Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

III Curso de Campo em Saúde Pública Harvard-Brasil - BA

Estão abertas, até terça-feira (dia 3 de novembro), as inscrições para o III Curso de Campo em Saúde Pública Harvard-Brasil. O evento, que será realizado em Salvador, no período de 4 a 20 de janeiro de 2010, é organizado pelo Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz, unidade da Fiocruz na Bahia, pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvad (HSPH) e por demais instituições de excelência em saúde pública do Brasil. O curso conta também conta com o apoio do Programa de Estudos do Brasil do Centro David Rockefeller para Estudos da América Latina, da Universidade de Harvard. Centrado no estudo de diversas doenças infecciosas, a exemplo da dengue, esquistossomose, leishmaniose, leptospirose e HIV/AIDS, o curso tem como objetivo a análise crítica de fatores socioeconômicos e ambientais que estão associados com a alta prevalência e a distribuição geográfica destas enfermidades, além de procurar identificar as características da população, seu estado nutricional, imunidade e co-morbidades, o grau de exposição, assim como o impacto destes fatores sobre morbidade e mortalidade. Na avaliação do diretor da Fiocruz Bahia, Mitermayer Galvão dos Reis, o evento fortalece a colaboração acadêmica entre as instituições envolvidas, abrindo possibilidade de realização de projetos entre a HSPH e a Fiocruz. "Este curso reunirá na Bahia, pela terceira vez, grandes nomes da ciência do Brasil e dos Estados Unidos", disse Reis. "Certamente, teremos impactos importantes na formação de recursos humanos e na produção científica e tecnológica", completou. Ao todo serão disponibilizadas 30 vagas, 15 para estudantes da HSPH e 15 para candidatos brasileiros, que assistirão aulas teóricas e práticas ministradas em inglês pelos professores da Harvard e de instituições de pesquisa e ensino brasileiras. Para obter maiores informações, assim como ter acesso ao formulário de inscrição, é só visitar a página do curso na Internet: http://www.drclas.harvard.edu/brazil/publichealth-salvador-2010 (em inglês) ou http://www.bahia.fiocruz.br/cursos/harvard (em português). De acordo com os pré-requisitos para inscrição, os interessados precisam ter vínculo com programa de pós-graduação strictu sensu (preferencialmente estar cursando o Mestrado ou no início do Doutorado), ou com programa de pós-graduação latu sensu (EPI-SUS, residência ou especialização), desde que possa comprovar experiência prévia em pesquisas; ou trabalhar no Sistema Único de Saúde (SUS) nas áreas de vigilância epidemiológica, ambulatório, hospital, programa de saúde da família desde que possa comprovar experiência prévia em pesquisas. Será dada preferência para pessoas no início da carreira. Também é necessário ter conhecimento de inglês suficiente para compreender e se comunicar verbalmente e por escrito, posto que será realizada entrevista em inglês com aqueles inicialmente selecionados; e ter disponibilidade de tempo integral para o curso durante as duas semanas. Os participantes do curso em 2008 e 2009 não serão elegíveis para participar do curso em 2010.

Ministério da Cultura promove curso de animação online

O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual, e a Infraero estão apoiando o AnimaEdu, um curso online que pretende levar, de forma virtual, técnicas de animação a jovens brasileiros em todo o país. O lançamento oficial do programa e do site ocorreu na quarta-feira (28 de outubro), por ocasião do Dia Internacional da Animação. A primeira turma do curso terá início em novembro deste ano. Para fazer parte do programa é preciso ser selecionado, uma vez que este primeiro grupo será experimental para avaliar a entrada em funcionamento do sistema desenvolvido. O primeiro passo para do processo de avaliação é efetuar a pré-inscrição por meio da Seção Estude Conosco do site AnimaEdu (www.animaedu.com.br), onde estão as informações específicas. Para participar, basta ter no mínimo 16 anos e possuir um computador com acesso à Internet e um scanner. Não há necessidade de conhecimento prévio em animação. O curso terá 18 módulos e estima-se que os alunos consigam estudar entre um e dois módulos por semana. Sendo assim, terá em média de nove a 18 semanas de aula. AnimaEdu é um programa de ensino a distância de animação tradicional 2D desenvolvida pela Otto Desenhos Animados. É um projeto aprovado na Lei Federal de Incentivo à Cultura e que foi, também, incluído dentro do Pró Animação (programa para incentivo e consolidação da indústria de animação brasileira desenvolvido pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura). A ideia básica é selecionar e oferecer cursos que capacitem jovens talentos para atuação no mercado profissional da animação, que tem ampliado sua demanda por mão-de-obra qualificada nos últimos anos. Para ingressar no programa haverá uma seleção de alunos a partir dos desenhos dos candidatos.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

UCSal promove Oficina de Construção de Projetos de Pesquisa - BA

Data: 06/11/2009

Horário:
14:00 às 18:00 h

Público-Alvo:
candidatos interessados no Programa de Pós-Graduação

Objetivo:
possibilitará aos candidatos conhecer as linhas de pesquisa em desenvolvimento, problematizar possíveis temáticas e objetos de estudo, entrar em indexadores eletrônicos, aprofundar a compreensão dos roteiros de elaboração de ante-projeto e projeto como proposto para os futuros mestrandos e doutorandos respectivamente

Local: Superintendência de Pesquisa e Pós-Graduação (Av. Anita Garibaldi, 2981 - Rio Vermelho)

Investimento: evento gratuito

Inscrições e Informações: (71) 3330-8423 / mfamilia@ucsal.br

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Livros grátis para download

http://cafesfilosoficos.wordpress.com/e-books/

Para ler os livros, você precisa de um leitor PDF, como o Foxit ou Adobe.

—————————————————————————-

ADORNO, Theodor Wiesegrund


AGGIO, Alberto


AGOSTINHO, Santo


ALLES BELO, Angela


ALVES, Rubem


ARENDT, Hannah


ARISTÓTELES


BACHELARD, Gaston


BEAUVOIR, Simone de


BENJAMIN, Walter


BOAS, Crisoston Terto Vilas


BORNHEIM, Gerd


CHÂTELET, François


COMTE, Auguste


COMTE-SPONVILLE, André


CORTINA, Arnaldo


COTTINGHAM, John


DELEUZE, Gilles


DESCARTES, René


DREYFUS, Hubert L.


DURANT, Will


ECO, Umberto


ELIADE, Mircea


FOUCAULT, Michel


FROMM, Erich


GADAMER, Hans – Georg


GALEFFI, Dante Augusto


GIACÓIA Jr, Osvaldo


GHIRALDELLI Jr, Paulo


GOUVÊA, Ricardo Quadros


GRAMSCI, Antonio


HABERMAS, Jürgen


HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich


HELÊNICAS, Escolas


HUSSERL, Edmund


KANT, Immanuel


KIERKEGAARD, Soren Aabye


KOJEVE, Alexandre


KONDER, Leandro


LIPOVETSKY, Gilles


LOCKE, John


LÉVI-STRAUSS, Claude


MAQUIAVEL, Niccolo


MARTON, Scarlett


MARX, Karl


MATOS, Olgaria C. F.


MENESES, Paulo


MERQUIOR, José Guilherme


NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm


PAZ, Octavio


PERELMAN, Chaïm


PLATÃO


POPPER, Karl R.


PRÉ-SOCRÁTICOS


RAWLS, John


REALE, Giovanni


ROSS, Sir David


RUSSELL, Bertrand

As funções de um professor
Introdução à Filosofia Matemática

SARTRE, Jean-Paul

Entre quatro paredes
Esboço para uma teoria das emoções
O existencialismo é um humanismo
O método progressivo regressivo
Os caminhos da liberdade, Vol. 1: A idade da razão
Os dados estão lançados

SILVA, Cléa Góis

Liberdade e consciência no existencialismo de Jean-Paul Sartre

SÓCRATES


STRATHERN, Paul

Descartes em 90 minutos
Foucault em 90 minutos
Kierkegaard em 90 minutos
Maquiavel em 90 minutos
Platão em 90 minutos
Sartre em 90 minutos

VERNANT, Jean-Pierre


WITTGENSTEIN, Ludwig

Tratactus Logico-Philosophicus

WOLFF, Francis


ZEBINA, Márcia

A teologia especulativa de Hegel: vida lógica e vida do espírito

sábado, 24 de outubro de 2009

FACOM/UFBA promove cursos de extensão gratuitos - BA

A Faculdade de Comunicação da UFBA (Facom) inscreve gratuitamente, através do Nicom, para os cursos "A publicidade na comunicação e cultura contemporânea..." e "Comunicação publicitária e mercado: uma discussão sobre o modo de pensar e fazer propaganda". As inscrições vão até o dia 6 de novembro, no horário das 8 às 12h.

