Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Seminário Cinema e Migração - SP



Programação completa:

Mostra de cinema: Cinema e migração

Uma seleção de grandes filmes internacionais tratando o tema da migração, apresentados pelo professor Maurizio Russo (doutor em história pela Universidade de Nancy) e comentados por personalidades do mundo acadêmico e cultural com o público presente. Cinema e Migração é parte do projeto Civilizações migrantes: Migrações e direitos humanos.

Instituto Norberto Bobbio-Cultura, Democracia e Direitos Humanos
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania/Governo do Estado de São Paulo
Comissão Municipal pelos Direitos Humanos de São Paulo
Centro de Estudos Migratórios/Missão Paz
Associação Cidade Escola Aprendiz
Memorial da América Latina
  

O cinema como memória da migração

O cinema, produto cultural complexo de uma sociedade que é narrada através dos seus próprios intelectuais, recolhe a memória dos fenômenos relevantes que marcam a história desta sociedade.
O cinema conservou e transmitiu a memória da migração, testemunhando um fenômeno de grande relevância social, política, econômica em sua evolução através dos anos, desde o pós-guerra até os dias atuais.

Os trabalhos artísticos de autores como Pietro Germi, Franco Brusati, Luchino Visconti, Ettore Scola, Mathieu Kassovitz, Kean Loach entre outros narram com olhar crítico, irônico, dramático ou grotesco a história das sociedades contemporâneas que vivem o fenômeno da migração como um dos aspectos fundamentais da própria evolução.

O cinema é a memória revisitada, e nas mãos desses intelectuais-artistas, narra, conta, descreve o que é ser migrante, em lugares e em épocas diferentes, distantes no tempo e no espaço, deixando uma série de interpretações sugestivas e artísticas, e também altamente críticas do que foi por exemplo, a migração italiana no mundo.

O seminário traça a história desta memória por meio de algumas obras fundamentais da cinematografia, favorecendo o encontro de São Paulo cidade, por antonomásia, da migração com a memória desta migração. 


28 de Novembro 2012
Bolivia de Adrián Caetano, o cinema latino e a migraçao.
Migrantes e crises: a procura de uma vida melhor.


LOCAL

Instituto Cervantes de Sao Paulo | Av. Paulista, 2439 –  térreo |  Auditorio do Espaço Cultural

HORÁRIO
A partir das 19h00

ENTRADA FRANCA

Sexto encontro do seminário Cinema e Migração, parte do projeto Civilizações migrantes: Migrações e direitos humanos.

Coordenado e ministrado pelo professor Maurizio Russo (doutor em história cultural pela Universidade de Nancy).

Um filme de 2001 que narra uma “história pequenina, de um tipo que vem trabalhar na Argentina na esperança de conseguir melhorar de vida”. É a história do boliviano Freddy e também da paraguaia Rosa e de outros trabalhadores comuns reduzidos a quase nada pela crise econômica, presos num bar de esquina, “lugar em que se dá um enfrentamento entre gente de uma mesma classe social vítimas de um destino que sequer chegam a entender.

Com o apoio do  Instituto Cervantes

Programação completa: