui bolsas de estímulo à criação e à reflexão crítica sobre as artes

Estão abertas as inscrições, até 29 de setembro de 2008, para o Programa Nacional de Bolsas da Funarte, que vai distribuir cem bolsas de R$ 30 mil a artistas, críticos e outros profissionais das artes em todo o território brasileiro. Com formato inovador, o programa viabiliza a produção de obras e estudos em artes visuais, música, artes cênicas e literatura. Segundo o presidente da Funarte, Celso Frateschi, as bolsas garantem condições materiais para o desenvolvimento do projeto e possibilitam a dedicação exclusiva do bolsista. "Isso favorece a profissionalizaçã o do setor e o aprofundamento do trabalho artístico", explica. Os contemplados receberão as bolsas em três parcelas e terão seis meses para executar seus projetos. O edital prevê que todas as regiões do país sejam atendidas, em um esforço de descentralizaçã o dos recursos da fundação, de acordo com as diretrizes do Ministério da Cultura. O investimento total da Funarte no programa é de R$ 3,7 milhões.
As BOLSAS DE ESTÍMULO À CRIAÇÃO ARTÍSTICA serão destinadas a projetos de criação e pesquisa de linguagens nas áreas de 'artes visuais', 'literatura' , 'dança', 'dramaturgia' ,'fotografia' , 'música popular' e 'música erudita'. Serão concedidas duas bolsas para cada uma dessas categorias em cada região do país, totalizando setenta bolsas. Os artistas e profissionais contemplados deverão desenvolver trabalhos inéditos, com o objetivo de ampliar a produção e a difusão das artes no Brasil.
Além de fomentar a produção, a Funarte busca, com as BOLSAS DE ESTÍMULO À PRODUÇÃO CRÍTICA EM ARTES, estimular a reflexão sobre as manifestações artísticas contemporâneas. Críticos, pesquisadores, artistas, professores, estudantes e outros profissionais das artes podem inscrever seus projetos nas categorias 'artes visuais','dança', 'música', 'teatro', 'interfaces dos conteúdos artísticos e culturas populares' e 'conteúdos artísticos em mídias digitais/internet' . Será concedida uma bolsa para cada uma destas categorias em cada região brasileira.
Os interessados devem enviar à Funarte seu projeto, acompanhado de currículo e ficha de inscrição, somente pelos correios, até 29 de setembro de 2008. As propostas aptas a concorrer às bolsas serão julgadas por comissões formadas por profissionais de notório saber em cada uma das categorias, de todas as regiões do país. Maiores informações no site www.funarte. gov.br

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Mestrado em Estudos Populacionais da Escola Nacional de Ciências e Estatísticas (Ence/IBGE) - RJ

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 8 de outubro pelo correio ou na secretaria acadêmica da Ence

O mestrado da Ence tem quatro linhas de pesquisa: Dinâmica Populacional, Condições de Vida e Políticas Públicas; Metodologia Estatística para Censos, Pesquisas Amostrais e Registros Administrativos; Sistemas de Informação Estatística e Geográfica; e Sociedade, Economia e Território no Brasil Contemporâneo. Serão oferecidas até 30 vagas.

A Secretaria da Ence fica rua André Cavalcanti, 106 sala 105, Santa Teresa, no RJ. Mais informações pelos telefones (21) 2142-4691 e 2142-4696, pelo email cpgence@ibge.gov.br e pelo endereço eletrônico http://www.ence.ibge.gov.br/pos_graduacao/mestrado

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Seminário "Trabalho decente e eqüidade: Normas Internacionais e Boas Práticas" - BA

A Prefeitura de Salvador, por intermédio da SECRI - Relações Internacionais juntamente com a OIT -Organização Internacional do Trabalho e o Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria do Trabalho Emprego, Renda e Esporte, convida a participar do Seminário "Trabalho decente e eqüidade: Normas Internacionais e Boas Práticas" a realizar-se no dia 11/09/08. Inscrições através do site www.secri.salvador.ba.gov.br ou pelo telefone 3176-7042.