Fonte: UFBA em Pauta.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Olodum promove Curso on line de Informática Cultural

A Escola Olodum inova mais uma vez e lança  o Curso on line de Informática Cultural, que busca  ampliar suas ações e atender um maior número de alunos, promovendo o desenvolvimento de suas habilidades pessoais.

Para tanto, a Escola Olodum buscou parceiros de grande potencial. Em um primeiro momento esteve no Musician Institute of Technology - MI, em Hollywood, USA, para iniciar um processo de cooperação técnica e ter elementos técnicos para elaboração de conteúdos e possibilidades de intercâmbios virtuais e presenciais.

Em seguida, buscou o apoio do Wilivro, que associa o livro a um curso on-line, disponibilizando recursos tecnológicos que possibilitam a qualificação pela internet de forma individual ou de forma coletiva e presencial. Essa união tem como proposta a realização dos cursos de percussão samba-reggae, teoria musical, diversidade étnica e cidadania.

A proposta alia tecnologia à qualificação profissional, no campo musical. As aulas serão disponibilizadas na plataforma virtual, de modo que o educando tenha flexibilidade para concretizar sua formação. O acompanhamento dos cursos também acontece através de encontros presenciais.

O Curso de música on line, possui dois módulos: - Teoria Musical  e Percussão Samba-reggae.  Na Teoria Musical o aluno aprenderá a parte teórica da música. Na Percussão Samba-reggae, o estudante aprenderá a parte prática, uma possibilidade de um maior entendimento dos instrumentos: timbau, repique, surdo e caixa.  O curso tem um simulador on-line que possibilitará ao aluno tocar os instrumentos do Olodum no teclado.

O objetivo é qualificar e orientar os profissionais da cadeia produtiva da música, pro meio de uma metodologia contemporânea, utilizando o ensino à distância.

Desta forma a Escola Olodum contribui para a difusão do ensino da música e mais especificamente do ritmo samba-reggae, que é um gênero musical  criado pelos blocos afro-carnavalescos de Salvador- Bahia, nos anos 1980. Este estilo percussivo se caracteriza, em termos conceituais, pela apologia ao negro e, musicalmente, pela recriação de sonoridades afroamericanas. Sua estética negra conecta diversos elementos culturais elaborados na rede atlântica que originou e abrigou a diáspora negra e tem no Olodum seu principal representante.

Com o projeto, a Escola Olodum reforça o seu envolvimento com o profissional do futuro, trazendo ferramentas para seu sucesso no mercado de trabalho e atendendo um número maior de beneficiários. 

 Visite o www.blogescolaolodum.com.br e saiba maiores informaçãos.

O Projeto da Escola Olodum é patrocinado pela Petrobras e é apoiado pelo Criança Esperança.

ESCOLA OLODUM - UMA ESCOLA CRIATIVA!
  Rua das Laranjeiras, 30 – Pelourinho 40026-230 Salvador –
Bahia -Brasil Telefone/Fax: 71 3322 8069
Visite nosso site: www.blogescolaolodum.com.br

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

UFBA promove Capacitação em Educação e Direitos Humanos - BA


A Capacitação de Educadores da Rede Básica de Ensino em e para Direitos Humanos, tem como objetivo a promoção de transformações no Sistema Educacional de Ensino no sentido de implementar uma cultura de Direitos Humanos nas escolas por meio da mobilização e instrumentalização de educadores, coordenadores pedagógicos, técnicos, gestores, lideranças da sociedade civil organizada militantes na área de direitos humanos, professores e estudantes do ensino superior.
Os direitos humanos constituem-se em temática privilegiada no processo de conquista da contextualização dos processos educacionais na contemporaneidade.
Em continuidade aos processos de capacitação dos projetos concretizados pela UFBA, REDHBRASIL e Aprendizagens em EDH, Linguagens e Vivências estamos ofertando vagas para inscrições em quatro turmas, em Salvador, a serem realizadas nos Auditórios da Faculdade de Educação e de Direito da UFBA.
A carga horária total do curso é de 132 horas, sendo 64 horas presenciais distribuídas em quatro módulos, podendo ser oferecidas em quatro ou oito horas diárias, em um ou dois turnos de atividades
As restantes serão realizadas através das atividades e trabalhos práticos incluindo; cadastramento de instituições da área de direitos humanos, elaboração de Planos de Ação institucionais e interinstitucionais e realização de Audiências Publicas

