Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

terça-feira, 16 de março de 2010

Perspectiva Artística para Pessoas com Deficiência em Salvador - BA

Pessoas com deficiência e professores da rede estadual de ensino agora podem contar com uma importante iniciativa para capacitá-los no campo das artes.

O projeto “Perspectivas em Movimento” foi contemplado no Edital “Formação e Qualificação Artístico-Cultural", da Secretaria de Cultura (SECULT) – Fundo de Cultura da Bahia, Fundação Cultural do Estado da Bahia. O lançamento será em Salvador, dia 23 de março, às 17h, no Auditório da CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviço), na Rua da Graça, 164 – Bairro da Graça. Contará com a participação especial do cantor e compositor Evangel Vale e, da sambista baiana Juliana Ribeiro.

O projeto será realizado na modalidade de oficinas de arte, conduzidas pelo professor e diretor de teatro Walter Rozadilla (Diretor do Espaço Aberto Cultural Vánacontramão), com o acompanhamento de Ana Rita Ferraz, psicoterapeuta e doutoranda em Educação e Contemporaneidade da UNEB.

Objetiva que pessoas com deficiência desenvolvam suas habilidades artísticas e descubram seus talentos; e que os professores conheçam e explorem as suas potencialidades e limitações, na relação com aqueles que não poucas vezes as vivem como estigma social.

As idealizadoras do projeto - Ninfa Cunha e Ana Rita Ferraz – referem que as oficinas se transformarão em importante espaço de trocas de experiências e de “autocriação” para os participantes, o que contribuirá para a defesa dos direitos das pessoas com deficiência na área da arte inclusiva e da educação pública.

Ninfa Cunha, graduada em Comunicação Social, dança em cadeira de rodas e atua à frente do grupo RodArt (Companhia de Dança Inclusiva RodArt). Ressalta as inúmeras e graves dificuldades que enfrentou durante 10 anos, sem suporte técnico que lhe garantisse a formação profissional e realização dos espetáculos. Contou unicamente com seu talento e perseverança, além da parceria do dançarino Déo Carvalho, para praticar a atividade que escolheu como profissão. Acredita que se comunicar com o corpo é uma maneira de fazer Comunicação Social.

O projeto “Perspectivas em Movimento” conta não apenas com o apoio das pessoas com deficiência do grupo RodArt, mas também com parceiros sensíveis a essa luta como: a CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviço), IAT (Instituto Anísio Teixeira), Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Sala do Coro do Teatro Castro Alves e entidades de pessoas com deficiência: ABC (Associação Baiana de Cegos), ARCCA (Acesso e Reintegração à Comunicação, Cultura e Arte), CVI (Centro de Vida Independente) e Associação Especializada Françoise de Laval.

Essa é uma vitória para pessoas com deficiência que não tinham possibilidade de atuar profissionalmente como artistas, já que a oferta de cursos para habilitação técnica é escassa. É também uma vitória para a escola pública – que deixará de tratar a deficiência apenas como “conceito”, para integrá-la como possibilidade existencial, impactando na cultura escolar e na dinâmica da sala de aula. Ninfa Cunha e Ana Rita Ferraz esperam que esse seja um primeiro passo na direção de objetivos cada vez mais amplos.

A oficina “Perspectivas em Movimento” começa no dia 05 de abril, será gratuita e terá duração de 06 meses. O projeto tem carga horária de 480 horas, com oficinas de dança e teatro divididas em 04 grupos de 120 horas. Nesta primeira fase, o projeto oferecerá 64 vagas: 32 para pessoas com deficiência e 32 para professores interessados em se especializar.

Para fazerem inscrição nas oficinas, as pessoas com deficiência devem ser maiores de 16 anos e ter alguma habilidade no campo das artes. Os professores devem pertencer à rede púbica de ensino, participar de programa de inclusão, e também terem disposição para vivências artísticas.

Informações adicionais:
Horário de Funcionamento: 09 às 13h (Segunda a quinta-feira)
Endereço: Rua da Graça, 164 – Bairro Graça – Salvador. Bahia
Telefone: (71) 2104-5481, (71) 8744-2378 - Fax: (71) 2104.5456.