INGÁ lança DVD de Leonardo Boff sobre Ética e Meio Ambiente - BA

Ética, mudanças climáticas, sociedade e desertificação são os principais temas tratados pelo teólogo Leonardo Boff no DVD “Ética & Ecologia: desafios do século XXI”, que será lançado ao público na próxima quinta-feira (11), às 16h30, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), com entrada franca.
O trabalho é um instrumento de educação e conscientização ambiental elaborado pelo governo do Estado da Bahia, através do Instituto de Gestão das Águas e Clima (INGÁ), antiga Superintendência de Recursos Hídricos (SRH), autarquia da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Sema).
A proposta do DVD é provocar a reflexão sobre a escassez da água no mundo, os refugiados ambientais, e o papel da sociedade e dos governos diante da crise ambiental global, que nada mais é do que uma crise de valores. O governo da Bahia assume o compromisso de ser parceiro de Boff no convite a todos e todas de ações concretas em benefício do ser e do ambiente, ressalta o diretor-geral do INGÁ, Julio Rocha.
Além da exibição do filme e de um bate-papo com o professor Leonardo Boff, que é doutor honoris causa em Política pela Universidade de Turim (Itália) e em Teologia pela Universidade de Lund (Suécia), o evento contará com apresentação do poeta, cordelista, músico e compositor Maviael Melo, acompanhado pelo flautista Rodrigo Sestrem, autores de “Chegou a vez”, principal trilha sonora do trabalho.
“Ética & Ecologia: desafios do século XXI”, tem 60 minutos de duração e mescla explanações de Leonardo Boff sobre diversos problemas ambientais e sociais do planeta e dicas de como construir um mundo melhor, com belas imagens de fenômenos e paisagens naturais (com destaque para o semi-árido baiano), embalados por trilhas do próprio Maviael Melo, de Mozart, Marcos Viana, Manuel Obregon, Georg Waggnsek, entre outros.
O DVD “Ética e Ecologia” irá contribuir para enriquecer as videotecas de escolas, universidades e órgãos públicos da Bahia, e será uma ferramenta educativa fundamental para trabalhar com as comunidades tradicionais na construção do Plano Estadual de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca, que está sendo desenvolvido pelo INGÁ.

Ética e Ecologia

A idéia de produzir o trabalho surgiu após a participação de Leonardo Boff no I Seminário Internacional de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca, realizado em agosto do ano passado. Leonardo Boff é ex-padre, doutor em Teologia e Filosofia, estudioso das ecologias ambiental, social, mental e integral e autor de mais de 60 livros, incluindo a Carta da Terra.
Através dos capítulos “As quatro grandes crises”, “Os quatro princípios fundamentais”, “Os quatro ideais comuns” e “As quatro virtudes imprescindíveis”, o documentário traz dados importantes sobre os problemas do planeta e alerta as pessoas sobre a necessidades de atitudes corretas e éticas com o meio ambiente e com os outros seres humanos.
Boff alerta que, a cada minuto, 17 hectares de terra se transformam em deserto no mundo; que a desertificação atinge 33% da superfície emersa do planeta e as áreas afetadas pelo fenômeno abrigam mais de 2,6 bilhões de pessoas (42% da população mundial). “Nós não estamos indo ao encontro do aquecimento global. Já estamos dentro dele. Agora, trata-se de adaptar-se à nova situação e minorar sobre os efeitos catastráficos”, alerta. O teólogo fala também sobre a “grande crise política-social” do mundo. “Grande parte da humanidade está excluída dos benefícios do desenvolvimento e da cultura”.
Em uma linguagem acessível a diversos públicos, o estudioso faz metáfora entre os problemas do planeta e a casa das pessoas, além de promover uma reflexão filosófica sobre a ética. “A ética nasce da razão, de algo mais profundo, que é a inteligência emocional”. Ele enaltece também a solidariedade como algo essencial para a humanidade. “Nós nascemos da solidariedade. Nossos ancestrais se diferenciavam dos outros animais pela capacidade de dividir a caça”, explica.