AS VAGAS ESTÃO SENDO OFERECIDAS AS DIVERSAS CATEGORIAS A SEGUIR ELENCADAS:
Professores e estudantes da UFBA, especialmente para as unidades e cursos onde estejam localizadas as iniciativas na área, grupos de estudos pesquisas e extensão nesta área de trabalho, FACULDADE DE EDUCAÇÃO, FACULDADE DE DIREITO, ESCOLA DE DANÇA, FACULDADE DE FILOSOFIA E CIENCIAS HUMANAS, FACULDADE DE COMUNICAÇÃO, FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, ESCOLA DE ENFERMAGEM e outras unidades que demonstrem o interesse da participação
Representantes das instituições parceiras muitas das quais já colaboraram de forma efetiva com as capacitações anteriores;
Representantes das diversas instituições cadastradas pelos alunos das turmas anteriores;
Coordenadores pedagógicos da Rede Publica e Particular;
Representantes das Diretorias Regionais de Educação;
Representantes dos órgãos da Justiça e da Segurança Pública;
Representantes das Instituições de Comunicação e da Mídia.
As inscrições deverão ser confirmadas, mediante preenchimento e encaminhamento da Ficha de Inscrição para o e-mail  redhbahia@gmail.com até dia 29 de outubro.
A realização do Curso está prevista para os meses de Novembro e Dezembro, com cronograma a ser socializado para os inscritos, dia 30 de outubro na Faculdade de Educação, auditório I às 17h00. Nesta reunião serão procedidos os esclarecimentos devidos sobre a sistemática do curso.
Célia Maria Ferreira Cordeiro
Coordenadora.


segunda-feira, 19 de outubro de 2009

UFBA promove curso "Que África escreve o escritor africano?" - BA

O Instituto de Humanidades Artes e Ciências da UFBA está oferecendo um mini-curso, aberto a todos os interessados, da UFBA e da comunidade em geral:


Que África escreve o escritor africano?
Olhares das literaturas de Angola e Moçambique.


OBJETIVOS: Apresentar aspectos e características principais das literaturas de Angola e Moçambique, com foco nas discussões sobre:

1. As imagens de África veiculadas por elas, e por outras produções midiáticas.
2. Relações entre oralidade/escrita; tradição/ modernidade; saber/poder
3. Papeís e lugares do escritor e das literaturas africanas no contexto da globalização e da interculturalidade.


Professora:
Joseneida Elói
Mestranda em Letras - UFBA

Coordenação: Prof. Sergio Farias, IHAC-UFBA

Turma 1 -

SÁBADOS: dias 17, 24 e 31 de outubro,
Horário : das 9 às 12h

Turma 2 -

dias 19 (segunda), 22 (quinta), 27 (terça) e 29 (quinta) de outubro;
dias 05 (qui) e 09 (seg) de novembro.
Horário: das 17 às 18h30


Carga Horária: 9 h
Local das aulas: PAF III - UFBA, Campus de Ondina
(ao lado do Instituto de Letras).

O Curso é gratuito e as inscrições podem ser feitas no início da primeira aula.


quinta-feira, 15 de outubro de 2009

UFBA promove o Seminário Novas Tecnologias e Saúde - BA

Quinta-feira, dia 21 de outubro, a partir das 08h, no Campus Ondina/UFBA, acontece o Seminário Novas Tecnologias e Saúde, com recurso do Fundo Nacional de Saúde e inscrições gratuitas.

O Seminário Leituras de Novas Tecnologias e  Saúde é alicerçado através do interesse primordial em reunir distintas reflexões sobre o fenômeno das novas tecnologias no campo da saúde, suas apropriações e suas repercussões nas sociedades. Da mesma forma, pretende-se também que este possa servir de instrumento de divulgação e de orientação a temas desta área para gestores, para profissionais e para pesquisadores da área da saúde e correlatas.

No Evento, está programado o lançamento da coletânea Leituras de Novas Tecnologias e Saúde, organizada pelas pesquisadores Ana Cristina de Souza Mandarino e Estélio Gomberg,  editada pela Universidade Federal da Bahia e com co-edição da Editora Federal de Sergipe,  cuja leitura é heterogênea e instigante, refletindo sobre contextos que favoreçam a realização de atividades significativas nas áreas apontadas, onde estes campos possam ser construído e reconstruído conforme contextos e interesses sociais.

