Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

.

segunda-feira, 31 de março de 2008

2º Fórum Estudantil Campo-grandense - RJ

O Portal de Gestão de Pessoas e de Relacionamento Corporativo e a ONG Projeto Ação Comunidades [Proacom] vão realizar, no dia 24 de abril, no Rio de Janeiro, o 2º Fórum Estudantil Campo-grandense. O evento, que tem a finalidade de orientar a entrada de jovens no mercado de trabalho, será realizado das 8h às 18h, no auditório da Escola Caic Nações Unidas, em Inhoaiba, Campo Grande (RJ). No encontro, profissionais darão dicas sobre como elaborar currículos e vão oferecer orientações de carreira. O evento conta também com estandes onde os estudantes poderão se inscrever para vagas de estágio e emprego. No Espaço Jovem Saúde, serão abordados temas como doenças sexualmente transmissíveis. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.buscarh.com.br. Outras informações podem ser obtidas com Antoniel pelos telefones (21) 2409-0773 e (21) 8812-1535 ou pelo correio eletrônico antonielbastos@buscarh.com.br.

Seminário Protegendo as Mulheres da Violência Doméstica - SP

Nos dias 7 e 8 de abril, das 9h às 18h, em São Paulo, será realizado o seminário Protegendo as Mulheres da Violência Doméstica. O evento é voltado a operadores de direito profissionais de atendimento às vítimas de violência doméstica. Será colocado em pauta o que é a violência e como ela está inserida na sociedade, a Lei Maria da Penha e a relação entre operadores de direito, o Poder Judiciário e o combate à violência doméstica contra a mulher. As inscrições são gratuitas, mas as vagas são limitadas. O encontro será no auditório Franco Montoro, Pátio do Colégio, 148, Centro (SP). Informações pelo e-mail contato@forumedh.org.br ou pelo telefone (61) 3364-3594. O seminário é realizado pelo Fórum Nacional de Educação em Direitos Humanos em parceria com a Secretaria Especial de Políticas para Mulheres.

Curso de Construção de Comunidades Virtuais

O Grupo Diretivo do Conjunto de Recursos para a Gestão da Informação [IMARK, sigla do original em inglês] está lançando a versão em espanhol do curso Construindo Redes e Comunidades Virtuais. A capacitação, que é gratuita, traz uma visão geral sobre os benefícios e as oportunidades inerentes das comunidades virtuais, que facilitam o intercâmbio de conhecimento e informação. Além disso, oferece apoio ao desenvolvimento de habilidades estratégicas e técnicas para estabelecer e manter comunidades virtuais. Fornece também diretrizes para o desenho de uma rede ou comunidade online e critérios necessários para selecionar as ferramentas online apropriadas. A realização do curso compreende cinco unidades, subdivididas em 29 lições, de 15 a 90 minutos cada. As inscrições podem ser feitas no site www.imarkgroup.org.

Curso de Qualificação de Professores - BA

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA PROFESSORES(AS) DA REDE ESTADUAL DE ENSINO PÚBLICO EM GÊNERO E DIVERSIDADE

O Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher (NEIM), Órgão Suplementar da Universidade Federal da Bahia, firmou convênio com o MEC, através a Secretaria de Alfabetização e Diversidade (SECAD) e a Secretaria de Educação do Estado da Bahia através do Instituto Anísio Teixeira (IAT) para a formação de docentes estaduais na utilização e metodologias e práticas/ações educativas baseadas na Pedagogia Feminista. Vale ressaltar que este Programa conta com o apoio da Superintendência de Políticas para as Mulheres, da Secretaria de Promoção da Igualdade (SEPROMI) do Estado da Bahia.

JUSTIFICATIVA:

O reconhecimento e a relevância da perspectiva de gênero, e em especial da problemática feminina, não é mais um exclusivo problema das mulheres ou de grupos feministas. Esta temática tem perpassado diversas resoluções, declarações e recomendações aprovadas pelas Nações Unidas e pelas Agências Especializadas para ratificar a dignidade e a igualdade de mulheres e de homens indistintamente. Foi relembrando as persistentes discriminações que sofrem as mulheres que a própria ONU elaborou Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Contra a Mulher (CEDAW) assinada por diversos países com o fim promover programas de desenvolvimento das potencialidades femininas e sanar os obstáculos que impedem as mulheres de participar nas mesmas condições que os homens na vida política, social e econômica.

Essa, aliás, foi a tônica das recomendações apresentadas ao governo Brasileiro pelo Comitê da Conferencia Internacional das Nações Unidas contra às discriminações as Mulheres CEDAW, reunido em julho de 2003 em Nova York, cujo documento ressalta a necessidade do governo brasileiro investir recursos na capacitação do seu pessoal técnico e pedagógico com vistas a habilitá-los para o tratamento das questões relacionadas a gênero. Esse compromisso do Governo Federal materializou-se na elaboração do Plano Nacional de Políticas para Mulheres, pautado no resultado de um amplo processo de consulta nacional realizado através das Conferencias Municipais de Mulheres, nas Conferencias Estaduais e na Conferencia Nacional. No campo específico da Educação, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s), já estabelecem a obrigatoriedade do tratamento das temáticas ligadas a gênero e raça, numa perspectiva da transversalidade.

Desta sorte é preciso entender como as questões de gênero perpassam as questões de classe e de raça; qual o papel da educação na formação e reforço da ideologia patriarcal dominante; questões estas que só podem ser tratadas sob um novo ângulo, que leve a problemática de gênero.

OBJETIVO DO CURSO:
Implementar a aplicação da transversalização de gênero na rede estadual

PÚBLICO ALVO:
Docentes da Rede Estadual de Ensino da área metropolitana de Salvador

VAGAS:
1ª Etapa = 360
2ª Etapa = 360

CARGA HORÁRIA:
80h

TURMAS:
Quinta (apenas nos dois primeiros módulos) 18:30h às 22:40h - Colégio Central / Joana Angélica

Sábados 8h às 17h - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas / São Lázaro- Federação

Segunda, quarta e sexta 18:30h às 22:40h - ColégioCentral / Joana Angélica

ATENÇÃO: a distribuição das turmas será definida pela coordenação dos cursos, tendo como critério a ordem de chegada das inscrições, e divulgadas até dia 10 de maio.