08/09/08

Ascom INGÁ

Mais informações:

Letícia Belém/Cláudia Oliveira /Yordan Bosco

(71) 3116-3042/3215/3286/3024

sábado, 6 de setembro de 2008

Elaboração de Projetos Culturais - BA

Fundação Cultural realiza
workshops gratuitos no Pelourinho

[03.09.2008]

Workshop de Elaboração de Projetos Culturais no Pelourinho

De 6 a 28 de setembro, a Fundação Cultural do Estado da Bahia - FUNCEB, unidade da Secretaria de Cultura (SECULT), realiza quatro Workshops de Elaboração de Projetos Culturais em Salvador. Através desta iniciativa, a Secretaria capacita um número cada vez maior de artistas e produtores para participação em editais e processos de seleção de apoio e patrocínio cultural de âmbito regional e nacional. As oficinas são gratuitas, com direito a certificado de participação, e acontecem em quatro espaços culturais situados no Pelourinho.
A realização dos Workshops no Pelourinho faz parte de uma série de atividades que a SECULT e suas unidades promovem integrando a programação artístico-cultural no Centro Antigo de Salvador. O objetivo é estimular os agentes culturais que atuam na região, além de ampliar a movimentação nos espaços culturais que já existem ali. As inscrições nas oficinas devem ser feitas nos locais em que elas acontecerão: Escola de Dança da FUNCEB, Teatro SESC SENAC, Núcleo de Cultura Natureza Okada, e Auditório da Praça das Artes, conforme o cronograma abaixo.
O Workshop de Elaboração de Projetos Culturais, que chega à sua 4ª Edição, já levou mais de 70 oficinas a 66 cidades baianas, tendo mais de 2.000 participantes, que produziram mais de 200 projetos. A iniciativa é coordenada por Giuliana Kauark, da Assessoria de Projetos da FUNCEB, com apoio dos produtores Mayla Pita e Vagner Rocha.
Segundo Giuliana, "a avaliação dos participantes das oficinas tem sido positiva. A demanda de uma ação como essa pode ser medida pelos convites que temos recebido para levá-la a outras cidades. E os resultados têm aparecido no aumento dos números de projetos inscritos nos editais da Secretaria de Cultura".


Como funciona

As oficinas têm duração de dois dias, totalizando 16 horas de duração, e estão divididas em três etapas. No primeiro dia acontece uma apresentação baseada no conteúdo do Manual criado pela Assessoria de Projetos da FUNCEB – também disponível no site da instituição (www.funceb.ba. gov.br). São abordados o processo de inscrição e os principais editais e mecanismos de financiamento de cultura nacionais e estaduais.
Num segundo momento, os participantes formam grupos de trabalho para a elaboração de projetos específicos. Na última etapa, acontecem a apresentação e a avaliação dos projetos por todos os participantes.

Confira os locais e o cronograma das oficinas no Pelourinho.
DATA LOCAL CONTATOS
6 e 7/09 Escola de Dança da FUNCEB 3116-6644
15 e 16/09 Teatro SESC SENAC 3324-4520
20 e 21/09 Núcleo de Cultura Natureza Okada 8241-3293
27 e 28/09 Auditório da Praça das Artes 3117-6456
Inscrições: 2 a 26/09, até a data de início - nos locais
Realização: Fundação Cultural do Estado da Bahia
Informações: tel.: 71 3103-4101 | assessoria@funceb. ba.gov.br

Oficinas Gratuitas de Criatividade Infanto-Juvenil - BA

- Musicalização
Público Alvo: crianças matriculadas em escolas públicas, com idade de 7 a 14 anos
Horário das Aulas: 10:00 às 11:05 h
Início das Aulas: 03/10/08 (sexta-feira)

- Artes Cênicas
Público Alvo: crianças matriculadas em escolas públicas, com idade de 9 a 14 anos
Horário das Aulas: 10:00 às 11:05 h
Início das Aulas: 07/10/08 (terça-feira)

- Artes Plásticas
Público Alvo: crianças matriculadas em escolas públicas, com idade de 7 a 14 anos
Horário das Aulas: 10:00 às 11:05 h
Início das Aulas: 04/10/08 (sábado)

Informações sobre a matrícula:

Local: Instituto de Música da UCSal - Rua Carlos Gomes, nº 400 - Centro
Documentos necessários:
• Cópia da certidão de nascimento ou identidade
• Comprovante de residência
• Comprovante de escolaridade em escola pública

Mais informações: (71) 3329-8100

Oficinas de Criatividade Infanto Juvenil
Instituto de Música

Este Projeto surge com a intencionalidade de aprofundar as ações estéticas na comunidade, para que se possa discutir, também, a abrangência dos fatores culturais e sociais na formalização do pensamento, trabalhando a ação educativa em arte para compreensão do mundo em que se vive e suas contradições.
Os objetivos principais visam desenvolver habilidades artísticas e a auto estima das crianças e dos adolescentes engajados no Projeto, além de aprimorar a prática pedagógica dos alunos do curso de artes plásticas.

