Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Cronograma das aulas públicas do Programa Fábrica de Idéias - BA

O curso avançado em estudos étnico-raciais Fábrica de Idéias, iniciado em julho de 1998, é o resultado de uma iniciativa pioneira no âmbito das instituições universitárias brasileiras, cujo objetivo é fomentar tanto o intercâmbio de professores e alunos da pós-graduação interessados na temática dos estudos étnico-raciais e na interface com os estudos africanos, quanto favorecer à incorporação de uma dimensão comparativa e internacional.

O primeiro curso Fábrica de Idéias ocorreu em julho de 1998, no CEAA (Centro de Estudos Afro-Asiáticos), da Universidade Candido Mendes, no Rio de Janeiro. Já na primeira edição do curso ficamos entusiasmados com o número de candidatos (70 inscritos) interessados em participar da Fábrica de Idéias; ao longo destes anos a demanda tem crescido significativamente, nas últimas edições do curso temos cerca de 300 inscritos para o preenchimento de 30 a 35 vagas.

O curso Fábrica de Idéias tem quatro semanas de duração (40 horas semanais) e ocorre entre os meses de julho e/ou agosto de cada ano. Os alunos recebem passagem, hospedagem, alimentação e a uma cópia de todos os textos indicados nas bibliografias de cada módulo. A carga de leitura é de 300 páginas por módulo, perfazendo um total de 1.500 páginas.

Os professores da Fábrica de Idéias, além de ministrar aulas, auxiliam os alunos nos projetos de pesquisa. Às vezes, a partir destes contatos, alguns dos alunos despertam interesses em realizar parte dos estudos em outras instituições no Brasil ou no exterior, enquanto outros mantêm contato com os professores do curso durante a realização de suas pesquisas, ou seja, a experiência da Fábrica de Idéias muitas vezes se amplia para além do contato inicial.

Em 2002, na sua quinta edição, o curso Fábrica de Idéias transferiu-se do CEAA/UCAM, Rio de Janeiro, para o CEAO/UFBA, Bahia.

Desde o início o curso sempre cotou com a presença de alunos estrangeiros e, a partir de 2003, tornou-se internacional, graças ao anúncio em inglês e português na homepage do programa SEPHIS e à circulação do concurso veiculado na África pelo CODESRIA de Dakar.

Ainda que não explicitado no edital, o curso Fábrica de Idéias sempre manteve uma atenção especial aos candidatos negros e aos pós-graduandos residentes nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Essa experiência tem nos ensinado que a excelência e democracia acadêmica podem e devem caminhar pari passu.

É grande a presença feminina no curso. As mulheres representam em média (62,1%), enquanto os homens(37.9%) na primeira turma. Essa predominância de mulheres negras no curso tem sido uma constante e, embora tenhamos observado um aumento no número de homens inscritos e selecionados a presença feminina ainda é majoritária.

O curso Fábrica de Idéias tem sido reconhecido como experiência única no mundo acadêmico, no sentido de sua contribuição ao debate, em nível de pós-graduação e a formação de redes entre docentes e estudantes das mais variadas regiões e países do mundo, principalmente, entre os países da América Latina e da África.

Ao longo desses dez anos tivemos 281 alunos, dos quais 80% são brasileiros e alguns estrangeiros residentes no país e 20% de alunos estrangeiros de diversas regiões do mundo. Com relação aos alunos estrangeiros, a maioria deles (25%) é colombianos, seguidos dos cubanos (15,4%) e equatorianos (9,6%). Do continente africano vieram (13,5%) dos estudantes estrangeiros.

O curso Fábrica de Idéias tem se constituído como uma experiência ímpar no sentido de contribuir para a formação e intercâmbio de pesquisadores de diferentes regiões e países, e porque não dizer que a Fábrica de Idéias é também o lugar de encontro dos várias línguas e sotaques.

EQUIPE:

Coordenadora do Curso Fábrica de Idéias:
Angela Figueiredo

Coordenador do Programa Fábrica de Idéias:
Livio Sansone

Assistente do Programa:
Núbia dos Reis Pinto

Professores associados:
Maria do Rosário de Carvalho
Paula Cristina da Silva
Ramon Grosfoguel

APOIO: CAPES, CNPq, Sephis Program e Fundação Ford.

AULAS PÚBLICAS DO PROGRAMA FÁBRICA DE IDÉIAS

EDIÇÃO 2008

PALESTRA

DATA

HORÁRIO

LOCAL

Conferência “Conflitos da Cidadania Afro-americana”

Profa. Ângela Davis

04/08

14 às 17 h

Instituto Anísio Teixeira (IAT)

Paralela

“Dilemas da cidadania afro-americana nos EUA”

Profa. Ângela Davis

06/08

18:30

Reitoria da UFBA

“Feminismo negro no Brasil”

Profa. Kia Lily Caldwell

08/08

18:30

CEAO

“Direitos Humanos, Multiculturalismo e Descolonização”

Prof. Boaventura Souza Santos

13/08

18:30

Reitoria da UFBA

“Metamorfoses da cidadania africana”

Prof. Severino Ngoenha

22/08

18:30

CEAO

“Globalização, Exclusão e Cidadania”

27/08

18:30

CEAO