INICIO DAS AULAS TEÓRICAS:
Maio de 2008

O calendário de aulas obedecerá a um cronograma especifico em que cada turma deverá assistir a uma média de 8 semanas de aulas

Abertura solene do Programa

12 de maio (segunda-feira) no Salão Nobre da Reitoria da UFBA

(Presença obrigatória)

INSCRIÇÕES

As inscrições serão ser feitas on line. Após preenchimento da ficha de inscrição, que pode ser encontrada no http://www.neim.ufba.br, copie e envie como anexo para o e-mail generoediversidade@yahoo.com.br.

Para mais informações, contate-nos nos telefones 3237 8239 ou 3283 6462 ou pelo e-mail generoediversidade@yahoo.com.br.

Mostra Multimídia De Tudo um Pouco - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

domingo, 30 de março de 2008

Lançamento da Cartilha Saúde da Mulher Negra de Salvador - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

Segue, acima, convite para o lançamento da primeira cartilha quilombola elaborada pela ASPERS, cujo tema é a Saúde da Mulher Negra de Salvador, fruto de várias atividades realizadas por este grupo com mulheres da comunidade. O lançamento será no dia 07/04, às 17h, na Casa do Benin, Rua Padre Agostinho, 17 Pelourinho. Durante o evento acontecerá a apresentação do diagnóstico de vida e saúde de mulheres em situação de prostituição, realizado pela equipe do Projeto Força Feminina.
Um abraço a tod@s,
Denize de Almeida Ribeiro Coord. da ASPERS

Espetáculo Gratuito: Pífanos e Mamulengos - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

sexta-feira, 28 de março de 2008

Curso Sobre Quesito Cor - SP


O curso sobre "Quesito Cor" é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Araraquara através da Assessoria Especial de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura Municipal de Araraquara em Parceria com a UNESP - Universidade Estadual Paulista através do NUPE - Núcleo Negro da UNESP para Pesquisa e Extensão que trabalha com pesquisa e formação sobre relações raciais no Brasil.

O curso de capacitação “Quesito Cor” visa garantir a melhoria do atendimento nos serviços municipais, a concretização de políticas públicas do município, e a formação dos servidores municipais capacitados para atender e coletar dados referente à população negra.

O curso pretende proporcionar uma formação básica sobre relações raciais no Brasil, proporcionando o debate de questões relativas ao racismo, à violência por ele produzida, bem como as estratégias para combatê-lo. Dentro desta proposta discutiremos projetos de ações afirmativas construídas no Brasil; o papel do movimento social negro; a visibilidade da população negra em Araraquara.


CORPO DOCENTE
Prof. Dr. Dagoberto José Fonseca;
Sra. Priscila Elisabete da Silva – NUPE/CLADIN/UNESP;
Sra. Érika Tonelli de Araújo - NUPE/CLADIN/UNESP.

PROGRAMA:
Módulo 01 – Políticas Públicas destinada aos afro-descendentes;
Módulo 02 – Racismo, Discriminação, Preconceito e outros conceitos;
Módulo 03 – Relações Raciais no BRASIL;
Módulo 04 – Políticas Públicas e Ações Afirmativas (Cultura, Educação e Racismo);
Módulo 05 – Gênero, Etnia e Saúde da População Negra;
Módulo 06 – Negro no mercado de Trabalho;
Módulo 07 - Racismo, Violência e Criminalização;
Módulo 08 – AVALIAÇÃO.


INSCRIÇÕES ATÉ DIA 02 DE ABRIL :
Centro de Referência AFRO da Prefeitura de Araraquara
Avenida Duque de Caxias, 660 – Centro - Araraquara/SP -
Tel.: (16) 3322 - 8316.

Colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Cordialmente,

Washington Lucio Andrade
Assessoria Especial de Promoção da Igualdade Racial
da Prefeitura de Araraquara
Centro de Referência AFRO da Prefeitura de Araraquara
Av. Duque de Caxias, 660 - Centro
Cep.: 14801-120 - Araraquara - SP
Tel.: (16) 33228316
E-mail:
aepir@hotmail.com / aepir@araraquara.sp.gov.br
Site: www.araraquara.sp.gov.br

Palestra "Políticas culturais: a experiência da União Européia" - BA

(Clique na imagem para ampliá-la)

MINC, BNB e SESI promovem cursos de capacitação em projetos culturais

*BNB, MinC e Sesi abrem inscrições para cursos de capacitação em projetos culturais *
*Mais de 220 pessoas já participaram dos cursos, realizados em conjunto pelo BNB, MinC e Sesi. A iniciativa é voltada para gestores,
agentes culturais e empreendedores.

SALVADOR, 25.03.2008 – O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Incentivo e Fomento à Cultura (Sefic), em parceria com o Banco do Nordeste
do Brasil (BNB) e Serviço Social da Indústria (Sesi), promove cursos de capacitação em projetos culturais, inicialmente na Região Nordeste e,
posteriormente, no Norte e Centro-Oeste. As inscrições para as oficinas em Salvador estão abertas a partir de hoje.

O objetivo é qualificar gestores e agentes culturais, e atualizá-los sobre a utilização da Lei Rouanet (Lei nº 8.313/91); viabilizar a difusão de
conhecimentos e informações; divulgar ações de financiamento e crédito voltadas para o setor cultural e orientar os empreendedores culturais -
pessoas físicas e jurídicas - quanto ao processo de crédito, de modo a facilitar o seu acesso às linhas oferecidas pelas instituições financeiras
que atuam em parceria com o MinC.

Os primeiros cursos já foram ministrados em São Luís (MA), Teresina (PI), Fortaleza (CE) e Natal (RN), onde compareceram mais de 220 pessoas, que
discutiram, opinaram e prospectaram negócios voltados ao universo cultural. Em Salvador, o curso será ministrado na sede da Federação das Indústrias do
Estado (FIEB), nos dias 7 e 8 de abril. As inscrições podem ser feitas a partir de hoje (24 março), enviando o nome completo e RG para o e-mail
curso.mincne@gmail.com, até as 18hs do dia 31 de março.