O Projeto desenvolve-se através de oficinas de criatividade nas linguagens plástica, musical e corporal vinculadas às disciplinas de Formas de Expressão e Comunicação Artística, Iniciação Musical II e Artes Cênicas; oficinas de musicalização; e oficinas de processos criativos. Ainda são realizadas oficinas de pintura em tecido, arte em papel, confecção de objetos de arte para os pais das crianças e dos adolescentes matriculados no Projeto e para os funcionários da UCSAL.
Ao fim de cada semestre, há exposição das oficinas para que possam ser vistos os trabalhos realizados no período.
O público do Projeto é formado por crianças e adolescentes entre 07 e 14 anos e de baixa renda, que estejam matriculados na escola regular.
O projeto faz interface com o Projeto Educando com Arte nas suas vertentes de desenvolvimento do protagonismo juvenil e do fortalecimento de vínculos familiares.

Equipe Responsável
Coordenação Profª Lêda Margarida
Diretora do Instituto de Música/Docente do Curso de Artes Plásticas
Prof. Armando Alexandre Costa de Castro
Docente do Instituto de Música
Alunos / Estagiários do IMUCSAL

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

UNEB abre 2.205 vagas para cursos à distância - BA

EDUCAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL
UNEB abre 2.205 vagas para cursos gratuitos de Graduação e Pós-graduação lato sensu na modalidade de ducação a Distância (EaD) - Iniciativa reforça compromisso da universidade com a inclusão social - Inscrições: dias 8 a 21/setembro, pela Internet
A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) abre 2.205 vagas gratuitas para cursos de graduação e pós-graduação na modalidade de educação a distância (EaD).

De acordo com o edital publicado pela instituição no Diário Oficial do Estado (DOE), edição de 27 de agosto, o processo seletivo e os cursos oferecidos estão em conformidade com o sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), progama do Ministério da Educação (MEC).

Na graduação, são oferecidas 1.845 vagas para curso de licenciatura em história, matemática e química. Na pós-graduação são disponibilizadas 360 vagas para capacitação de docentes em EAD. As vagas estão distribuídas por pólos e municípios de atuação da UNEB.

As inscrições estão abertas de 8 a 21 de setembro, através do endereço eletrônico www.selecao.uneb.br/ead. Para efetivar a inscrição, os interessados devem efetuar pagamento, através de boleto bancário, de R$60 para graduação e R$100 para pós-graduação.

“O objetivo é dar oportunidade de graduação aqueles que já ensinam no setor público, primando por uma formação crítica, que provoque a reflexão pedagógica nos professores”, adianta Romilda Almeida, presidente em exercício da Comissão Permanente de Vestibular (Copeve) da universidade.

Para se inscrever, os candidatos aos cursos de graduação devem atentar para os seguintes requisitos: ter concluído o ensino médio ou ser professor em exercício do ensino público e não estar matriculado em outro curso de graduação da universidade. Os cursos têm duração prevista de oito semestres.

Pós-graduação lato sensu

Já o curso de pós-graduação lato sensu (especialização em Educação a Distância) possui grade curricular que prevê uma carga horária de 390 horas/aula, completando o período de 12 meses.

Nossos cursos têm a mesma importância de qualquer graduação presencial, mas temos o diferencial da gratuidade. Assim demonstramos mais uma vez nosso compromisso com a inclusão social, chegando às cidades que se quer dispõe de ensino superior”, enfatiza o professor Luiz Carlos Santos, assessor especial da UNEB, que colabora com a Comissão Permanente de Vestibular (Copeve).

Os candidatos devem ficar atentos ao conteúdo programático da prova de seleção, que acontece no dia 19 de outubro de 2008, pela manhã.

Os locais de realização da prova serão divulgados pela internet no mesmo site em que foram efetuadas as inscrições. Os portões vão abrir às 8h30 e serão fechados às 8h50. Os concorrentes terão 2 horas para responder as questões do processo seletivo.