Inscrições abertas para oficinas do Ponto de Cultura Odara DuDu - BA


Jovens da capital baiana terão de 08 a 23 outubro a oportunidade de realizar inscrição nas Oficinas de vídeo, teatro, dança, música, mobilização, web e pintura disponibilizadas pelo Ponto de Cultura Odara DuDu. O projeto, promovido pelo Núcleo Omi-DÚDú, visa facilitar o acesso da juventude negra à tecnologia, ciência e cultura a partir de oficinas pedagógica-educativas. Assim, irá contemplar os jovens com oficina fotográfica (15 vagas), sob a coordenação de Alberto Lima, vídeo (15 vagas), ministrada por Lindwer Aguiar, Teatro(15 vagas), Camila Bonifácio, Pintura (10 vagas), Coordenada pelo artista plástico Rebouças, Web (15 vagas), Coordenação de Orlean, Mobilização (10 vagas), Dj Branco e Dança (15 vagas), direção de Siry Brasil.

Como fruto do processo de aprendizagem, os alunos ao final das oficinas, irão produzir programa de rádio, blog, exposição fotográfica e de pintura, amostra de vídeos, montagem de peça teatral e coreográfica. As oficinas ocorrerão de 26 a 30 de outubro com carga horária de 20hs. As inscrições devem ser efetivadas nos respectivos locais: teatro (Colégio Manoel Devoto), Dança (CIAC), Pintura (Sede do OmiDuDu), vídeo (Sede do Omi-DUDU), Mobilização (Manoel Devoto), Web (CSU Nordeste), Fotografia (Biblioteca Juracy Magahães).


Mais informações: www.nucleoomidudu.org.br


33345982/ 3334-2948/ Jaqueline Barreto/ Assessoria de Comunicação

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Semana do Livro e da Biblioteca: um estímulo ao gosto e habilidade em leitura - BA

De 26 a 30/10, de 8h às 18h, acontece a Semana do Livro e da Biblioteca, uma iniciativa que busca fortalecer o processo de estímulo e habilidade em leitura de jovens, sobretudo, dos alunos de rede pública do Estado da Bahia e da comunidade em geral. A atividade do Instituto Anísio Teixeira – IAT, através do Centro de Estudos e Documentação – CEDOC, conta com programações abertas ao público e será realizada no próprio Instituto (Estrada das Muriçocas, s/n, Paralela – Salvador/BA) .
Segundo Jeudy Aragão, coordenador do CEDOC, o objetivo do evento é integrar a comunidade através de uma vasta programação com o intuito de mobilizá-la para o hábito da leitura e conscientizá- la para a preservação do livro. No período, serão realizadas várias atividades visando mostrar o verdadeiro valor da leitura para a educação e a cidadania.

Programação:
· “Vamos Apagar os Erros” - campanha de preservação do acervo bibliográfico - Exposição do acervo danificado da biblioteca
Data: 26 a 30 de outubro
Local: Biblioteca IAT
Horário: 08h às 18h
Público: aberto à comunidade
· Palestra - “Queria brincar de mudar meu destino”
Data: 29 de outubro
Local: Auditório IAT
Horário: 08h às 12h
Público: alunos do Colégio de Aplicação e do Colégio Pinto de Aguiar
· Exibição de Filme – Caramuru a Invenção do Brasil
Data: 29 de outubro
Local: Auditório IAT
Horário: 15h às 17h
Público: alunos do Colégio de Aplicação
· Videoconferência – Livro, um bom motivo para comemorar
Data: 27 de outubro
Local: LED IAT
Horário: 14h às 17h
Público: Professores, bibliotecários, profissionais responsáveis por salas de leitura

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Curso de Extensão para Educadores Sociais - BA


(Clique na imagem para ampliá-la)

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Grupo Amuleto promove "Curso de História da África" - BA

OBJETIVOS:
Geral 
Capacitar formação de quadro de profissionais na área de Educação.

Específico
Contribuir para capacitar quadros profissionais os mais diversos, proporcionando bases histórico-sociológicas e abrindo extraordinário campo de ação.

