Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

segunda-feira, 17 de março de 2008

Seminário divulga literatura escrita por mulheres - BA

”Umas das razões que as impulsionava era o desejo de descrever seu próprio sofrimento, de defender uma causa própria. As mulheres começam a explorar o mundo das mulheres, a escrever sobre as mulheres, como nunca se escreveu antes; pois, até época bem recente, as mulheres na literatura eram, certamente, uma criação dos homens." Virginia Woolf (1882-1941).

É seguindo a linha de pensamento da escritora inglesa que a Fundação Pedro Calmon/Secult, através do Núcleo do Livro, Leitura e Literatura (NLLL) reunirá, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, especialistas e escritoras no Seminário “Mulher e Literatura”. O encontro ocorrerá no dia 17 de março, das 15h às 18h, no auditório da Biblioteca Pública do Estado (Barris). O historiador Ubiratan Castro, diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, fará a abertura do Seminário, que contará com palestras das Profªs. Drªs. Ívia Iracema e Dalila Machado e das escritoras Mônica Menezes e Renata Belmonte. Os temas serão: Mulheres em série I: As profissionais de CSI; Da Poesia na Mulher; Da escrita como cuidado de si; O corpo na literatura feita por mulheres.

“Este seminário servirá como forma de divulgação e valorização da literatura escrita por mulheres e estímulo à leitura desses textos femininos, independente das amarras do preconceito de gênero”, pontuou a sub-gerente do NLLL, Maísa Menezes. De acordo com as palestrantes, os temas envolvem assuntos que atingem direta e indiretamente as mulheres, levando a uma análise critica dos estereótipos alimentados pela mídia e pela indústria, além de refletir a respeito da contribuição feminina no campo da arte literária.

Para a pesquisadora permanente do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher (NEIM/UFBA), Ívia Iracema, a sua pesquisa é baseada no seriado americano CSI (Crime Scene Investigation), no qual são criados modelos de comportamento e estética para as mulheres. “Na realidade, não há mulheres comuns nesses seriados, mas sim a criação de mulheres estereotipadas e modeladas para o controle do discurso dominante”, afirmou a pesquisadora.

Além da Profª Ívia Iracema, o seminário terá a presença da doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Letras e Lingüística da UFBA, Mônica Menezes, autora do livro Femininamente (vencedor do Prêmio Braskem de Literatura 2003), Renata Belmonte, e da autora de Prima, prima, primavera e A história esquecida de Jacinta Passos, Dalila Machado.

PROGRAMAÇÃO:

  • Mulheres em série I: As profissionais de CSI - Profª. Drª. Ívia Iracema
  • Da Poesia na Mulher - Profª. Drª. Dalila Machado
  • Da escrita como cuidado de si - Mônica Menezes
  • O corpo na literatura feita por mulheres - Renata Belmonte

    Quando: 17 de março (segunda-feira), das 15h às 18h
    Onde: Auditório da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Barris)
Fonte: FPC - ascom@fpc.ba.gov.br