Informações: Copeve/UNEB - Tel.: (71) 3117-2389


quinta-feira, 4 de setembro de 2008

V Encontro Internacional sobre Direitos Humanos, Segurança Pública e Tráfico de Seres Humanos: Assistência Integral às Vítimas - BA

O ILADH – Instituto Latino-Americano de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos tem a honra de convidá-la para o V Encontro Internacional sobre Direitos Humanos, Segurança Pública e Tráfico de Seres Humanos: Assistência Integral às Vítimas que se realizará no período de 21 a 23 de outubro do corrente ano, no Centro de Convenções, Av. Simon Bolívar, s/n, Salvador- BA.

O evento é uma realização conjunta do ILADH e Instituto Winrock Internacional – Brasil. Conta atualmente com o apoio do Governo da Bahia, Comitê Interinstitucional de Prevenção e Enfrentamento ao Tráfico de Seres Humanos da Bahia, CONDER, OAB - BA, Terra dos Homens-BA. Tem por objetivo promover um momento de capacitação com vistas ao intercâmbio de experiências sobre a temática acima mencionada

O ILADH pretende com este V Encontro Internacional, dinamizar uma discussão, entre sociedade civil organizada, poder público, organismos internacionais e nacionais que trabalhem contra o fenômeno do tráfico de seres humanos, trazendo a baila todos os assuntos relevantes a assistência integral às vítimas.

Salientamos que a inscrição é gratuita.

Aos interessados solicitamos o preenchimento e envio da ficha de inscrição (vide anexo) para o e-mail iladhpromove@gmail.com, até o dia 30 de setembro de 2008.

Informações: (11) 3291.2736 a partir das 13h (Ana Flávia – ETSH SJDC/SP); (81) 8734-6477 (Iramayara Coelho / ILADH), (71) 9969-9433 (Débora Aranha / Winrok)

Certos de que o evento contempla assuntos do seu interesse, contamos com sua presença.

Atenciosamente,


Anália Ribeiro

Sócia- Fundadora

ILADH

Programa de Intercâmbio em Direitos Humanos para Ativistas de Angola, Moçambique, Cabo Verde e Guiné Bissau

Conectas Direitos Humanos, Open Society Initiative para a Região Sul da África (OSISA), Open Society Initiative para a Região Oeste da África (OSIWA) e Open Society Justice Initiative (Justice Initiative) têm o prazer de convidar os interessados a se candidatarem ao sexto ano do Programa de Intercâmbio em Direitos Humanos (Human Rights Fellows Program) que acontecerá durante o ano de 2009.

A duração do Programa será de 21 meses, envolvendo tanto o estudo acadêmico quanto a experiência prática em Direitos Humanos/advocacia de interesse público. Serão selecionados ativistas de direitos humanos de Angola, Moçambique, Guiné Bissau e Cabo Verde para participar no Programa.

Descrição do Programa
Nos primeiros nove meses do Programa, os Intercambistas residirão no Brasil. Nos primeiros quatro meses, de Fevereiro a Junho de 2009, participarão como ouvintes de cursos de graduação e pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), sendo de caráter obrigatório o curso Direito Internacional dos Direitos Humanos, ministrado pela Profa. Flávia Piovesan na pós-graduação da Faculdade de Direito. É importante dizer que não há título nem especialização, nem de mestrado, somente um certificado de participação.

De julho a outubro de 2009, os Intercambistas participarão de um estágio em uma organização de direitos humanos ou em clínicas legais no Brasil. Na medida do possível, os estágios serão selecionados de acordo com os interesses particulares de cada Intercambista. É de responsabilidade da Conectas Direitos Humanos a distribuição e a colocação dos Intercambistas nos locais de estágio.

Após os primeiros nove meses de programa, os Intercambistas retornarão aos seus países de origem, onde trabalharão por um período mínimo de um ano, desenvolvendo um projeto de direitos humanos, de preferência, na ONG responsável pela indicação do candidato.

Gastos cobertos
Afora a passagem de ida e volta, enquanto estiverem no Brasil cada Intercambista receberá uma bolsa mensal, seguro médico e aluguel. O valor da bolsa será cuidadosamente calculado para cobrir os gastos de uma pessoa vivendo no Brasil e participando do Programa com uma vida de estudante.

