Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

terça-feira, 28 de abril de 2009

Educadores lançam documentário sobre diversidade cultural na sala de aula - BA

A Coordenadoria Regional do bairro da Liberdade (CRE-Liberdade), em Salvador, sob a coordenação da educadora Jô Bahia, acaba de produzir o documentário Práticas Pedagógicas: a diversidade cultural na sala de aula, que estréia dia 30 de abril, com sessões às 16h e às 20h, na Sala Walter da Silveira, Biblioteca Pública do Estado (Barris), em Salvador. Com roteiro e direção do professor da rede Bruno D´Almeida, o vídeo trata da aplicação da Lei Federal 10.639/03 e 11.645/ 08, que estabelece a inclusão da cultura afrodescendente e indígena no currículo de escolas em todo o país. A CRE-Liberdade engloba 30 escolas municipais da região, uma das periferias mais populosas da Bahia e do Brasil, onde foram filmadas as atividades do Documentário. A entrada é franca.

O documentário coloca o professor como protagonista destas formações, através da realização de atividades planejadas no cotidiano escolar, com o intuito de fomentar a cultura afro e indígena nas escolas. São iniciativas como a da professora Niclécia Gama, da Escola Municipal Abrigo Filhos do Povo, que realizou uma atividade sobre as Casas Ndebeles africanas para ensinar língua portuguesa, geometria, geografia e história em sua sala. “Ao todo, neste documentário, doze professores realizam atividades para seus educandos, mostrando que o ensino da cultura afro não se limita a atividades festivas, que são muito importantes, mas também em todas as áreas de estudo, habilidades e competências do currículo escolar”, afirma a educadora Jô Bahia.

A coordenadora ressalta ainda que nenhuma das atividades foi realizada em datas comemorativas ou feitas exclusivamente para o vídeo. “Tudo foi feito no decorrer do ano letivo, durante o planejamento pedagógico dos professores e da escola, e recuperado para a produção audiovisual”, explica Jô. O objetivo do vídeo é revelar práticas pedagógicas dos professores em torno da lei, multiplicando e disseminando seu uso na atividade docente.

A produção contou com diversas etapas. Através de vários cursos de capacitação da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) e da CRE Liberdade em torno da Lei 10.639/03 desde que a mesma foi implantada, em 2003, os educadores quiseram verificar o impacto destas ações no trabalho dos professores, na vida dos educandos e da comunidade. “O primeiro passo contou com uma pesquisa de campo, englobando as escolas da região, entrevistando professores e gestores das unidades escolares sobre o conhecimento da lei e suas aplicações em sala de aula”, enumera Bruno D’Almeida, que já tem premiada experiência enquanto roteirista e diretor. Seu vídeo Cena 7 – Festival a Imagem em Cinco Minutos, co-dirigido pelo cineasta Igor Souto, venceu importantes festivais brasileiros, como o XVI Gramado Cine Vídeo e o IV Aruanda Fest. Após este diagnóstico, foi elaborado um projeto para a construção do documentário, envolvendo cerca de 200 educandos nas gravações.

Com apoios captados quando da produção do vídeo, outros projetos já estão sendo formados pelos educadores. “Este é o primeiro documentário do Núcleo de Produção Audiovisual, que funciona atualmente na CRE Liberdade e já estamos nos preparando para produzir um novo documentário, intitulado Contadores de histórias, mais uma vez com a participação central de professores e educandos da rede escolar”, conclui o educador Bruno D’Almeida.

Serviço:
O que: Lançamento do documentário Práticas Pedagógicas: a diversidade cultural na sala de aula, de Bruno D’Almeida.
Quando: estréia dia 30 de abril, com sessões às 16h e às 20h,
Onde: Sala Walter da Silveira, Biblioteca Pública do Estado (Barris), em Salvador/Entrada Franca