ENTREVISTAS E INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

· Ministério da Cultura – Representação Regional Nordeste: (81)
3424-7611 / 3424.1899.
· Henilton Menezes (gerente de Gestão da Cultura do BNB) – (85)
3464.3109 / 9944.4357 – henilton@bnb.gov.br.


*Vauline Gonçalves*
Assessoria de Comunicação
Superintendência Estadual da Bahia
(71) 3344.7560 / 9138.9280
vaulinegs@bnb.gov.br

Seminário Novas Perspectivas da Cultura Popular Urbana - BA


(Clique na imagem para ampliar)

Seminário Movimento Social Negro e Políticas Públicas - RS


(Clique na imagem para ampliar)

quarta-feira, 26 de março de 2008

Concurso Baianas - BA

O Imortal da ABL Antônio Olinto abre seminário sobre a cultura afro-brasileira no SESC Madureira - RJ

Evento vai até o dia 28/3 e vai contar com a participação de grupos culturais da região

A programação especial da exposição 'África – A Arte do Tempo', entra na sua reta final com o esperado seminário 'Encontros com Olinto', nos dias 26, 27 e 28 de março, sempre às 19h. A abertura dos debates contará com a presença do inspirador da mostra e Imortal da Academia Brasileira de Letras, Antônio Olinto. Na ocasião, Olinto irá promover a conferência 'Alma da África', onde o escritor irá falar sobre sua trilogia literária que compreende as obras "O Rei de Kêtu", "A Casa das Águas" e "O Trono de Vidro". A entrada é gratuita em todos os dias do seminário.

No dia 27, AMANHÃ - acontece uma mesa-redonda, mediação de Raul Lody, onde será abordado o tema "Estética e Movimentos Sociais".

O debate vai contar com a participação de representantes de movimentos de valorização da cultura afro-brasileira, como:

Dyonne Boy - Jongo da Serrinha

Paulo José da Silva Filho - GRANES Quilombo

Vera Mendes - Agbara Dudu

Jana Guinond - Ong Estimativa

Tio Antônio - Associação de Baianas Flor Beijada

Guaracy Coutinho - Festa de Iemanjá - Mercadão de Madureira

Roberto Conduru - Prof. UERJ

Encerrando os trabalhos, no dia 28, às 19h, será apresentada uma leitura dramatizada da peça "Exu, O Cavalheiro Da Encruzilhada", de Zora Seljan, sob direção de Ramon Santana.


SERVIÇO: SEMINÁRIO ENCONTROS COM OLINTO

Local: SESC Madureira – Rua Ewbanck da Câmara, 90

Data: 26, 27 e 28 de março de 2008.

Horário: 19h

Classificação: 12 anos

Tel.: (21) 3350-1782

Entrada Gratuita

Escola de Cadetes Mirins oferece Cursos Gratuitos - BA

Formação geral do cidadão, práticas de turismo, aprendizagem comercial e administrativa, costura industrial e estampa em tecido são alguns dos cursos profissionalizantes oferecidos pela Escola de Cadetes Mirins. Os candidatos devem ter entre 14 a 24 anos, ser moradores do município de Lauro de Freitas e cursarem a partir da 5ª série. O aluno pode optar também pelos cursos de inglês e informática básicos, dança, teatro, música e capoeira. As vagas são limitadas e os interessados podem se matricular na sede das escolas (Centro e Portão), das 8h às 13h. Mais informações: 3288-9736/ 3369-9299

terça-feira, 25 de março de 2008

Estado promove seminário sobre Racismo Ambiental - BA

O racismo ambiental, vivenciado pelos povos e comunidades tradicionais na Bahia, será amplamente discutido no I Seminário de Justiça Ambiental pelas Águas: As Águas Não Têm Cor. O seminário será promovido pela Superintendência de Recursos Hídricos (SRH), autarquia da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e pela Secretaria de Promoção da Igualdade (Sepromi), nos dias 27 e 28 de março, no Auditório do Ministério Público Estadual, em Nazaré, dentro da Programação do Dia Mundial da Água.
Para participar, é necessário se inscrever através do e-mail: cerimonial@srh. ba.gov.br ou do telefone (71) 3116-3009.
O racismo ambiental é caracterizado pela negação do direito ambiental aos grupos étnicos-raciais (quilombolas, indígenas, pescadores e marisqueiras, comunidades de terreiro, fundo de pasto, ribeirinhos e outros), como, por exemplo, quando o acesso à água é impactado em função de contaminação dos mananciais ou quando comunidades tradicionais perdem o direito à terra onde vivem e historicamente viveram seus antepassados.
Esse tipo de racismo se consolida com a violação do artigo 255, da Constituição Brasileira, quando afirma que: "todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações".

Injustiça ambiental
Estudos acadêmicos realizados em várias partes do mundo mostram que a injustiça ambiental é praticada diretamente em territórios de concentração de grupos étnicos e raciais.
A perspectiva do seminário é consolidar ações pela justiça das águas e a justiça pela eqüidade de raça, gênero e etnia no Estado da Bahia. "Isso significa que o governo do Estado da Bahia se propõe a desenvolver políticas públicas que garantam a esses povos e comunidades tradicionais o
reconhecimento da diversidade da população, dignidade e cidadania e a garantia do acesso à água às comunidades envolvidas nos conflitos ambientais", ressaltou o diretor-geral da SRH, Julio Rocha.
De acordo com Luiz Alberto Santos, secretário estadual de Promoção da Igualdade, "temos de provocar o Estado no sentido de pensar políticas públicas para superar essa realidade". Ele afirma que essa conquista só pode ser efetivada através do debate constante instaurado sobre a temática do racismo, não somente o ambiental, mas todas as outras formas de racismo.