Além disso, os Intercambistas após completarem com sucesso os primeiros nove meses do Programa e retornarem a seus países de origem, terão o salário pago por um ano na ONG responsável por sua indicação. O salário deverá ser calculado com base no montante pago pela ONG a outros empregados numa posição equivalente. A OSIWA e a OSISA oferecerão o valor do salário à ONG responsável pela indicação na forma de uma doação.

A Justice Initiative, a OSISA, a OSIWA ou a Conectas Direitos Humanos não fornecerão qualquer assistência financeira ou logística a familiares que acompanhem os Intercambistas ao Brasil, nem mesmo assistência tocante à moradia. Ainda, a Conectas Direitos Humanos não incentiva que Intercambistas tragam familiares. Não havendo outra possibilidade, o Intercambista deverá apresentar prova da existência de recursos financeiros para permanência dos familiares no Brasil.

Para maiores informações sobre programas anteriores, por favor consultar:
http://www.conectas .org/intercambio .html

Qualificações dos candidatos
Os candidatos devem:
  • ser indicados por uma Organização Não Governamental de Direitos Humanos;
  • ter forte compromisso com direitos humanos ou com advocacia de interesse público;
  • ter proficiência em língua portuguesa; e
  • e, preferencialmente, possuir um título universitário.

Os candidatos serão selecionados tendo também como critérios a sua experiência e seu potencial para contribuírem no desenvolvimento dos direitos humanos e da advocacia em interesse público em Angola, Moçambique, Guiné Bissau ou Cabo Verde.

Será dada preferência aos candidatos de formação jurídica, mas esse não é um requisito para participação no Programa.

A seleção para as entrevistas será feita até meados de outubro de 2008. Os candidatos serão entrevistados e farão um exame escrito sobre questões de direitos humanos.

Uma vez selecionados, os Intercambistas deverão se comprometer contratualmente a cumprir todas as atividades indicadas para o período de ao menos um ano e nove meses do Programa.

Procedimento para candidatura


O(A) candidato(a) deverá submeter:
  • Formulário de inscrição (disponível em www.conectas. org/arquivospubl icados/formulari o.doc) preenchido;
  • Curriculum Vitae;
  • Declaração de interesse ou sobre sua experiência prévia na defesa de direitos humanos (este texto será utilizado também para avaliar sua capacidade de redação).
  • Carta de recomendação;
  • Pré-projeto que pretende desenvolver quando retornar aos seus países de origem.
  • Carta da ONG de seu país indicando o(a) candidato(a) para participar do Programa.

Esta carta deve:
- descrever as razões pelas quais recomenda que este(a) ativista em direitos humanos seja selecionado;
- especificar o valor bruto do salário mensal que será pago ao(à) candidato(a) pela ONG caso seja selecionado( a) para o programa. O valor desse salário bruto será oferecido pela Justice Initiative e OSISA ou OSIWA à ONG responsável pela indicação na forma de uma doação.
- trazer o comprometimento legal expresso da ONG de empregar o(a) candidato(a) por ao menos um ano após o seu retorno do treinamento no Brasil;

A candidatura deve ser necessariamente enviada por correio eletrônico (e-mail) e por correio. MATERIAIS INCOMPLETOS PARA A SELEÇÃO NÃO SERÃO CONSIDERADOS. A ausência de informações ou documentos requisitados importará na desqualificaçã o do(a) candidato(a) .

O prazo final para o recebimento dos materiais de seleção e inscrição para os candidatos de Angola, Moçambique, Guiné Bissau e Cabo Verde é 30 de setembro de 2008.

Endereço para envio:
Mila Dezan
Conectas Human Rights
Rua Pamplona, 1197 casa 4
São Paulo SP 01405-030 Brasil
Tel: (55 11) 3884-7440
Fax: (55 11) 3884-1122
Email: mila.dezan@conectas .org

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

SPM promove Formação e Advocacy em Direitos Sexuais e Reprodutivos - BA

Público: mulheres que atuam em movimentos sociais e comunitários, sindicalistas, profissionais de saúde e educação...
Número de vagas: 30
Data: 24, 25 e 26 de setembro, das 13h30 às 18h00
Local: IPS – Instituto de Previdência de Salvador. (Av. Joana Angélica, 399, Nazaré – em frente ao Colégio Central)
Informações e Inscrição: até 19 de setembro, pelo telefone 2108 7310 ou na Superintendência Especial de Políticas para as Mulheres, Av. Sete de Setembro, 202, Ed. Adolpho Basbaum, 4º andar, Centro
(Luciana Ribeiro/Marta Leiro)

