Divulgando oportunidades educacionais desde 08.02.2008

Seguidores do Só Cursos Grátis


Pesquisa personalizada

Siga por email

segunda-feira, 31 de março de 2008

Curso de Qualificação de Professores - BA

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PARA PROFESSORES(AS) DA REDE ESTADUAL DE ENSINO PÚBLICO EM GÊNERO E DIVERSIDADE

O Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher (NEIM), Órgão Suplementar da Universidade Federal da Bahia, firmou convênio com o MEC, através a Secretaria de Alfabetização e Diversidade (SECAD) e a Secretaria de Educação do Estado da Bahia através do Instituto Anísio Teixeira (IAT) para a formação de docentes estaduais na utilização e metodologias e práticas/ações educativas baseadas na Pedagogia Feminista. Vale ressaltar que este Programa conta com o apoio da Superintendência de Políticas para as Mulheres, da Secretaria de Promoção da Igualdade (SEPROMI) do Estado da Bahia.

JUSTIFICATIVA:

O reconhecimento e a relevância da perspectiva de gênero, e em especial da problemática feminina, não é mais um exclusivo problema das mulheres ou de grupos feministas. Esta temática tem perpassado diversas resoluções, declarações e recomendações aprovadas pelas Nações Unidas e pelas Agências Especializadas para ratificar a dignidade e a igualdade de mulheres e de homens indistintamente. Foi relembrando as persistentes discriminações que sofrem as mulheres que a própria ONU elaborou Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Contra a Mulher (CEDAW) assinada por diversos países com o fim promover programas de desenvolvimento das potencialidades femininas e sanar os obstáculos que impedem as mulheres de participar nas mesmas condições que os homens na vida política, social e econômica.

Essa, aliás, foi a tônica das recomendações apresentadas ao governo Brasileiro pelo Comitê da Conferencia Internacional das Nações Unidas contra às discriminações as Mulheres CEDAW, reunido em julho de 2003 em Nova York, cujo documento ressalta a necessidade do governo brasileiro investir recursos na capacitação do seu pessoal técnico e pedagógico com vistas a habilitá-los para o tratamento das questões relacionadas a gênero. Esse compromisso do Governo Federal materializou-se na elaboração do Plano Nacional de Políticas para Mulheres, pautado no resultado de um amplo processo de consulta nacional realizado através das Conferencias Municipais de Mulheres, nas Conferencias Estaduais e na Conferencia Nacional. No campo específico da Educação, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s), já estabelecem a obrigatoriedade do tratamento das temáticas ligadas a gênero e raça, numa perspectiva da transversalidade.

Desta sorte é preciso entender como as questões de gênero perpassam as questões de classe e de raça; qual o papel da educação na formação e reforço da ideologia patriarcal dominante; questões estas que só podem ser tratadas sob um novo ângulo, que leve a problemática de gênero.

OBJETIVO DO CURSO:
Implementar a aplicação da transversalização de gênero na rede estadual

PÚBLICO ALVO:
Docentes da Rede Estadual de Ensino da área metropolitana de Salvador

VAGAS:
1ª Etapa = 360
2ª Etapa = 360

CARGA HORÁRIA:
80h

TURMAS:
Quinta (apenas nos dois primeiros módulos) 18:30h às 22:40h - Colégio Central / Joana Angélica

Sábados 8h às 17h - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas / São Lázaro- Federação

Segunda, quarta e sexta 18:30h às 22:40h - ColégioCentral / Joana Angélica

ATENÇÃO: a distribuição das turmas será definida pela coordenação dos cursos, tendo como critério a ordem de chegada das inscrições, e divulgadas até dia 10 de maio.

INICIO DAS AULAS TEÓRICAS:
Maio de 2008

O calendário de aulas obedecerá a um cronograma especifico em que cada turma deverá assistir a uma média de 8 semanas de aulas

Abertura solene do Programa

12 de maio (segunda-feira) no Salão Nobre da Reitoria da UFBA

(Presença obrigatória)

INSCRIÇÕES

As inscrições serão ser feitas on line. Após preenchimento da ficha de inscrição, que pode ser encontrada no http://www.neim.ufba.br, copie e envie como anexo para o e-mail generoediversidade@yahoo.com.br.

Para mais informações, contate-nos nos telefones 3237 8239 ou 3283 6462 ou pelo e-mail generoediversidade@yahoo.com.br.