Programação
O enfrentamento do racismo ambiental envolverá uma série de discussões com movimentos sociais, de classe e étnicos-raciais e representações de comunidades de várias parte da Bahia, do Brasil e da Bolívia. O diretor de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Marcos Sorrentino, participará da roda de diálogo, dia 27, às 8h30, sobre Justiça Ambiental pelas Águas, tema que será exposto pelo diretor-geral da SRH, Julio Rocha.
Uma das lideranças indigenistas do Movimento da Guerra da Água, de Cochabamba, na Bolívia, Angel Hurtado, fará um relato de como os povos indígenas do seu país se organizaram contra a privatização da água na região onde mora. Esse movimento é uma referência pela luta da água como um bem universal para a humanidade.
Os outros temas que serão abordados são: O Combate ao Racismo Institucional; Os paradigmas do Racismo Ambiental; A organização social pela garantia do direito à água; A Saúde pelas Águas e Estratégia de Enfrentamento ao Racismo Ambiental: PPA Participativo 2008-2011-BA.

Saiba mais acessando:
www.srhonline. ba.gov.br/ srhonline
www.sepromi. ba.gov.br

Inscrições gratuitas:
(71) 3116-3009 ou através do e-mail: cerimonial@srh. ba.gov.br

Mais informações:
Ascom SRH
Letícia Belém/Cláudia Oliveira /Yordan Bosco
(71) 3116-3042/3215/ 3286/3024 – 9966-7345

Diosmar Filho
Assessoria de Assuntos para Povos e Comunidades Tradicionais
Diretoria Geral
Superintendência de Recursos Hídricos - SRH/SEMARH
Tel. 55 - 71 - 3116-3200/92078130
e-mail:diosmar.santana@ srh.ba.gov. br

Esportes gratuitos para crianças e adolescentes - BA

Crianças e adolescentes de 6 a 17 anos podem fazer esportes de graça em Salvador. São cursos de iniciação esportiva em quatro modalidades: futebol de campo, futebol de salão, vôlei e basquete.
O programa é da Sudesb - Superintendência de Desportos do Estado. As aulas serão dadas no Núcleo Esportivo Armando Oliveira, na Avenida Gal Costa. Os interessados devem se inscrever no local. Outras informações pelo telefone (71) 3399-9439.

Conferência "Memória do Movimento de Mulheres na Bahia" - BA

(Clique na imagem para ampliar)

Workshop Internacional Desenvolvimento e Movimentos Sociais no Sul - RJ

O Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO) tem o prazer de convidar V.S.ª para assistir ao Workshop Internacional Desenvolvimento e Movimentos Sociais no Sul que será realizado nos dias 07 e 08 de abril de 2008 no Hotel Glória, Rio de Janeiro.

Este evento é promovido pelas principais redes de pesquisa em ciências sociais da África, América Latina e Ásia – Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO), Council for Development of Social Science Research in Africa (CODESRIA) e Asian Political and International Studies Association (APISA). O workshop contará com a presença de pesquisadores da América Latina e Caribe, África e Ásia, conforme a programação incluida em anexo.

Devido a limitações de espaço, será necessária a confirmação de sua presença através do e-mail: clacso@lpp-uerj.net.>

Agradecemos antecipadamente sua participação e ficamos à disposição para qualquer esclarecimento.

Saudações fraternais,
Jacques d'Adesky
Coordenador do Programa Sul - Sul

www.clacso.org.ar
www.lpp-uerj.net/seminario

segunda-feira, 24 de março de 2008

Seminário 120 anos da abolição do trabalho escravo: uma reflexão sobre o negro no Brasil e na África - BA

Devido a problemas de ordem técnica, o Seminário 1888-2008: 120 anos de abolição do trabalho escravo - BA teve o local de realização alterado, mas a data original foi mantida.

Novo local: Auditório da Faculdade de Educação (FACED-UFBA), no Vale do Canela, ao lado da Faculdade de Administração.

Ângela Guimarães (71 8183-4955 / 8873-2455)

PROGRAMAÇÃO

ABERTURA: Olívia Santana e Milton Barbosa
Mesa redonda: Quilombos contemporâneos – o conceito e a aplicação
da lei 68 das disposições transitórias.
Debatedores: Ubiratan Castro de Araújo (Fundação Pedro Calmon)
Ricardo Moreno (UNEB)
Data: 25/03/08
Horário: 18:30 hs

Mesa Redonda: Raça e Racismo – debatendo práticas e conceitos
Debatedores: Walnei Oliveira (UEFS)
Ma Hilda Baqueiro Paraíso (UFBa)
Data: 26/03/08
Horário: 18:30 hs

Conferencia: África e o mundo contemporâneo
Debatedores: Muniz Ferreira (UFBa)
Data: 27/03/08
Horário: 18:30 hs

Ato-Debate contra Repressão na PUC - SP

O papel da PUC na luta contra a ditadura
Contra a repressão de ontem e hoje!

Abaixo a perseguição aos estudantes da Puc-SP!
Contra a criminalização aos movimentos Sociais!