UCSal promove "Ciclo de Conferências sobre Planejamento, Desenvolvimento Municipal e Planos Diretores" - BA

O corpo docente do Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social da UCSal realizará um Ciclo de Conferências sobre Planejamento, Desenvolvimento Municipal e Planos Diretores que será transmitido através de salas de videoconferências e, também, via Internet, através do endereço eletrônico http://ead.sec.ba.gov.br/media

Objetivos
Oferecer aos assistentes informações e conhecimentos relacionados ao planejamento urbano e municipal, assinalando a importância da participação da população no processo de planejamento municipal e a necessidade de aperfeiçoamento dos instrumentos relacionados à elaboração e gestão dos Planos Diretores de Desenvolvimento Municipal, dentro de uma ótica da sustentabilidade. Deverá permitir uma troca de experiências e discussões entre professores e assistentes de modo a aprofundar a compreensão dos temas tratados.

Público Alvo
Profissionais ligados à administração municipal, profissionais atuando no campo do planejamento urbano, líderes comunitários, professores da rede pública e privada, Prefeitos, Vereadores, professores e alunos do ensino superior e outros interessados na temática do desenvolvimento municipal com ênfase social.

Temas a serem abordados
As conferências estarão relacionadas a quatro módulos específicos que são os seguintes:

Módulo I - Conceituação do planejamento territorial, urbano e regional, e sua importância para o desenvolvimento dos Municípios no Estádio da Bahia

Módulo II - O Estatuto das Cidades e sua contribuição para o processo de planejamento local visando a promoção de um desenvolvimento municipal sustentável

Módulo III - A elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal (PDDU) e o papel da administração municipal em sua estruturação

Módulo IV - A gestão do Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal pela Prefeitura e a participação da cidadania no processo de tomada de decisões

Expositores
As atividades estarão a cargo de um grupo de professores do Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social da Universidade Católica do Salvador devendo seguir uma sistemática de apresentação através de um expositor e dois debatedores por assunto tratado.

Programação
Dia/Assunto da Conferência

Módulo I
02/09/08
Conceituação do planejamento territorial
Objetivo: Apresentar aos participantes das mesas redondas o planejamento como ferramenta, metodologia, procedimento e apoio à tomada de decisões de modo a garantir uma maior economia de recursos, por um lado, e uma melhor forma de atender à população com um uso da terra ambientalmente satisfatório.
Sylvio Carlos Bandeira de Mello e Silva - expositor
Peter José Schweizer - debatedor
Elsa Sousa Kraychete - debatedora

10/09/08
A formação histórica dos Municípios e a Importância do Geoprocessamento para o Planejamento Municipal
Objetivo: Examinar os aspectos históricos das cidades brasileiras e apresentar o geoprocessamento como ferramenta indispensável para o processo de planejamento municipal e a elaboração dos Planos Diretores.
Silvana Sá de Carvalho - expositora
Peter José Schweizer - expositor
Maria Helena Matue Ochi Flexor - debatedora

Módulo II
23/09/08
O Estatuto das Cidades e sua Contribuição ao Desenvolvimento Social nos Municípios do Estado da Bahia
Objetivo: Apresentar a importância do Estatuto das Cidades para o desenvolvimento social dos Municípios e para atingir a um novo patamar de justiça social através da aplicação de diferentes instrumentos instituídos pela respectiva lei.
Nelson Baltrusis - expositor
Humberto Miranda do Nascimento - debatedor
Sylvio Carlos Bandeira de Mello e Silva - debatedor

01/10/08
O Estatuto das Cidades e sua Aplicação aos Aspectos Urbanos e Rurais do Município
Objetivo: Promover uma apresentação e discussão sobre as atuais questões rurais e urbanas nos Municípios baianos e os pontos de estrangulamentos que devem ser estruturados e resolvidos através de um processo de planejamento local integrado.
Otavio Alexandre Freire da Silva - expositor
Humberto Miranda do Nascimento - debatedor
Cristina Maria Macêdo de Alencar - debatedora