PÚBLICO:
Profissionais das mais diversas áreas interessados na interdisciplinaridade, no protagonismo social como agente de mudanças e na capacitação diferenciada.

CONTEÚDO:
- A História da África Como Questão: História e Historiografia; Aportes Civilizacionais na Atividade e Idade Média
- O Escravismo Colonial Moderno e a Identidade Cultural Possível - Caso do Brasil: (O Tráfico Atlântico, O Ser Escravo, O Africano como Agente de Cultura, Os Quilombos, As Rebeliões, As Irmandades, A Resistência Miúda, O Abolicionismo
- A Inserção da História da África na Contemporaneidade: O Colonialismo Imperialista e o Processo de Descolonização
- A República e a Questão do Negro no Brasil: O Caráter Excludente da Abolição e da República, Os Movimentos Sociais da República Velha, A Crise da Democracia Racial em Meados do Século XX
- Afro-descendência e Cultura no Brasil: Literatura, Teatro e Cinema
- Afro-descendência e Contemporaneidade: Movimentos Sociais, Religiosidade e Criação Cultural
- Metodologia e Didática de História da África e da Afro-descendência No Brasil
- Atitude Empreendedora (Compartilhada)
- Plano de Negócio (Compartilhada)
- Contexto Empresarial Brasileiro (Compartilhada)
- Metodologia da Pesquisa, Produção de Textos e Projetos Tecnológicos
- Metodologia e Didática do Ensino Superior
- Trabalho de Conclusão de Curso (Orientação)
- Seminário de Pesquisa

JUSTIFICATIVA
O Curso de Extensão em História da África se justifica por dois motivos principais. O primeiro, por ser a África uma das matrizes históricas e culturais do povo brasileiro. Deste, cerca de metade descende mais diretamente de africanos trazidos ao Brasil, através de três séculos de tráfico escravo. É reconhecido por quase todos o elevado grau de participação que as culturas, técnicas e instituições sociais africanas tiveram, e têm, na formação da nossa sociedade. Falta conhecer melhor o continente de origem dessa contribuição, sem o que grande parte da história brasileira torna-se quase incompreensível.
O segundo motivo relaciona-se com a urgente necessidade de uma compreensão mais integrada de processos históricos extremamente relevantes da época contemporânea, como foi o caso da descolonização da África e suas conseqüências. O novo patamar em que o Brasil pretende se inserir na atual cena internacional exige um estudo de novo tipo da África ( e de outros continentes, como América Latina e Ásia). Exige igualmente que esse estudo não seja realizado na visão eurocêntrica do tipo colonial, nem através da óptica ufanista, falsamente afrocêntrica, que se seguiu pouco depois da independência. O caminho é o da utilização de uma nova corrente historiográfica, comandada por novos historiadores, que se apresenta crítica e realista. Será ela que paginará os nossos estudos da África e das suas relações com o mundo. É atendendo a isso que o presente curso será ministrado numa abordagem pluridisciplinar.

NECESSIDADE E IMPORTÂNCIA DO CURSO
A lei n.º 10.639, de 09 de janeiro de 2003, sancionada pelo Presidente da República, alterou a legislação anterior que estabelecia as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira". Desta forma, nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, tornou-se obrigatório o estudo da História da África e dos Africanos e da luta dos negros no Brasil.

OBJETIVOS
Capacitar bacharéis e professores a introduzirem conteúdos de História da África na disciplina de História do ensino fundamental e médio.

ORGANIZAÇÃO:
O curso tem uma carga horária de 24 horas/aula, distribuídas em 6 encontros, com 4 horas cada (das 9:00 às 13:00 hs.). O calendário das aulas será o seguinte: 6 e 20 de maio; 3 e 24 de junho; 1 e 15 de julho.

COORDENAÇÃO ACADÊMICA:  
Prof. Dr. Marcelo Bittencourt

SERVIÇO:
ONDE: UNEB - Cabula
QUANDO: 15/10 a 12/12/2009 (Quinta feira a noite 19:00h a 21:30, Sabado 9:00h as 13:00h)
QUANTO: Gratuito
PROMOÇÃO: Grupo Cultural Amuleto
INSCRIÇÕES: Até 09/10/2009, a partir das 19:00, no Colegio Estadual Edgard Santos, no Garcia
Tatiane 8801-2152 / 8825-3142

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Curso de Gestão Cultural - BA


(Clique na imagem para ampliá-la)