Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

sábado, 19 de abril de 2008

Caixa oferece 2.000 vagas de estágio para bolsistas do ProUni

A Caixa Econômica Federal (CEF), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), oferece 2 mil vagas de estágio a bolsistas do Programa Universidade para Todos (ProUni). As oportunidades estão inseridas no Programa de Estágio da Caixa e o objetivo é democratizar o acesso no mercado de trabalho de estudantes de baixa renda em todo o Brasil. O Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) serão os responsáveis pelo recrutamento dos jovens.
Para participar deste projeto, é preciso, além de ser bolsista do ProUni, estar com a matricula ativa a partir do terceiro semestre da graduação, nos cursos com duração de três anos, ou a partir do quinto semestre, nos cursos com quatro ou cinco anos de duração. Os estagiários atuarão nas unidades administrativas da Caixa. As oportunidades são para os estudantes dos cursos de Antropologia, Administração, Contabilidade, Comunicação Social, Direito, Economia, Engenharia, Estatística, Informática, Letras, Psicologia, Secretariado e Sociologia, entre outros.
Quem for contratado receberá bolsa-auxílio no valor de R$475 por mês, para uma carga-horária de 25 horas semanais. O contrato de estágio tem duração de um ano e pode ser renovado por igual período. O gerente institucional do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), Moisés do Espírito Santo Júnior, alerta para que os bolsistas já cadastrados na instituição devem atualizar seus dados, informando a condição de beneficiário do ProUni, para que possam ter chances de disputar uma vaga.
De acordo com o gerente de Estágio do IEL, Ricardo Romeiro, a previsão é que até o final de abril o instituto comece a receber o cadastro dos bolsistas do ProUni através da internet. Até lá, a recomendação é de que os candidatos efetuem seu cadastro diretamente em um dos postos de atendimento do IEL, o que em São Paulo só poderá ser realizado dentro de cerca de um mês, com a inauguração da unidade paulista do órgão, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
No Rio de Janeiro, somente o Ciee irá recrutar os estudantes para esta oportunidade. O ProUni é uma iniciativa do governo federal, que tem como finalidade conceder a jovens de baixa renda bolsas de estudo integrais ou parciais em instituições privadas de ensino superior. Atualmente, o programa conta com 310 mil bolsistas em todo o país.
Na cerimônia em que foi anunciada a parceria entre a Caixa e o MEC, no dia 29 de março, durante o Fórum Mundial de Educação da Baixada Fluminense, em Nova Iguaçu, o ministro da Educação, Fernando Haddad informou que a empresa foi a primeira a atender ao apelo do governo para a criação de vagas para os bolsistas. "Ações como esta garantem a continuidade do programa e atendem à uma das reivindicações dos bolsistas", ressaltou Haddad.
Para concorrer, os interessados devem se cadastrar pela internet ou pessoalmente no Ciee ou no IEL. A relação dos endereços pode ser conferida nos sites dos agentes de integração. Vale lembrar que para efetuar o cadastro no IEL pela internet, os estudantes devem aguardar a implementação no site do instituto da área específica para cadastro de bolsistas do ProUni.

Ciee: http://www.ciee. org.br/portal/ index.asp; IEL: http://www.iel. org.br/; Fiesp: Av. Paulista, 1313, sala 702, Bela Vista, São Paulo.