Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Curso virtual em advocacy e prevenção do HIV/Aids

INSCRIÇÕES ABERTAS  
Curso virtual (via internet) sobre Advocacy e Prevenção do HIV/Aids, voltado especificamente para a população de gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH)
 
Prazo para inscrição: 07 de outubro de 2010
 
Contexto:
 
A Associação Paranaense da Parada da Diversidade – APPAD, em parceria com o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde,  ASICAL , vem desenvolvendo o “Projeto InteraGir - Ações de Advocacy e Prevenção em HIV/Aids para a comunidade de gays e outros HSH”.
 
O Projeto está sendo desenvolvido em rede desde janeiro de 2009, através de 7 organizações distribuídas entre as 5 macrorregiões do país:
 
Norte  – Grupo Homossexual do Pará
Nordeste – GLICH e Instituto Papai
Sudeste – Cellos e Movimento Gay de Alfenas
Sul – Cepac
Centro-Oeste – Associação de Travestis e Transexuais do Mato Grosso do Sul
 
O Projeto prevê ações de advocacy no Executivo estadual e municipal, visando ao fortalecimento das atividades dos Planos de Ações e Metas em HIV/Aids, na área de gays e outros HSH, a implementação dos Planos Estaduais de Enfrentamento da Epidemia da AIDS e das DST entre Gays, HSH e Travestis*, inclusive no que diz respeito a ações de prevenção. Também prevê a promoção da cidadania e dos direitos humanos de pessoas vivendo com HIV/Aids e da população LGBT, por meio de ações de advocacy no Legislativo estadual e municipal.
 
A atual etapa do projeto prevê a ampliação das ações-piloto iniciais, e a realização de um curso virtual (por internet) em advocacy e prevenção do HIV/Aids, especificamente para a população de gays e outros HSH. A duração prevista do curso é de 09 semanas, no período de 11 de outubro a 10 de dezembro de 2010.
 
O curso virtual envolve o estudo de material teórico, incluindo vídeo apresentações, e a realização de tarefas em etapas de acordo com os conteúdos, de modo a construir um plano básico de advocacy e um plano básico de intervenção na comunidade (prevenção). Os estudantes contarão com a orientação de tutores.
 
Há até 210 vagas disponíveis no curso, distribuídas da seguinte forma:
 
                Região Sul:                         30 vagas
                Região Norte:                   30 vagas
                Região Centro-Oeste:   30 vagas
                Região Nordeste 1 (BA, SE, AL, CE):        30 vagas
Região Nordeste 2 (PE, PB, RN, PI, MA):              30 vagas
                Região Sudeste 1 (MG, ES):        30 vagas
Região Sudeste 2 (SP, RJ):           30 vagas
 
Até o momento (24/09), 70 pessoas já se inscreveram.
 
Ao final do curso virtual, os 10 estudantes com o melhor desempenho em cada uma das 7 regiões terão a oportunidade de participar de um curso regional presencial de 40 horas, para o aperfeiçoamento dos conhecimentos adquiridos e definição de planos de ação mais aprofundados.
 
Critérios para seleção de candidatos:
 
  • Ser participante de uma ONG de direitos humanos LGBT, com atuação também na área de HIV/Aids
  • Ser uma ONG participante de Fóruns de Aids e LGBT, ou equivalente
  • Ter perfil de militante
  • Preferencialmente ser jovem
  • Preferencialmente ser universitário
  • Ter disponibilidade para realizar e concluir o curso
  • Ter habilidade em lidar com o computador
  • Ter redação própria
  • O município sede da ONG do candidato deve obrigatoriamente ter um Plano de Ações e Metas - PAM (veja em http://www.pam.aids.gov.br/pam/menupam2.asp para a lista completa dos municípios com PAM). Não poderão ser aceitos candidatos de municípios que não têm PAM.
  • O candidato deve se comprometer a fazer integralmente o curso virtual
 
Como se candidatar:
 
A inscrição dos candidatos ao curso se dará por meio de formulário disponível no site: www.asical.org/br . No menu direito (utilize a barra de rolamento inferior para visualizar o menu direito), no item, “Cadastre-se”, clique em “Para fazer parte da comunidade clique aqui”, e preencha e envie o formulário de inscrição.
 
As inscrições serão avaliadas de acordo com os critérios acima e de acordo com o número de vagas disponíveis por região.
 
Os candidatos selecionados serão informados por e-mail até 09 de outubro e receberão um login e uma senha para poder entrar na plataforma do curso.
 
Dúvidas:
 
Eventuais dúvidas devem ser encaminhadas por e-mail para interagir@cepac.org.br
 
 
               Márcio Marins                                                        Toni Reis
Coordenador-Geral da APPAD                Coordenador-Geral do Projeto InteraGir           
  
* Travestis: a Projeto InteraGir não contempla travestis, visto que um projeto específico para esta população, aprovado na mesma concorrência, está sendo desenvolvido por outra organização.