Módulo III
14/10/08
A Elaboração dos Planos Diretores e suas Dificuldades
Objetivo: Detalhar as diversas etapas e fases do planejamento municipal, destacando a forma de abordagem das questões territoriais, sociais, econômicas e político-administrativas.
Peter José Schweizer - expositor
Sylvio Carlos Bandeira de Mello e Silva - debatedor
Cristina Maria Macêdo de Alencar - debatedora

23/10/08
Participação da Cidadania na Elaboração dos Planos Diretores
Objetivo: Apresentar a forma e os processos pelos quais a comunidade local, ou seja, a cidadania, pode e deve participar da elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal, caracterizando os momentos em que se dará tal participação e quais os resultados esperados.
Nelson Baltrusis - expositor
Humberto Miranda do Nascimento - debatedor
Maria Helena Matue Ochi Flexor - debatedora

Módulo IV
29/10/08
A Gestão de um Plano Diretor e o Papel da Administração Municipal na Execução do PDDM
Objetivo: Examinar os métodos de condução do processo de execução de um Plano Diretor, caracterizando as formas como as Secretarias Municipais deverão atuar e a importância de um orçamento participativo. Destacar a importância da economia local na geração de emprego e renda. O papel das ONG.
Peter José Schweizer - expositor
Cristina Maria Macêdo de Alencar - debatedora
Elsa Sousa Kraychete - debatedora

04/11/08
A Participação da População na Gestão de um Plano Diretor e a questão da sustentabilidade
Objetivo: Caracterizar a importância da participação da população na etapa de implantação de um Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal, formas de organização comunitária, controle de execução orçamentária por parte de cada cidadão para garantir a transparência da administração municipal e a manutenção dos valores éticos.
Nelson Baltrusis - expositor
Peter José Schweizer - debatedor
Sylvio Carlos Bandeira de Mello e Silva - debatedor

Horário
As apresentações e os debates serão realizados no horário das 9:00 às 11:00 horas. A apresentação terá a duração de 45 minutos, os debatedores terão 25 minutos cada um. Os restantes 25 minutos serão destinados às perguntas dos participantes.

Local
Auditórios de videoconferência que constituem a Rede Educação do Instituto Anísio Teixeira (clique aqui e veja no quadro anexo).

Custo
A participação dos inscritos em todo o Estado da Bahia é totalmente gratuita.

Inscrições
Para efetuar a inscrição, preencha a ficha e a envie juntamente com seu Documento de Identificação para o e-mail ceaducsal@ucsal.br (clique aqui e faça o download da ficha de inscrição). Vagas limitadas à capacidade de cada sala, aguarde confirmação da sua inscrição via e-mail.

Obs.: na impossibilidade de enviar por e-mail uma cópia digitalizada do documento de identificação, o mesmo poderá ser enviado através do fax: (71) 3324-7701. Enviar apenas o documento, a ficha de inscrição deverá ser enviada por e-mail.

Certificados
Os participantes inscritos que tiverem 50% de freqüência em cada um dos Módulos, nas videoconferências, receberão certificados de participação expedidos pela Universidade Católica do Salvador.
Os alunos de graduação desta Universidade poderão fazer uso da participação como "Atividades Complementares", conforme ao estabelecido pelo Conselho Departamental de cada curso. Os participantes que assistirem via Internet não terão direito ao certificado.

Organização
Universidade Católica do Salvador (UCSal) - Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social, Superintendência de Pesquisa e Pós-Graduação e Vice-Reitoria. A coordenação geral é do Prof. Dr. Peter José Schweizer, da UCSal.
Informações: através dos telefones (71) 3324-7729 / 3324-7730 / 3330-8423 ou e-mail ceaducsal@ucsal.br

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Themis promove 3º curso de capacitação legal popular de Jovens Multiplicadoras de Cidadania - RS

(Clique na imagem para ampliá-la)

Estão abertas as inscrições para o
3º curso de capacitação legal popular de Jovens Multiplicadoras de Cidadania. As jovens, com idade entre 15 e 22 anos poderão se inscrever na sede da THEMIS - Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero - Rua dos Andradas, 1137 sala 2205 - Centro, Porto Alegre/RS, no horário das 9:00 às 18:00 horas no período de 1º á 12 de setembro.

Elisiane Pasini

Coordenadora do Programa de Jovens Multiplicadoras de Cidadania