A PUC-SP traz em sua história a memória de ter sido um dos bastiões da resistência à ditadura militar. Em 22 de setembro de 1977 a PUC-SP abrigou cerca de 2000 estudantes que reunidos na imediação do Tuca fariam história, se manifestando em repúdio ao cerco policial que impedira a realização do III Encontro Nacional dos Estudantes no dia anterior. Num ato de coragem, a PUC-SP abria suas portas para a realização do evento que no dia anterior havia sido impedido de ocorrer pelas forças repressivas do estado.
Como sabemos todos, a tentativa de manifestação dos estudantes na PUC-SP terminou sendo duramente reprimida pelas tropas do comandante Erasmo Dias, secretário de segurança pública da época. A repressão resultou em estudantes gravemente queimados pelas bombas, e cerca de 2000 presos. A própria reitora da época, Nadir Kfouri, classificou a ação policial como uma "vergonha". Frente à declaração de Erasmo Dias de que o estado "repararia os danos", respondeu: "há danos que não podem ser reparados". As marcas desta noite seguiram vivas na memória não só de toda a comunidade universitária, mas do próprio país. Durante trinta anos a PUC-SP, ao contrário de outras universidades do país, não conviveria com a presença da polícia no campus.
Mas esta herança da qual todos nos orgulhamos foi gravemente ferida pela atual reitora, Maura Véras. Na madrugada do dia 11 de novembro de 2007, trinta anos após a histórica invasão, Maurá Véras rende uma vergonhosa homenagem a Erasmo Dias e aciona a polícia contra os estudantes. Um ostensivo aparato policial composto pela Tropa de Choque, Grupo de Operações Especiais, Grupo de Ações Táticas Especiais e Força Tática, se dirigiram à reitoria ocupada desta universidade. Não deram nenhuma chance aos estudantes que se mobilizaram por estarem cansados dos cortes de bolsas, sucateamento dos cursos considerados "deficitários" , aumento da repressão pela empresa de segurança Graber, além é claro das indecentes mensalidades cobradas, tudo isso parte do projeto de Redesenho Institucional.
Entendemos que esta escalada repressiva não é privilégio da PUC-SP, mas se faz sentir de maneira cada vez mais profunda na tentativa de criminalização dos movimentos sociais, e na repressão policial da qual são vítimas a ampla maioria da população, sobretudo os pobres e negros. Os exemplos são abundantes, abarcando desde as mães moradoras das favelas de Salvador, que se mobilizaram contra o assassinato de seus filhos pela polícia, passando pela repressão aos estudantes que se colocaram em luta em diversas universidades no ano passado, pela regulamentação do direito de greve, até a repressão às mulheres da Via Campesina, para citar apenas alguns exemplos recentes.
Nós, que nos reivindicamos como portadores da herança da PUC que lutou contra a ditadura militar no país, queremos nos manifestar contra esta escalada repressiva dentro e fora dos muros da universidade, resgatando o legado dos estudantes que se mobilizaram e dos professores que corajosamente os apoiaram em 1977. Queremos recolocar a universidade como centro de reflexão, debate e mobilização pela defesa dos direitos democráticos no seu interior e na sociedade de conjunto.
Por isso, chamamos todos os intelectuais, professores, estudantes, de dentro e fora da PUC-SP a se ligar aos representantes dos movimentos sociais, sindicatos, organizações de esquerda e de defesa dos direitos humanos a se unirem contra a repressão de ontem e hoje participando do
Ato-Debate
25/03, 19:00
sala 239 - prédio Novo da PUC-SP
Assinam esse chamado: APROPUC (Associação dos Professores da Puc), AFAPUC (Associação dos Funcionários Administrativos da PUC), CA Benevides Paixão (Artes do Corpo, Jornalismo e Multimeios), CA Clarice Lispector (Letras, SEB e SET), CAE (Educação), CAFIL (Filosofia), CACS (Ciências Sociais, Geografia, História e Turismo), CAPSICO (Psicologia) , CARI (Relações Internacionais) , CASS (Serviço Social), CA 22 de Agosto (Direito).

Roda do Teatro de Rua do Brasil - BA

O Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo (27/03), ficará marcado na história, pois em quase todo o Brasil ocorrerão manifestações no intuito de cobrar e sensibilizar os políticos e governos para a construção de políticas públicas para estes seguimentos, ao todo serão dezessete estados que farão apresentações, caminhadas e cortejos como ato artístico e político.
Na Bahia o Gueto Poético e o Movimento de Teatro de Rua da Bahia (MTR/BA), estarão realizando o evento A RODA – O Teatro de Rua em Questão/Ano II, de 23 a 30/03/2008, no Centro, na Feira de São Joaquim e em alguns bairros da cidade de Salvador.
O evento reunirá artistas, grupos e representantes de movimentos e redes de Rondônia, Minas Gerais, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Maranhão, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia, para Reunião da Rede Brasileira de Teatro de Rua, discussão, intercâmbios, trocas de experiências no sentido da organização do setor, criação de políticas públicas e desenvolvimento do teatro de rua do Brasil.
Também será realizado o Fórum de Representantes do Movimento de Teatro de Rua da Bahia, reunindo grupos de diversos territórios baianos. Estão confirmadas as cidades de Juazeiro, Itaberaba, Valença, Morro do Chapéu, Monte Santo, Barra do Choça, Satiro Dias, Mutuipe, Maragojipe, Camaçari, Lauro de Freitas, Teixeira de Freitas e Capim Grosso
No dia 27/03, a partir das 15h, será realizado um Cortejo Performático por Políticas Públicas para as Artes Cênicas, com a participação de artistas, grupos e organizações do setor, saindo da Praça da Piedade até a Praça Municipal e lá será lido um manifesto em favor da implementação de políticas públicas para as artes cênicas, com participação popular e controle social. Ao longo do cortejo serão lidas as reivindicações que estão sendo feitas ao poder público municipal, estadual e federal.
Na Praça Municipal acontecerá a Chuva de Teatro de Rua, com apresentações de três espetáculos: O Auto da Corrupção (Grupo 1o de Maio), A Revolta e o Casamento da Chacrinha (Caravana de Téspis).
Na parte das reivindicações estamos pedindo a criação dos Sistemas Municipais de Cultura, a ampliação dos recursos públicos estaduais para cultura, através da criação da Lei de Fomento as Artes Cênicas do Estado da Bahia, investimentos diretos das empresas, sediadas e/ou que operam no estado, no Fundo Estadual de Cultura e na instância federal, queremos a implementação da PEC 150, que estabelece as aplicações de 2%, 1 e meio% e 1% para os orçamentos anuais da cultura, nacional, estadual e municipal, e encaminhamento e votação do Prêmio Teatro Brasileiro.(PROJETO DE LEI FEDERAL: PROGRAMA DE FOMENTO AO TEATRO BRASILEIRO).
O evento conta com patrocínio da Fundação Gregório de Mattos, Fundação Cultural do Estado da Bahia e apoio da ChildHope(UK), ABC Trust(UK), Câmara Municipal de Salvador, Conselho Estadual de Cultura, Movimentos e Redes de Teatro de Rua dos estados de RO, SP, RJ, PE, MG, MA, RN e CE, Sated-BA, Cooperativa Baiana de Teatro, Cooperativa de Circenses da Bahia e Redemoinho/Bahia.
SERVIÇO:
O QUÊ:
A RODA – O Teatro de Rua em Questão/Ano II
ONDE: Centro, Feira de São Joaquim e Bairros de Salvador
QUANDO: 23 a 30 de março de 2008, diversos horários
QUANTO: Gratuito!
REALIZAÇÃO: Gueto Poético e Movimento de Teatro de Rua da Bahia (MTR/BA)

MAIORES INFORMAÇÕES: (71) 3329 0015 / 9976 5503

domingo, 23 de março de 2008

Curso de Especialização em Direitos Humanos e Cidadania - BA

ESPECIALIZAÇÃO PARA JUSTIÇA E SEGURANÇA
UNEB participa do Curso de Especialização em Direitos Humanos e Cidadania, promovido pelo Ministério Público Estadual (MP) - Iniciativa quer alcançar excelência em serviços públicos de justiça e segurança - Inscrições de 25 a 28/março, em Salvador.

Com o intuito de criar meios para alcançar a excelência dos serviços públicos nos sistemas de justiça e segurança prestados à população, a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), em parceria com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP), inscreve profissionais do ramo, de 25 a 28 de março, para o Curso de Especialização em Direitos Humanos e Cidadania.

O curso, fruto do Programa de Capacitação em Direitos Humanos (Procedh), acordo de cooperação internacional firmado entre o MP e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional (Aeci), disponibiliza 50 vagas para capacitar profissionais de nível superior na área proposta.

As inscrições podem ser feitas de 25 a 28 de março, das 9h às 12h e das 14h às 17h, em postos de inscrição montados nas instituições conveniadas. Os candidatos deverão comparecer aos locais portando os documentos exigidos, na forma original acompanhados da fotocópia.

De acordo com o edital, as vagas vão ser distribuídas entre as seguintes instituições públicas conveniadas: MP (10), Polícia Militar (15), Polícia Civil (15), UNEB (6) e grupo gestor do Procedh (4). A comissão organizadora da especialização lato sensu alerta os candidatos a lerem atentamente o edital para adquirem mais esclarecimento, principalmente, sobre o processo de inscrição.

Os interessados no curso, com duração de nove meses, passarão por um processo seletivo dividido em duas etapas – pré-seleção e elaboração presencial da carta de intenções – com os resultados finais divulgados nos dias 14 e 15 de abril, e início do curso em 18 de abril. A listagem dos candidatos classificados será divulgada nos portais do MP/BA, UNEB, Academia da Polícia Civil do Estado da Bahia (Acadepol), Fundação Escola Superior do Ministério Público do Estado da Bahia (Fesmip) e na Secretaria do Procedh.

Cada instituição deverá disponibilizar 40% das vagas ofertadas para afrodescendentes. Na hipótese de não se atingir a cota estabelecida, as vagas remanescentes serão distribuídas entre as demais instituições conveniadas

Prorrogadas as inscrições do Pré-Vestibular Social da UNEB - BA

Associação de Ex-Alunos da UNEB (Unex) prorroga inscrições e altera datas para o curso Pré-vestibular Social Estação Futuro - São oferecidas 260 vagas - Aulas começam 3/abril - Inscrições até dia 26/março, Campus I, em Salvador

Para dar oportunidade a mais candidatos terem acesso a um ensino de qualidade com custo acessível, a Associação de Ex-Alunos da UNEB (Unex) divulga a prorrogação do prazo de inscrições para o Pré-vestibular Social Estação Futuro.

O novo prazo de inscrições é o dia 26 de março. Os interessados devem efetuar o pagamento na sede da Unex, no Campus I, no Cabula.

Para efetuar a inscrição, o candidato deve pagar uma taxa de R$ 19, e doar um quilo de alimento não-perecível.

De acordo com a Unex, a alteração se deve ao fato de muitos candidatos e possíveis alunos do curso ainda aguardarem o resultado do Vestibular 2008 da UNEB, que tem divulgação prevista para o dia 11 de março.

Os candidatos inscritos participarão de uma seleção com provas de língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais nos dias 29 e 30 de março. Os inscritos poderão conferir o local de realização das provas no dia 28 de março, na associação. O resultado da seleção e a matrícula acontecem entre os dias 1 e 3 de abril.

As aulas começam no dia 3 de abril, e prosseguem de segunda a sábado. Para adequar o calendário de aulas, a associação vai promover aulas-extras no primeiro semestre do curso.

Além de professores experientes e um alto índice de aprovação em vestibulares conceituados, a mensalidade cobrada – no valor de R$25 – confirma a tese de que se pode promover ensino de boa qualidade com ao alcance da maioria dos interessados. O valor mensal já inclui o material didático, composto por quatro módulos.

Neste quinto ano de realização, o curso oferece 260 vagas e 100 vagas para cadastro de reserva. Com as inscrições, a expectativa é de arrecadar cerca de duas toneladas de alimentos não-perecíveis, que serão doados a estudantes das residências universitárias da UNEB e para instituições que promovem trabalhos sociais na região do Cabula.

Informações: Unex – Tel.: (71) 3117-2408

Encontro discute "Canadá e a Diversidade Cultural" - BA

CANADÁ EM FOCO
Núcleo de Estudos Canadenses (NEC) da UNEB promove encontro para debater identidade e multiculturalismo - Jornada de Estudos, que tem como tema Canadá e a Diversidade Cultural, acontece no dia 1º/abril, no Campus I, em Salvador


O Canadá e a diversidade cultural é o tema da Jornada de Estudos Canadenses, promovida pelo Núcleo de Estudos Canadenses (NEC) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) no próximo dia 1º de abril.

Contando com a participação de especialistas e pesquisadores internacionais, o evento irá discutir a miscigenação de elementos culturais de diversos países presentes na constituição da identidade canadense.

Segundo Edson dos Santos, coordenador do NEC, o tema escolhido torna-se mais vivo e pertinente em Salvador. “A diversidade é uma situação que vivemos na Bahia e a universidade tem diversas pesquisas sobre as formas e as expressões significantes que emanam da convivência de culturas distintas”, afirma.

A jornada deve reunir estudantes de Letras, Comunicação Social, Design, Urbanismo e Pedagogia. As áreas representam os campos profissionais com maior possibilidade de intercâmbio para o país norte-americano, em virtude da escassez de mão-de-obra local.

O evento é gratuito e acontece no Auditório Ivete Sacramento, do Departamento de Ciências Humanas (DCH), no Campus I, no bairro do Cabula, das 14h às 18h. Para participar, os interessados podem se inscrever no mesmo dia e local do evento, a partir das 13h.

A grande procura por imigrantes no Canadá deve ser abordada durante o evento. Com a entrada de brasileiros, asiáticos, africanos e caribenhos no país nos últimos anos, os especialistas avaliam a influência destas novas culturas sobre o povo e a identidade canadense.

O tema é destaque na palestra do pesquisador Jean François, que visita a Bahia pela primeira vez. O professor canadense irá debater o hibridismo cultural e o perfil cosmopolita do Canadá. A participação do pesquisador acontece às 18h35.

Além dele, outros ilustres convidados participam durante todo o dia de debates com os estudantes e palestras sobre diferentes estudos ligados à miscigenação, diversidade, cultura ameríndia, colonização cultural, entre outros. A abertura fica por conta do reitor da UNEB Lourisvaldo Valentim, do pró-reitor de Pesquisa e Ensino de Pós-Graduação (PPG), Wilson Mattos, além do coordenador do NEC.

Informações: NEC/Campus I - Tel.: (71) 3117-2303 e pelo endereço eletrônico necba@listas.uneb.br.

[Texto e imagem: Ascom/UNEB] ap/mj

quinta-feira, 20 de março de 2008

Encontro "Direitos Humanos e Violência: Governo e Governança" - RJ

O grupo de pesquisa institucional em Direitos Humanos da FDC, convida, por meio deste, todos os interessados em participar do Encontro para reflexão e debate sobre Direitos Humanos e violência: Governo e Governança, que será realizado no dia 24 de março de 2008 às 10:00h na sala 501 da Faculdade de Direito de Campos. A programação será:
10:00h: Abertura do Seminário – Profª. Lílian Márcia Balmant Emerique
Tema: Ineficácia dos direitos sociais como uma das faces da violência estrutural
10:15h: Profª Ebe Campinho (Doutoranda em Serviço Social pela Puc-Rio)
Tema: Tráfico de seres humanos: uma questão de violência contra as mulheres.
11:30h: Profª. Érica de Souza Pessanha Peixoto
Tema: A tensão entre violência e direitos humanos: a cultura do medo.
12:00h: Encerramento
12:00h: Reunião de trabalho do grupo de pesquisa de Direitos Humanos da FDC

Conferencia livre em Pau da Lima e em Plataforma - BA

Serão realizadas nos dias 20/03, a partir das 18:30hs, na Associação de Moradores de Pau da Lima-AMPLI e 25/03, a partir das 13:30hs, na Multiusina juvenil em Plataforma, duas CONFERÊNCIA LIVRES DE JUVENTUDE.
Os temas provocadores serão: trabalho e renda, segurança pública e partcipação politica, sendo possivel a identificação de outros temas durante a Conferência Livre para debate e proposição.
Organizações / articulações provocadoras dos temas:
Ampli, Resistência Comunitária, Campanha Reaja, Pastoral da Juventude, Rede Juventudes, Fórum de Juventude Negra, Rede Juvenil do Subúrbio, Cipó Comunicaçao Interativa/Rede Sou de Atitude e Pangea
Realização:
Pangea- Centro de Estudos Socioambietntais
Associação dos Moradores de Pau da Lima- AMPLI
Contatos:
Tel: 71-99589592

quarta-feira, 19 de março de 2008

L´oreal lança programa de bolsas de estudo para cientistas mulheres

O Programa de Bolsa auxílio grant visa apoiar projetos científicos de alto mérito a serem desenvolvidos durante 12 meses por pesquisadoras brasileiras em instituições nacionais;
. O programa selecionará até 7 pesquisadoras;
. O valor de cada bolsa auxílio grant é o equivalente a US$ 20.000 (vinte mil dólares), convertidos em reais, para aplicação em 12 meses;
. As Bolsas auxílio grant serão atribuídas nas áreas de Ciências Físicas (1 bolsa), Ciências Biomédicas, Biológicas e da Saúde (4 bolsas), Ciências Matemáticas (1 bolsa) e Ciências Químicas (1 bolsa);
. As inscrições deverão ser feitas de 08 de março a 08 de maio de 2008;
. O júri será composto por 8 pesquisadores indicados pela Academia Brasileira de Ciências (ABC), 1 representante da Unesco, 1 representante da L´Oréal, e será presidido por um membro da Diretoria da ABC;
. O resultado será por consenso através de julgamento com discussão e divulgado em 08 de agosto de 2008;
. As Bolsas auxílio grant serão entregues às pesquisadoras selecionadas em setembro de 2008, durante cerimônia, em local e data a serem definidos.

Critérios para inscrição
. As Bolsas auxílio grant destinam-se a pesquisadoras que tenham concluído o doutorado a partir de 01/01/2004, e que se proponham a realizar trabalhos científicos em instituições brasileiras de pesquisa;
. As candidatas deverão ter seu "curriculum vitae" atualizado na Plataforma Lattes;
. As candidaturas deverão ser acompanhadas da documentação mencionada no formulário disponível em: www.abc.org.br/loreal <http://www.abc.org.br/loreal>.

Procedimentos para envio da documentação
. A candidatura deverá incluir os seguintes documentos, todos em 4 (quatro) vias:
. Formulário de Inscrição;
. Importância prática e/ou teórica do Projeto de Pesquisa (no Formulário de Inscrição);
. Declaração de concordância da(s) instituição(ões) nacional(is) onde a pesquisa será desenvolvida.

Documentos abaixo em formato A4, espaço duplo, fonte Times New Roman, corpo 12:
. Curriculum Vitae resumido (máximo 3 páginas);
. Projeto de Pesquisa incluindo referências bibliográficas (máximo 6 páginas);
. As inscrições (documentação completa) deverão ser entregues ou enviadas por correio para a Academia Brasileira de Ciências, Rua Anfilófio de Carvalho, 29/3º andar, Centro, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20030-060, aos cuidados da Sra. Hermína Ferreira;
. Cada candidata poderá se inscrever uma vez, apresentando um único Projeto de Pesquisa;
. As inscrições incompletas ou entregues depois da data limite não serão consideradas. Para as inscrições enviadas por correio, a data limite se aplica à data de postagem.

Direitos e deveres das partes
. As Bolsas auxílio grant serão outorgadas às pesquisadoras selecionadas durante cerimônia em local a ser definido;
. As pesquisadoras selecionadas deverão desenvolver o seu Projeto de Pesquisa no Brasil durante o período de vigência da bolsa auxílio, devendo incluir em suas publicações uma menção a este auxílio;
. As pesquisadoras selecionadas deverão notificar a ABC em caso de:
- mudança do local de trabalho;
- mudança do local da pesquisa;
- desistência.
. Candidaturas que não preencham os critérios e procedimentos aqui
especificados não serão consideradas.

Jorge Dorfman Knijnik
Embu - SP - Brasil
55+11+3091-2137
jorgedk@uol.com.br

Palestra “Panorama da Distribuição de Mídias Digitais” - SP

Confira gratuitamente a palestra “Panorama da Distribuição de Mídias Digitais”, dia 27 de março, às 10:00h.

A palestra irá traçar a evolução das principais tecnologias para a distribuição e transmissão de conteúdo midiático através da internet e redes de computadores e o que podemos esperar para o futuro próximo do entretenimento digital.

Palestrante: Frederick Montero - Produtor, diretor e editor de vídeos, com especialidade em vídeos para a internet, Frederick Montero é formado em Filosofia pela Unicamp, além de em diversos cursos na área de cinema e televisão. Premiado no Pulga – I Festival Permanente de Curtas na Internet, com o vídeo Supermegalooping, em 2001.

Local: Auditório do Centro de Computação (CCUEC) da Unicamp que fica situado na rua Saturnino de Brito, 45 - Cidade Universitária Zeferino Vaz Barão Geraldo - Campinas - São Paulo.

Mapa de acesso em:
http://www.ccuec.unicamp.br/institucional/imagens/mapa1.jpg

Faça sua inscrição gratuitamente por meio do endereço:
http://www.ccuec.unicamp.br/treinamentos/index_html?foco2=Palestras/78239/145541&focomenu=Palestras

Organização: Grupo de apoio em EAD da UNICAMP.
A palestra não será transmitida pela Web.
Mais informações e perguntas pelo e-mail: renataf@ccuec.unicamp.br

terça-feira, 18 de março de 2008

Movimento Negro realiza II Debate Estadual sobre a Serra da Barriga Movimento Negro realiza II Debate Estadual sobre a Serra da Barriga - AL

Lideranças de diversos segmentos do movimento negro alagoano (capoeiristas, religiosos de matriz africana, grupos culturais, organizações políticas); professores; estudantes; gestores; quilombolas e sociedade palmarina participarão do II Debate Estadual sobre a Serra da Barriga e o Parque Memorial Quilombo dos Palmares. A atividade acontecerá no dia 29 de março, das 10 às 14hs nas dependências do Parque.
O encontro in loco tem como objetivo o intercâmbio sócio-étnico-cultural entre os participantes; a discussão sobre o papel do movimento negro nas ações políticas-culturais favoráveis a Serra da Barriga; e a necessidade de uma interação permanente entre o poder público responsável pelo Patrimônio Nacional e a sociedade civil organizada.

O primeiro debate ocorreu em maio do ano passado e foi liderado pela organização não-governamental Anajô, que serviu para esclarecer as dúvidas sobre a implantação e funcionalidade do Parque Memorial Quilombo dos Palmares – primeiro projeto paisagístico arquitetônico dentro da contextualidade afro-ameríndia no Brasil e o único no continente americano.
Na articulação do II Debate Estadual encontram-se o Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô, Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira-AL), Ponto de Cultura Quilombo dos Orixás, Associação de Grupos e Entidades Negras de União dos Palmares (Agrucenup), Centro de Cultura e Cidadania Malungos do Ilê, Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino Privado de Alagoas (SINTEP), Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro e Conselho de Mestres de Capoeira de Alagoas.
Para participar é necessário contribuir com uma taxa de R$10,00 (dez reais) e preencher a ficha de inscrição. As inscrições acontecem no período de 17 a 26 de março, das 9h às 12h e das 15h às 18h no SINTEP, localizado na Rua Lourival Vieira Costa, 32, Prado – próximo a Praça da Faculdade. Contatos: 3336-7464 (Sintep) / 8831-3231 (Helciane) / 8823-6646 (Madal) / 8819-6762 (Amaurício) / 8862-3942 (Filó).

Serra da Barriga
A Serra da Barriga situada na cidade de União dos Palmares, zona da mata do Estado de Alagoas, encontra-se a 500 metros acima do nível do mar, no então Planalto da Borborema e próximo ao Rio Mundaú. Também conhecida como Cerca Real dos Macacos, foi a sede administrativa do Quilombo dos Palmares, berço de liberdade para guerreiros e guerreiras quilombolas.
Considerada um palco sagrado e de resistência do povo afro-brasileiro, teve seu reconhecimento quando foi tombada em 1985 como Patrimônio Histórico, Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico. Trata-se de um local de grande importância política-cultural – é o centro de homenagens, oferendas, pesquisas, encontros, romarias e grandes concentrações no Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro).
___________________________________________
Helciane Angélica – (82) 8831-3231/ 3356-5049
É Jornalista; Presidente do Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô; e integrante da Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial de Alagoas (Cojira/AL)